fbpx

quarta, 08 de dezembro de 2021

Bolsonaro comemora saída de Eduardo Braga do ‘Grupo G7’ na CPI

Senador pelo Amazonas adotou uma postura diferente dos demais colegas do grupo G7, formado pelos senadores independente e os dois da oposição ao presidente.

9 de julho de 2021

Compartilhe

Braga e Omar foram fundamentais para a configuração do grupo G7 que lidera as investigações da CPI (Foto: Agência Senado)

Os senadores governistas que atuam na Comissão Parlamentar de Inquérito da Covid-19 dão como certo que o grupo dominante na comissão, o G7, deixou de contar com o senador Eduardo Braga (MDB). Em entrevista concedida na manhã desta sexta-feira (9), o senador governista Marcos Rogério (DEM/RO) se referiu ao grupo como G6 e sinalizou que a defecção é do senador pelo Amazonas.

Na transmissão ao vivo que fez nesta quinta-feira (8), o próprio presidente Jair Bolsonaro (sem partido) comemorou a redução do grupo para apenas seis integrantes.

O antigo G7 domina os encaminhamentos dos trabalhos da comissão desde a formação dela, quando garantiu a eleição do presidente, o senador Omar Aziz (PSD), o vice-presidente, senador Randolfe Rodrigues (Rede/AP), e a indicação do relator, senador Renan Calheiros (MDB/AL). Além destes três, o grupo original contava com Braga e os senadores Otto Alencar (PSD/BA), Tasso Jereissati (PSDB) e Humberto Costa (PT/PE).

As falas de Bolsonaro e Marcos Rogério já repercutem na mídia especializada. O colunista Otávio Guedes, da Globo News, comentou que a nova postura de Eduardo Braga deve-se a liberação de emendas que vão “turbinar” uma eventual candidatura dele ao Governo do Estado no próximo ano, quando o senador deverá enfrentar outro bolsonarista, o governador Wilson Lima (PSC).

O RealTime1 pediu da assessoria do senador uma posição sobre a relação dele com o G7, mas até o momento não recebeu respostas.

Texto: Gerson Severo Dantas

Leia Mais:

Leia mais sobre Política

Câmara aprova convite a general Heleno para explicar garimpo na Amazônia

O convite ao general Heleno vem depois que jornal revelou que ele liberou garimpo em terras indígenas ainda intocadas no interior na região de São Gabriel da Cachoeira.

8 de dezembro de 2021

Pesquisa coloca Lula na primeira colocação no primeiro turno

De acordo com a pesquisa da Genial/Quaest, o ex-presidente Lula tem 46% das intenções de votos, bem próximo de ganhar a eleição já no primeiro turno.

8 de dezembro de 2021

MDB lança Simone Tebet para concorrer à Presidência da República

Senadora pelo Mato Grosso, Simone Tebet fez um discurso criticando o governo de Jair Bolsonaro e enfatizando a necessidade de atenção aos mais vulneráveis do País.

8 de dezembro de 2021

Anulação da licença do Linhão Manaus-Boa Vista é pedida à Justiça

Falta de acordo para o pagamento de compensações aos Waimiris-Atroaris é apontado pelo Ministério Público Federal como grave violação das regras ambientais.

8 de dezembro de 2021

Telefonia na região Norte é tema de audiência na Câmara Federal

Autor do pedido de audiência, o deputado Pablo Oliva diz que precariedade do serviço de telefonia na região deixa as populações em situação de vulnerabilidade social.

8 de dezembro de 2021

Bolsonaro edita MP que cria benefício extraordinário para os pobres

Medida Provisória formaliza o pagamento do Auxílio Brasil já neste mês de dezembro e abre a possibilidade de prorrogação do programa até dezembro do próximo ano.

8 de dezembro de 2021

PEC dos Precatórios será promulgada de forma fatiada nesta quarta

Proposta de Emenda Constitucional dos Precatórios vai possibilitar que o governo de Jair Bolsonaro possa viabilizar o programa Auxílio Brasil, que substituirá o Bolsa Família

8 de dezembro de 2021

Wilson Lima entrega R$ 200 mil a associações do setor social de Carauari

Ação ocorreu durante início da distribuição do Auxílio Estadual permanente, no Ceti Professor Pedro Alves da Silva. Mais de 900 pessoas devem ser beneficiadas com o repasse.

7 de dezembro de 2021