fbpx

sexta, 12 de agosto de 2022

CMM corre para gastar recursos restantes do orçamento 2021

Em 2021, a CMM tem um pouco mais de R$ 162 milhões para custear as próprias despesas que vão desde pagamento com pessoal e eventuais reformas.

29 de novembro de 2021

Compartilhe

Em 2022, a Casa legislativa terá nos cofres R$ 200,7 milhões. (Foto: Divulgação: Robervaldo Rocha/CMM)

Prestes a encerrar o exercício orçamentário, a Câmara Municipal de Manaus (CMM) corre para gastar o restante do orçamento de R$ 162,004 milhões. Mais uma vez, nesta semana, a Casa legislativa publicou em seu Diário Oficial eletrônico, dois extratos de contratação de serviços que somam mais de R$ 1,3 milhão.

Um dos extratos revela uma inexigibilidade de licitação para contratação de serviços de organização e digitalização de documentos por R$ 903 mil durante seis meses. Desde o dia 9 de novembro a empresa começou a prestar o serviço.

Por 12 meses, a CMM também contratou pelo valor de R$ 489,6 mil serviços de instalação e manutenção preventiva e corretiva do sistema fechado de televisão e sistema de alarme de intrusão externo com o fornecimento de peças, equipamento e insumos.

Nos dois extratos, o nome das respectivas empresas não foi publicado. Nesta últimas duas semanas, o RealTime1 vem acompanhando a gastança dos vereadores que já alcançou R$ 9,3 milhões.

O orçamento do ano que vem da CMM teve um crescimento de 24% de receita em relação a esse ano. Em 2022, a Casa legislativa terá nos cofres R$ 200,7 milhões.

Na semana passada, a CMM sinalizou a disposição de gastar R$ 1,7 milhão com medalhas, placas comemorativas e outras honrarias. Na semana retrasada, a Câmara dispensou licitação para reformar por mais de R$ 1,6 milhão o telhado da Casa, que sofreu danos depois de um forte temporal.

No dia 18, os vereadores confirmaram a contratação da empresa ISTUD LTDA por R$ 6 milhões para promover cursos de capacitação executiva por 1 ano. Em outubro, o RealTime1 mostrou que o orçamento de 2020 do Legislativo municipal teve R$ 50 milhões de sobras. Esse é o valor que a Casa deixou de usar no exercício orçamentário passado e que poderia ser devolvido à Prefeitura Municipal de Manaus (PMM).

Texto: Jefferson Ramos

Leia mais:

Leia mais sobre Política

Aliados de Bolsonaro atrelam à esquerda o manifesto pela democracia

Aliados de Bolsonaro sabem que o saldo do dia é negativo, por isso criaram nas redes sociais a hashtag #ADemocraciaÉdeTodos para se contraporem aos atos.

11 de agosto de 2022

Em vídeo, Wilson reitera compromisso de entregar rodovia AM-010

O governador do Amazonas diz que este ano serão entregues 100 quilômetros pavimentados da estrada e a meta é reduzir em uma hora o tempo da viagem Manaus-Itacoatiara.

11 de agosto de 2022

Bens de Ricardo Nicolau diminuem R$ 156 mil de uma eleição para outra

Em 2020, quando disputou a Prefeitura de Manaus, Ricardo Nicolau declarou R$ 296 mil em bens. Agora, na disputa pelo Governo, o total é de apenas R$ 141 mil.

11 de agosto de 2022

No AM, PCO aposta em candidatura única e feminina à Câmara Federal

O partido de esquerda aposta na candidatura de Tereza Cristiny Lima Cavalcante à deputada federal e apoia Lula na disputa pela presidência, mas rejeita Geraldo Alckmin.

11 de agosto de 2022

Deputados federais do AM registram bens que somam R$ 10,2 milhões

O patrimônio dos sete deputados que buscam a renovação do mandato cresceu R$ 3 milhões em quatro anos. Parlamentares bolsonaristas registram os maiores ganhos nesse período.

11 de agosto de 2022

Amazonenses realizam ato pela democracia na Praça da Saudade

Evento está programado para iniciar às 15h desta quinta-feira (11), com a presença de entidades estudantis, sindicatos e partidos políticos locais.

11 de agosto de 2022

Ato pró-democracia mira Bolsonaro com pedido de respeito às urnas

O documento reúne mais de 600 mil assinaturas de membros do setor produtivo e presidenciáveis. A carta reage às falas do presidente contra as urnas.

11 de agosto de 2022

Decisão do TSE tira Pros de Amazonino e o entrega para Henrique

O julgamento do TSE, que decidiu por 4 a 3 manter Eurípedes Júnior na presidência nacional do Pros, beneficiou candidatura majoritária de Henrique Oliveira no AM.

11 de agosto de 2022