fbpx

sexta, 26 de fevereiro de 2021

Cadastro e pagamentos do ‘Auxílio Manauara’ iniciam em fevereiro

O projeto vai beneficiar com R$ 200 mensais 40 mil famílias em situação de pobreza e extrema-pobreza, além de vulnerabilidade social, que foram afetados pela pandemia.

26 de janeiro de 2021

Compartilhe

A forma de pagamento do auxílio será através de um cartão magnético com saques em agências bancárias (Foto: Reprodução)

O programa “Auxílio Manauara”, da Prefeitura de Manaus, deve ser lançado em fevereiro de 2021, para cadastro e início do pagamento, conforme informou a titular da Secretaria Municipal de Assistência Social (Semasc), Jane Mara, durante a sessão extraordinária da Câmara Municipal de Manaus, nesta terça-feira (26).

O projeto vai beneficiar R$ 200 mensal para 40 mil famílias em situação de pobreza e extrema-pobreza, além de vulnerabilidade social, que foram afetados pela pandemia da Covid-19.

Essa proposta era uma das promessas de campanha do prefeito David Almeida.

É a Semasc quem será a responsável pela seleção e atendimento aos beneficiários, bem como a fiscalização do pagamento correto às famílias. Mas o órgão não entrou em detalhes de como será essa fiscalização.

Requisitos para o benefício

De acordo com a Semasc, o programa está em fase de elaboração, logo detalhes de como irá funcionar o auxílio, disponibilização dos cartões, realização de saques do dinheiro e informações mais específicas devem estar disponíveis no decorrer do próximo mês.

Ainda segundo o órgão, o programa só estava previsto para ser implantado no mês de abril, por isso, essas definições ainda estão em fase de elaboração.

De antemão, a titular da Semasc disse, durante a sessão extraordinária, que foi realizado um levantamento junto às secretarias municipais de Trabalho; Agricultura, Abastecimento, e Comércio Informal; bem como o Sine, para que o município tivesse uma base de quantos trabalhadores informais estão cadastrados nesses locais e, dessa maneira, elaborar os requisitos do benefício.

Ainda segundo ela, a Semasc irá pedir autorização para divulgar os nomes e CPFs dos beneficiários, para que haja transparência de todo o processo. “Vamos atuar com os órgãos de proteção, pois precisamos de autorização divulgar os nomes dessas pessoas, dando segurança a essas pessoas”, disse.

Cadastro e pagamento

Conforme a Semasc, um aplicativo para cadastro das famílias está em fase de elaboração. A previsão é que até o fim desta semana o órgão tenha essas informações já definidas e prontas para criação do aplicativo. As famílias poderão se cadastrar por meio desse aplicativo.

De acordo com a secretaria, o próprio sistema vai detectar se o cadastro está dentro dos requisitos exigidos ou não do que será estabelecido pelo munícipio. A partir desse filtro, o aplicativo fará um relatório com as pessoas aptas, ou não, para receber os R$ 200.

No entanto, nem a Semasc nem a Semef informaram quanto investidos na elaboração do aplicativo. Já que, segundo a Semasc, a secretaria e demais parceiros estão em reuniões de planejamento para execução do programa.

As pessoas que não tiverem acesso a celular, logo ao aplicativo, serão assistidas por meio de uma central de atendimento, que será criada pela própria secretaria, e irá tirar dúvidas da população e direcioná-las em como realizar o cadastro.

Já a forma de pagamento do auxílio será através de um cartão magnético, que poderá ser retirado em agências bancárias. A secretaria informou que já está em negociação com esses órgãos financeiros, e informou que o cartão será, a princípio, somente para saque, mas que haverá uma reunião com os operadores bancários para que seja batido o martelo.

Valores investidos

Com o valor de R$ 200 mensais, durante seis meses, a prefeitura irá gastar o total de R$ 8 milhões, em cada mês. Sendo o valor do gasto total, durante os seis primeiros meses, de R$ 48 milhões. Isso somente com o benefícios.

Na sessão extraordinária que aprovou a implementação do benefício, os vereadores questionaram se seria possível aumentar a quantidade de pessoas beneficiadas. A secretária não descartou a possibilidade, mas disse que isso só pode ser feito, mediante a evolução ou não da pandemia.

Texto: Milena Soares

Leia mais:

Leia mais sobre Política

Derrubada teto de gastos deve piorar o caos com a cheia no interior

Os municípios do interior do Amazonas se preparam para uma cheia histórica e podem ser os mais prejudicados caso haja aprovação do texto original da PEC Emergencial.

26 de fevereiro de 2021

Citando injustiça e ‘likes’, Marcelo Ramos defende PEC da Impunidade

Para Marcelo Ramos, quem é contra a PEC que limita as possibilidades de prisão de parlamentares age com 'absoluta injustiça' ao se referir ao texto como 'PEC da Impunidade'.

26 de fevereiro de 2021

Nas redes sociais, Jaiza Fraxe fala em vacina para animais domésticos

Essa e outras notícias na coluna TEMPO REAL do portal RealTime1: Informação com credibilidade sobre política e os últimos acontecimentos do Amazonas.

26 de fevereiro de 2021

Adail Filho e a longa agonia do município mais rico do interior do Amazonas

O ex-prefeito de Coari, Adail Filho e o vice Keitton Pinheiro recorrem sobre a decisão do TRE-AM que determinou a cassação da candidatura por inelegibilidade.

26 de fevereiro de 2021

Câmara Federal começa a discutir agora projeto da ‘impunidade parlamentar’

A chamada PEC da Impunidade torna mais difícil a prisão de um parlamentar flagrado cometendo crimes, como foi o caso do deputado Daniel Silveira (PSL/RJ), semana passada

26 de fevereiro de 2021

Sem pauta e sem quórum deputados estaduais se limitam à falácia

Hoje, o alvo da base opositora foi uma viagem de Wilson Lima a Brasília. A Aleam, no ano passado, gastou com esses serviços R$ 11,3 milhões

25 de fevereiro de 2021

Sílvia Tuma é a nova corregedora do Ministério Público do Amazonas

Nova corregedora-geral terá mandato de dois anos e será responsável por fazer o controle interno das atividades de procuradores e promotores de Justiça do Amazonas

25 de fevereiro de 2021

Governo teve que fretar voo para buscar doses de vacina no Amapá

Essa e outras notícias na coluna TEMPO REAL do portal RealTime1: Informação com credibilidade sobre política e os últimos acontecimentos do Amazonas.

25 de fevereiro de 2021