fbpx

quinta, 19 de maio de 2022

Após trocar ministro, Bolsonaro espera conseguir mexer na Petrobras

Bolsonaro promoveu a troca do ministro de Minas e Energia na última quarta-feira (11). Mudança ocorreu após críticas do presidente à política de preços da Petrobras.

14 de maio de 2022

Compartilhe

Presidente também voltou a criticar o lucro da Petrobras (Foto: Reprodução)

O presidente Jair Bolsonaro (PL) disse na noite desta sexta-feira (13), que espera conseguir mexer na Petrobras após a substituição do ministro de Minas e Energia, feita por ele nesta semana.

“Eu espero, nos próximos dias, com as mudanças que fiz no Ministério das Minas e Energia, que nós consigamos mexer com a Petrobras, fazer com que ela cumpra o dispositivo constitucional, que fala do fim social da empresa”.

Bolsonaro falou sobre o tema durante um encontro com lojistas no Campos do Jordão Convention Center, em Campos do Jordão, no interior de São Paulo.

A alta dos combustíveis é um dos fatores que mais pressiona a inflação, na casa dos dois dígitos no acumulado em 12 meses. O problema preocupa Bolsonaro, que tenta a reeleição neste ano. Pesquisa Datafolha mostrou que a maioria dos brasileiros culpa o presidente pela disparada de preços.

O presidente também voltou a criticar o lucro da Petrobras. Na semana passada, ele já havia chamado o resultado da empresa de “estupro” em sua live semanal.

“Não podemos ter uma empresa, que tem o lucro acima de 30%, enquanto as maiores petrolíferas do mundo o lucro é, no máximo, de 15%. E essas outras petrolíferas abriram mão de lucro para ajudar os seus países. A Petrobras não pode continuar a ser indiferente a tudo isso”, disse ele nesta sexta.

O presidente também afirmou ter feito um apelo para a Petrobras para não reajustar o preço dos combustíveis, que não teria sido levado em conta.

“Há duas quintas-feiras fiz um apelo dramático para alguns, ficou até parecendo algo não compatível a um presidente, mas a minha maneira de ser, falar com o coração aberto, e falar sempre a verdade, não teve sucesso na Petrobras.”

“Apelei, não aumente o preço dos combustíveis, falei até um palavrão em uma live, coisa que não é muito comum da minha parte, mas fui obrigado a fazer isso. Não tivemos sucesso. Fizemos mudança, espero que essas mudanças tenham seu êxito para o bem de todos nós”.

Fonte: Folhapress

Leia mais:

Leia mais sobre Política

Bolsonaro ataca o STF, e Moraes fala em luta contra antidemocráticos

Bolsonaro também afirmou que as Forças Armadas foram convidadas a participar do processo eleitoral e que suas observações "não vão ser jogadas no lixo".

19 de maio de 2022

Em pré-campanha, Arthur busca apoio de influenciadores digitais

O ex-prefeito reuniu com influenciadores digitais do Amazonas, que já o apoiaram durante sua gestão na Prefeitura. A ideia é ampliar sua rede de apoio nas redes sociais.

19 de maio de 2022

‘Não vou dar mole para essa empresa’, diz Sinésio sobre AM Energia

Ao comentar decisão que libera a AM Energia a instalar medidores, Sinésio afirma que os aparelhos são vergonhosos e que não vai deixar a empresa livre para cometer abusos.

19 de maio de 2022

João Pedro ‘bate o pé’ e lança seu nome ao Senado pelo PT-AM

O ex-senador afirmou que irá registrar candidatura ao Senado, contrariando Sinésio Campos, que afirmou que o PT não terá candidato ao posto para apoiar Omar Aziz.

19 de maio de 2022

General Franklimberg quer levar experiência militar para Aleam

Filiado ao União Brasil, o militar colocou seu nome à disposição da sigla para tentar uma vaga na Asembleia. Ele ajudou a atual gestão durante o período de transição.

19 de maio de 2022

Populares reagem a vídeo de Amazonino dizendo não ter dinheiro; confira

Depois de quatro mandatos como governador e três como prefeito, Amazonino Mendes disse, em vídeo, não ter dinheiro. O ex-governador quer voltar a chefiar o Estado.

19 de maio de 2022

Homeschooling: Átila, Bosco, Alberto Neto e Pablo dizem sim à educação domiciliar

A bancada do Amazonas na Câmara ficou dividida na votação do homeschooling. Os destaques do texto-base serão votados nesta quinta e depois segue para o Senado.

19 de maio de 2022

‘Gestor tem que ser jovem, andar e estar perto do povo’, diz Liliane Araújo

Liliane Araújo é a nova entrevistada da série do Real Time 1 com os pré-candidatos para a Câmara dos Deputados em Brasília onde faz a defesa de suas bandeiras.

19 de maio de 2022