fbpx

segunda, 15 de agosto de 2022

Após vídeo dos cachorros, Rodrigo Guedes afirma estar tranquilo

Rodrigo Guedes disse que ao utilizar as imagens em suas redes sociais não teve a intenção de atacar os vereadores, mas de comparar o comportamento dos animais à política.

25 de setembro de 2021

Compartilhe

Vereador afirma estar tranquilo com a possibilidade de responder à Comissão de Ética da CMM. (Foto: Reprodução)

O vereador Rodrigo Guedes (PSC) afirma estar tranquilo quanto à repercussão, entre os colegas da Câmara Municipal, gerada por um vídeo postado em suas redes sociais que mostra um cachorro roubando a comida de outro, fazendo alusão à figura do político e o extravio do que seria de direito do povo brasileiro. Há parlamentares que exigirão que Guedes responda pelo ato à Comissão de Ética da Câmara Municipal de Manaus (CMM).

Rodrigo Guedes disse que ao utilizar as imagens em suas redes sociais não teve a intenção de atacar os vereadores. O intuito, segundo ele, foi fazer uma comparação do comportamento dos animais à política no contexto geral, ou, ao que a população pensa sobre a política.

“Não falei a nenhum vereador, nem aos vereadores. O vídeo mostra a visão da política no geral, inclusive é uma visão que a população tem sobre a política. Não há porque os vereadores se sentirem ofendidos. O vídeo é antigo e circula na internet, somente foi incluso a logomarca com meu nome. Pensar, falar ou até discutir sobre Comissão de Ética é algo desnecessário”, disse Guedes.

“Se alguém representar algo neste sentido (Comissão de Ética) estou tranquilo. Não fiz nada de errado. A mensagem do vídeo se refere à política no contexto mundial, mas principalmente no Brasil. Estou com a consciência tranquila”, completou.

Texto: Priscila Caldas

Leia Mais:

Leia mais sobre Política

Deputados estaduais que disputam reeleição declaram R$ 24,1 milhões em bens

Adjuto Afonso e Therezinha Ruiz são os mais ricos da Assembleia Legislativa, com R$ 7,1 milhões e R$ 3,4 milhões, respectivamente. Dos 24 deputados, apenas 5 não disputam.

14 de agosto de 2022

Patrimônio de Arthur Neto cresceu 1450% entre 2016 e 2022

Arthur Neto pediu o registro de candidatura ao Senado na sexta-feira e declarou possuir R$ 2,5 milhões em bens. Nas eleições de 2016, o tucano declarou R$160,7 mil.

14 de agosto de 2022

Moraes assume TSE após carreira centralizadora e ligada à política

Moraes é personagem central no noticiário nacional dos últimos anos devido aos inquéritos sob sua responsabilidade que investigam o presidente Jair Bolsonaro e apoiadores.

14 de agosto de 2022

Bolsonaro e Lula travam disputa sobre valor do Auxílio Brasil

Após acusação do petista de que o auxílio tem duração até o fim do ano e de que pretende, se eleito, mantê-lo em 2023, Bolsonaro disse que o benefício será mantido em 2023.

14 de agosto de 2022

Presidenciáveis dão largada na campanha com foco no Sudeste

Região Sudeste concentra 42,6% dos eleitores do país. A dois dias do início da propaganda eleitoral gratuita, Lula se mantém na dianteira, enquanto Bolsonaro cresce.

14 de agosto de 2022

TRE-AM dá nome a cartório eleitoral de indigenista assassinado em Atalaia do Norte

O pleno do TRE-AM reconheceu, por unanimidade, colaboração do indigenista Bruno Pereira, assassinado em junho no Vale do Javari, par a instalação de novas seções eleitorais.

13 de agosto de 2022

Michelle assume protagonismo na marcha para Jesus com evangélicos

Durante a marcha, presidente falou em 'luta contra o comunismo' e convocou população para ato em Copacabana no Sete de Setembro.

13 de agosto de 2022

Wilson adere ao TikTok para ampliar comunicação com eleitores

Wilson Lima anuncia adesão ao TikTok convocando seguidores e fazendo dancinha, para buscar o eleitorado mais jovem, maioria dos perfis do aplicativo.

13 de agosto de 2022