fbpx

terça, 18 de janeiro de 2022

Chico Preto revela planos e abre ‘caixa de ironias’ contra rivais

O ex-deputado ingressou no Avante, partido liderado pelo prefeito David Almeida, e mira uma vaga no Senado Federal, onde pretende influir nos grandes temas nacionais.

20 de dezembro de 2021

Compartilhe

Chico Preto ironizou a situação dos adversários que estarão disputando a mesma vaga que hoje pertence ao senador Omar Aziz (Foto: RealTime1)

O ex-deputado Marco Antônio Ribeiro da Costa, o ‘Chico Preto’, revelou, em entrevista publicada nesta segunda-feira (20) na TV RealTime1, os planos que tem para disputar a eleição para o Senado em 2022 e abriu a “caixa de ironias” contra adversários que poderão estar na mesma briga no próximo ano.

“Hoje, sou pré-candidato. Já estou em um partido, o Avante, que me recebeu muito bem. Agora, a candidatura é uma construção que faremos ao longo de 2022”, frisou Chico Preto.

O ex-parlamentar ingressou, na última quinta-feira (16), no Avante, partido liderado pelo prefeito David Almeida, que assinou a ficha de filiação de Chico Preto.

Sobre a opção de disputar o Senado, numa eleição concorrida e com vaga única, Chico afirmou que já deu sua contribuição nos parlamentos do Estado, pois foi vereador em Manaus por três vezes e outras duas vezes foi deputado estadual.

“O senado é a casa que trata dos grandes assuntos, onde as coisas se resolvem”, afirmou Chico Preto, lembrando que em 2018 a eleição dele seria mais fácil, mas teve que resolver um problema da coligação que tinha exatamente David Almeida na cabeça da chapa.

“Eu era candidato ao Senado, estava muito bem nas pesquisas, mas no meio do jogo o David perdeu o candidato a vice, o Jorge Guimarães, cujo partido, o PT, deixou a aliança. Então tive que socorrer nosso grupo, mas fiquei com esse sentimento de que deveria disputar o Senado”, lembrou.

Entre os grandes temas que Chico Preto quer levar ao Senado é o de usar as Forças Armadas para o combate ao tráfico de drogas nas fronteiras.

“O Brasil não produz drogas, mas é corredor. Temos 300 mil homens presos dentro da caserna. Quero colocar esse debate, pois me parece fundamental que as Forças Armadas entrem nesse combate”, defendeu.

Chico Preto diz que votará em Bolsonaro, mas não concorda com tudo o que o presidente faz, a exemplo do ex-superintendente.

“Não sou destes que saem por aí dizendo ‘mito, mito’. Eu sou um apoiador crítico. “Senado é para quem tem história, não é para quem só faz stories (nas redes sociais), não é para quem não tem cabelo”, ironizou.

Confira a entrevista:

Texto: Gerson Severo Dantas

Leia Mais:

Leia mais sobre Política

Aliança Lula e Alckmin está pavimentada para aliados, apesar de ruídos

Aliados acreditam que aliança entre Lula e Alckmin pode ser confirmada em fevereiro e que as divergências de pensamento estão sendo facilmente superadas em nome da campanha.

18 de janeiro de 2022

Wilson Lima garante reajuste de 9,9% a professores e pedagogos

Com sansão do governador do AM, Wilson Lima, professores e pedagogos vão poder receber, no salário de janeiro, o reajuste de 9,19%, referente às datas-base de 2020 e 2021.

18 de janeiro de 2022

Sancionada Lei de transformação digital dos serviços públicos no AM

Com a Lei sancionada, os órgãos vinculados, direta ou indiretamente, ao Estado terão que trabalhar na modernização da administração pública, com o sistema digital.

18 de janeiro de 2022

Servidores do TCE-AM passam por testagem em massa para Covid-19

Além da testagem em massa, o conselheiro-presidente já havia determinado que servidores com mais de 60 anos ficassem em regime de home office até o dia 31 de janeiro.

17 de janeiro de 2022

Senado trabalha para barrar ‘aumentos desenfreados’ dos combustíveis

Omar Aziz disse que, no Senado, há dois Projetos de Lei em tramitação que visam conter os aumentos do diesel e da gasolina. Petrobras reajustou os valores em 44% no ano 2021.

17 de janeiro de 2022

Formação do União Brasil segue paralisada e indefinida também no Amazonas

Após três meses da anunciada fusão entre PSL e DEM para a formação do União Brasil, futuro maior partido do País deu poucos passos com vistas a eleição no Amazonas.

17 de janeiro de 2022

CMM mantém regime híbrido e adota home office para servidor com +60

O informativo da Casa legislativa também destacou que o acesso do público externo será restrito. No entanto, não foi informado o quantitativo de pessoas que será liberado.

17 de janeiro de 2022

Após o fim da Covid, Brasil vai encarar ‘pandemia’ de miséria e fome

Desigualdade social cresceu no País ao longo da pandemia de Covid-19 e hoje a renda dos 20 mais ricos equivale a mesma de 60% da população, diz relatório de ong.

17 de janeiro de 2022