fbpx

quinta, 07 de julho de 2022

Alfredo Nascimento fala pela primeira vez da filiação de Bolsonaro ao PL

Ex-ministro de governos petistas, Alfredo Nascimento acredita que entrada de Bolsonaro fortalece o PL e diz que todos os militantes vão apoiar a campanha dele em 22.

24 de novembro de 2021

Compartilhe

Alfredo Nascimento é presidente de Honra do Partido Liberal e lidera a sigla no Amazonas com mão de ferro. (Foto: Reprodução)

O presidente de Honra do Partido Liberal e líder do Diretório Estadual do Amazonas, Alfredo Nascimento, afirmou ao RealTime1, nesta quarta-feira (24), que está tudo certo para o presidente Jair Bolsonaro se filiar ao partido na próxima terça-feira e que ele não acredita que possa se repetir o mesmo problema registrado no último domingo, quando a filiação do presidente foi cancelada. “Não posso e não devo falar sobre atitudes que serão tomadas por outras pessoas, mas pelo que conversamos no PL está tudo certo para a filiação dele”, resumiu Nascimento.

Ex-ministro dos Transportes dos governos petistas de Luiz Inácio Lula da Silva e Dilma Rousseff, Alfredo Nascimento afirmou que é uma decisão do PL contar com o presidente nos seus quadros e ele, como homem de partido, entende que todos os militantes deverão apoiar a campanha de reeleição dele no próximo ano. A frase esconde um recado ao vice-presidente da Câmara dos Deputados, Marcelo Ramos, um dos principais críticos do presidente no parlamento brasileiro.

Marcelo, por sua vez, revelou ao RealTime1 que trabalha com as possibilidades, da filiação se concretizar, e de sua saída do partido de maneira amigável, pela porta da frente como costuma dizer, mas também pode aproveitar a janela de transferência partidária, que ocorre no mês de abril anterior a realização da eleição.

Alfredo Nascimento disse ainda ao RealTime1 que, concretizada a filiação de Bolsonaro, o ex-superintendente da Suframa Alfredo Menezes, o principal aliado do presidente no Amazonas, deverá entrar no partido para ser o candidato ao Senado. “Será muito bem vindo”, resumiu Nascimento.

Texto: Gerson Severo Dantas

Leia mais:

Leia mais sobre Política

Justiça do AM suspende show de Wesley Safadão com cachê de R$ 700 mil

Show de Wesley Safadão estava marcado para acontecer em agosto, mas o MPAM entrou com ação contra a Prefeitura e provocou a decisão da Comarca de Tabatinga.

6 de julho de 2022

Parlamento europeu pode condenar ataques do presidente Bolsonaro

O presidente Jair Bolsonaro havia afirmado que Dom e Bruno, assassinados em junho deste ano no Vale do Javari, no Amazonas; estavam em uma aventura não recomendável.

6 de julho de 2022

Lula tem 45% contra 31% de Bolsonaro no primeiro turno, mostra Quaest

Na pesquisa anterior da Quest, divulgada em junho, Lula tinha 46% das intenções de votos contra 30% do presidente Bolsonaro, comprovando estabilidade na disputa do eleitor.

6 de julho de 2022

Com cota feminina mantida, cresce preocupação com candidaturas laranjas

Após virar lei, e o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) determinar que a mínima de 30% de candidaturas femininas deverá ser cumprida, individualmente

6 de julho de 2022

Legítima defesa da honra em feminicídios pode ser proibida no Brasil

Comissão na Câmara Federal aprovou projeto de lei que proíbe o uso da tese da "legítima defesa da honra" como argumento para a absolvição de acusados de feminicídio.

6 de julho de 2022

Pré-candidaturas femininas são as mais competitivas no PCdoB, avalia Eron

Das nove vagas que a sigla esquerdista tem direito na federação, quatro são ocupadas por pré-candidatas. O PCdoB lançou quatro pré-candidaturas femininas.

6 de julho de 2022

PT do AM já reconhece que executiva nacional definirá apoio a Braga

Sinésio Campos afirmou que vai acolher qualquer decisão do comitê nacional da sigla e confirmou que o nome do senador Eduardo Braga não está descartado.

6 de julho de 2022

Paulo Guedes vai ter que explicar na Câmara ameaças à Zona Franca

O requerimento para a convocação de Paulo Guedes, de autoria do deputado federal Zé Ricardo (PT), foi aprovado nesta quarta-feira (6). Agora, ele será obrigado a comparecer.

6 de julho de 2022