fbpx

quinta, 25 de fevereiro de 2021

Com apenas 386 índios aldeados, Manaus perde doses da vacina

Essa e outras notícias na coluna TEMPO REAL do portal RealTime1: Informação com credibilidade sobre política e os últimos acontecimentos do Amazonas.

19 de janeiro de 2021

Compartilhe

Como principal prioridade no plano de vacinação do Governo Federal, os índios aldeados fizeram a diferença na distribuição de vacinas por município no Amazonas. Os municípios com maior número de índios aldeados, portanto, levaram vantagem no rateio. Por outro lado, a capital Manaus, com apenas 386 índios aldeados, acabou ficando com um número menor de doses do que o esperado. Estimava-se que seriam 101.115 doses, mas à capital coube apenas a cota de 40.072, o suficiente imunizar somente em 34% dos profissionais de saúde de Manaus.

___

FICARAM DE FORA

Os demais grupos que fazem parte da primeira fase do plano de vacinação não serão contemplados com este primeiro lote de vacinas recebido pelo Amazonas. Idosos com mais de 75 anos e os com mais de 60 anos moradores de asilos ficaram de fora e devem esperar o envio do próximo lote, que ainda não tem data definida.

___

FALTOU PRIORIZAR

A situação mostra que o Governo Federal não levou em consideração a situação crítica pela qual passa a capital do Amazonas. Também não atentou para o fato de que o Amazonas tem a maior população de indígenas aldeados do Brasil. Ou seja, deveria ter recebido um número proporcionalmente maior de doses pelas características especiais.

___

MENTIRAS CONTADAS POR PAZUELLO

O ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, contou algumas mentiras na entrevista coletiva que concedeu, na tarde desta segunda-feira (18), ao lado do governador Wilson Lima (PSC), em Brasília. Visivelmente irritado com as perguntas dos jornalistas, o general disse que nunca defendeu o atendimento precoce, nem incentivou o uso da cloroquina ou de qualquer outro medicamento. Os fatos passados condenam o ministro.

___

FALTA DE AR

O ministro Pazuello também afirmou que não havia a menor indicação de falta de oxigênio em Manaus no final de dezembro. Segundo ele, a fornecedora White Martins tinha flexibilidade de fornecer o dobro do necessário. O general disse ainda que a empresa só informou que chegou no próprio limite quando os números aumentaram. “Só soubemos no dia 8 de janeiro. Dia 4 o problema não era oxigênio, era estrutural, falta de leitos”, garantiu o ministro.

___

INQUÉRITO CIVIS

Enquanto isso, o Ministério Público Federal (MPF) converteu procedimento em inquérito civil, pelo prazo de um ano, para “apurar possível improbidade administrativa na atuação de agentes públicos diante da crise sanitária no Amazonas”. Também para investigar possíveis falhas de planejamento para apoio logístico e opção por indicação de ‘tratamento precoce’ com eficácia questionada no mês de janeiro de 2021”.

___

ESTREIA

Em seu primeiro pronunciamento como deputada estadual, na sessão extraordinária convocada para discutir a crise sanitária no Amazonas, Nejmi Aziz (PSD) se limitou a comentar os assuntos em pauta concernentes à saúde no Amazonas. Nejmi usou seu tempo regimental para agradecer à receptividade dos colegas e disse que se solidariza com o sofrimento da população em meio à crise da Covid-19. Ao que parece, a deputada trouxe um discurso pronto para ler durante a sessão extraordinária na Assembleia Legislativa do Amazonas (Aleam).

Leia mais:

Leia mais sobre Política

Sem pauta e sem quórum deputados estaduais se limitam à falácia

Hoje, o alvo da base opositora foi uma viagem de Wilson Lima a Brasília. A Aleam, no ano passado, gastou com esses serviços R$ 11,3 milhões

25 de fevereiro de 2021

Sílvia Tuma é a nova corregedora do Ministério Público do Amazonas

Nova corregedora-geral terá mandato de dois anos e será responsável por fazer o controle interno das atividades de procuradores e promotores de Justiça do Amazonas

25 de fevereiro de 2021

Governo teve que fretar voo para buscar doses de vacina no Amapá

Essa e outras notícias na coluna TEMPO REAL do portal RealTime1: Informação com credibilidade sobre política e os últimos acontecimentos do Amazonas.

25 de fevereiro de 2021

REALTIME promove rodada de entrevistas com ‘reitoráveis’ da Ufam

Comunidade acadêmica realizará nos dias 10 e 11 de março a consulta que vai indicar a lista tríplice a ser levada para o presidente Jair Bolsonaro

25 de fevereiro de 2021

Novo corregedor-geral será escolhido hoje pelo Ministério Público

A votação virtual está sendo realizada até às 14h, pelo sistema Virtus através da internet. Para o cargo, entre os 20 procuradores no estado, há apenas uma candidata inscrita

25 de fevereiro de 2021

BR-319 ganha frente parlamentar em defesa da pavimentação da estrada

A Frente será composta por parlamentares da Amazônia e Ministério da Infraestrutura. Apara o início das obras, previstas para o 2o semestre

25 de fevereiro de 2021

Em plena pandemia, projetos de deputada priorizam a causa animal

Na sessão desta quarta-feira (24) quatro projetos da deputada Joana Darc (PL), com esse fim, foram retirados de pauta e ironizados pelos parlamentares.

24 de fevereiro de 2021

Declaração de Guedes à bancada do AM: mero deboche ou fritura à vista?

Essa e outras notícias na coluna TEMPO REAL do portal RealTime1: Informação com credibilidade sobre política e os últimos acontecimentos do Amazonas.

24 de fevereiro de 2021