fbpx

sexta, 27 de maio de 2022

Aleam aprova nome de Luis Fabian para vaga no TCE-AM com unanimidade

Homem de confiança do governador Wilson Lima, Luis Fabian exercia, até então, o cargo de secretário de articulação do Governo, onde também já comandou a pasta de Educação.

30 de março de 2022

Compartilhe

Luis Fabian tem 42 anos e substitui Júlio Cabral na Corte de Contas (Foto: João Onety/RealTime1)

Nesta quarta-feira (30), a Assembleia Legislativa do Amazonas (Aleam) aprovou o nome do secretário de articulação do Governo do Amazonas, Luis Fabian, para a vaga de conselheiro do Tribunal de Contas do Estado (TCE-AM). Fabian vai assumir a vaga de Júlio Cabral, que teve o pedido de aposentadoria antecipada acatado pela Corte de Contas ontem (29).

Luis Fabian passou por uma sabatina feita pelos deputados antes de ser eleito por unanimidade como novo membro do Tribunal.

Ao RealTime1, o ‘homem de confiança’ do governador Wilson Lima declarou que assumir esse cargo é motivo de honra e de grande responsabilidade.

“É um cargo extremamente honroso para aqueles que de dedicam à coisa pública. Cuidar de aprovar as contas daqueles que fazem o uso de recursos públicos é algo de extrema responsabilidade para qualquer cidadão”, destacou Luis Fabian.

Antes da aclamação do seu nome, Fabian ressaltou qualidades próprias que, segundo ele, o capacitam para o cargo.

“Eu penso que minha trajetória à frente de várias pastas na administração pública estadual e municipal bem como minha qualificação acadêmica me legitimam a pleitear essa posição, minha formação na área jurídica foi sempre dedicada ao direito público, com mestrado e doutorado, já estive à frente da secretaria de educação e mais recentemente na secretaria de governo do estado do Amazonas, ou seja, sempre dedicado à ordenança responsável de despesas”.

O deputado Dermilson Chagas (Podemos) falou sobre a escolha de Luís Fabian para o cargo.

“É uma pessoa totalmente preparada, é professor, especialista, já foi secretário, tem respaldo no meio político”, enumerou.

Texto: João Luiz Onety

Leia Mais:

Leia mais sobre Política

Péricles minimiza destituição de cargo de Marcelo: ‘problema do Congresso’

O deputado Delegado Péricles, que agora integra o partido de Jair Bolsonaro, o PL, minimizou os efeitos da destituição de Marcelo Ramos (PSD) da vice-liderança da Câmara.

27 de maio de 2022

Pré-candidato do PL reconhece ‘deslizes’ do Governo Bolsonaro

O Delegado Costa e Silva, pré-candidato a deputado federal pelo PL, mesmo partido de Bolsonaro, falou ao RealTime1 sobre os planos para chegar à Câmara dos Deputados.

27 de maio de 2022

Omar diz que Amazonas precisa voltar a investir em programas sociais

A declaração do senador - que concorre à reeleição - aconteceu durante a prestação de contas que ele fez na noite desta quinta-feira (26), nas zonas Leste e Sul de Manaus.

27 de maio de 2022

Eleição Geral testará lei que combate violência política contra a mulher

Para acompanhar emprego da lei no pleito de outubro, o Comitê de Combate a Corrupção e Caixa 2 Eleitoral criou o grupo de mulheres de combate à violência política de gênero.

27 de maio de 2022

Bolsonaro adia live em dia de derrota nas pesquisas para Lula nos dois turnos

Bolsonaro estabiliza e Lula cresce em nova pesquisa Datafolha divulgada no dia que o presidente adia tradicional live de quinta-feira para falar com apoiadores .

26 de maio de 2022

Datafolha: cresce diferença entre Lula e Bolsonaro para o segundo turno

Pesquisa do Datafolha divulgado nesta quinta-feira aponta que Lula tem 58% das intenções de voto no segundo turno, enquanto Bolsonaro chega a 33%

26 de maio de 2022

TSE aprova federação partidária do PSol com o Rede Sustentabilidade

PSol e Rede formalizam federação no TSE no mesmo dia que o PSDB e Cidadania e agora as legendas devem manter unidade política pelos próximos quatro anos.

26 de maio de 2022

‘Criar municípios é política de pão e circo’, diz cientista político

Para Carlos Santiago, discurso de criar novos municípios, às vésperas das eleições, para sanar o problema de comunidades que sofrem descaso e miséria, não é melhor caminho.

26 de maio de 2022