fbpx

segunda, 04 de julho de 2022

Auditor afastado do TCU vai depor na CPI da Covid-19 do Senado

Alexandre Costa e Silva foi o responsável pela inclusão de um falso estudo no sistemas do Tribunal de Contas da União, expondo uma supernotificação de mortes por Covid.

9 de junho de 2021

Compartilhe

Alexandre é auditor do Tribunal de Contas da União e foi apontado para cargos no BNDES pelos filhos do presidente Bolsonaro (Foto: Reprodução)

O auditor afastado do Tribunal de Contas da União, Alexandre Figueiredo Costa e Silva, teve a convocação aprovada, nesta quarta-feira (9), pela Comissão Parlamentar de Inquérito da Covid-19 do Senado Federal. Alexandre é o responsável pelo falso estudo que aponta uma supernotificação de mais de 50% de casos de óbitos por Covid-19 ao longo de 2020 e que foi citado pelo presidente Jair Bolsonaro (sem partido) na última segunda-feira (7).

Conforme os senadores, Alexandre já reconheceu que foi responsável por incluir o documento no sistema de informações do TCU, o que levou a erro o presidente. A convocação dele, feita por meio de um requerimento extrapauta, resultou em uma longa discussão entre os senadores governistas e os do grupo G7, que envolve os parlamentares independentes e os dois oposicionistas.

O senador governista Marcos Rogério (DEM-RO) questionou o presidente da comissão, senador Omar Aziz (PSD), sobre a ilegalidade do requerimento à luz do regimento do Senado. “Essa convocação é antirregimental”, disse Rogério, abrindo uma longa discussão entre os senadores e que só foi encerrada quando Omar colocou o requerimento em pauta e a aprovação do mesmo com os votos contrários de Marcos Rogério e do senador Luiz Carlos Heinze (PP-RS).

No Tribunal de Contas, Alexandre vai responder a inquérito administrativo e foi oficialmente afastado na manhã desta quarta-feira. Ao ministro-corregedor do TCU, Bruno Dantas, o auditor reconheceu que foi o responsável pela inclusão do documento no sistema oficial do tribunal e que foi o pai dele, um militar amigo de Bolsonaro, que repassou os dados ao presidente.

Leia Mais:

Leia mais sobre Política

Bolsonaro diz torcer para STF derrubar liminar que ampara ZFM

Presidente voltou a atribuir crise econômica no Brasil à manutenção dos incentivos para as empresas da Zona Franca de Manaus.

3 de julho de 2022

PT escolhe vereadora de Itacoatiara como suplente de Omar Aziz

Cheila Moreira é vice-presidente da Câmara Municipal de Itacoatiara e pessoa de confiança do deputado Sinésio Campos, presidente estadual do PT.

3 de julho de 2022

Reunião do PSol-AM acaba em briga e adia debate sobre disputa ao Governo

Partido reuniu filiados no último sábado no diretório regional, mas não conseguiu avançar na definição da disputa interna pela pré-candidatura ao Governo do AM.

3 de julho de 2022

Eleições 2022: restrições para agentes públicos começam a valer

Eles também não podem fazer pronunciamento oficial em cadeia de rádio de televisão, salvo em casos de questões urgentes e relevantes autorizados pela Justiça Eleitoral.

3 de julho de 2022

PT divulga nome de pré-candidatos a deputado federal e estadual no AM

Além dos pré-candidatos para a Aleam e Câmara Federal, os petistas homologaram o nome de Cheila Moreira para suplência do senador Omar Aziz (PSD).

2 de julho de 2022

Com apoio de Omar e Sidney, Manacapuru ganha escola construída sobre as águas

A escola municipal e a Quadra Poliesportiva Almir Batista da Silva, na comunidade Rainha dos Apóstolos, atenderão pelo menos 250 criança e jovens.

2 de julho de 2022

Datafolha: maioria diz que professor deve evitar falar de política

Pesquisa mostra que 54% dizem que pais têm o direito de proibir as escolas de ensinar temas que não achem adequados, mas apoiam discussão sobre pobreza e desigualdade social.

2 de julho de 2022

Com futuro incerto na disputa pelo Governo, PSol reúne filiados

Quatro nomes disputam internamente a preferência dos filiados, mas nenhum tem força suficiente para ser anunciado na briga pelo Governo sem ter que passar pelas prévias.

2 de julho de 2022