fbpx

quinta, 30 de junho de 2022

‘A responsabilidade é sua’, diz líder de caminhoneiros a Bolsonaro em vídeo

Wallace Landim, o "Chorão", um dos principais líderes da greve de 2018, cobrou atitude de Bolsonaro: "chame a responsabilidade, porque senão esse país vai estar parado".

24 de maio de 2022

Compartilhe

Wallace Landim, o Chorão (Foto: Reprodução)

Os caminhoneiros voltaram a subir o tom e reforçaram a possibilidade de uma paralisação da categoria. Em um vídeo divulgado nesta segunda-feira (23), Wallace Landim, o Chorão, um dos principais líderes da greve de 2018, cobrou atitude do presidente Jair Bolsonaro em relação aos sucessivos aumentos nos preços dos combustíveis.

“Ou o senhor chama a responsabilidade, chama o conselho administrativo da Petrobras, chama o Ministério da Economia, quem o senhor quiser. Porque, senão, esse país vai parar novamente. A categoria já está parando por não ter condições de rodar, a classe pobre não tem condições de comer. Chame a responsabilidade, porque senão esse país vai estar parado, e a responsabilidade é sua”, disse.

As falas de Chorão sobre a possibilidade de uma greve oscilaram nos últimos dias, diante das reviravoltas no assunto. Há alguns dias, logo depois de fazer uma enquete nas redes sociais para medir qual apoio teria uma nova paralisação, ele se disse preocupado com os impactos que uma greve teria sobre a economia brasileira já tão fragilizada.

Em outra mensagem divulgada nesta terça (24), Chorão afirmou que os caminhoneiros foram pegos de surpresa com a nova troca no comando da Petrobras em menos de 40 dias e cobrou transparência em relação ao estoque do diesel no mercado interno e ao preço do produto.

“A categoria dos caminhoneiros autônomos, motoristas de aplicativo e motoboys precisam do mínimo de segurança e previsibilidade para continuar trabalhando em face dos sucessivos aumentos dos combustíveis”, disse.

Joana Cunha (FolhaPress)

Leia Mais:

Leia mais sobre Política

Comissão realiza oitivas sobre falta de segurança em terra indígena

Comissão vai pedir providências sobre os assassinatos de Bruno Pereira e do jornalista Dom Phillips, além de apurar a omissão do poder público na segurança dos indígenas.

30 de junho de 2022

Wilson entrega mais de R$ 10 milhões em materiais para Operação Enchente 2022

A entrega de 19 lanchas rápidas e 300 purificadores, que juntos somam o investimento de R$ 10,8 milhões dão continuidade nas ações de enfrentamento da enchente 2022.

30 de junho de 2022

‘Wilson Lima tem habilidade e é um dos favoritos da eleição’ , diz Hissa

Pré-candidato pelo Avante, Hissa Abraão afirmar que vai lutar pela Reforma Tributária e pela revisão dos impostos para que a classe média pague menos que os mais ricos.

30 de junho de 2022

‘Mesmo sob ditadura camuflada, golpe não virá’, avalia um dos criadores do PT

Foragido político por 15 anos, Carlos Augusto, para muitos Raimundo Cardoso viveu escondido em Manaus; integrou o PCdoB na década de 70 e está no PT há 43 anos.

30 de junho de 2022

Governo suspende publicações em redes sociais até o fim da eleição

Medida atende vedação prevista na legislação eleitoral que visa dar igualdade de disputa na corrida eleitoral minimizando o peso da máquina pública na eleição.

30 de junho de 2022

Federação PT, PV e PCdoB confirma pré-candidatos em 1º de agosto

O presidente estadual do PCdoB no Amazonas já definiu os nomes que vão ocupar as oito vagas da sigla na federação, sendo seis para Aleam e dois para a Câmara Federal.

30 de junho de 2022

Valdemir Santana ‘sonha’ com Lula no palanque de Ricardo Nicolau

Como motivos, o presidente municipal do PT destacou o apoio do Solidariedade, de Nicolau, em defesa da ZFM e a atuação da família do deputado no combate à Covid-19.

30 de junho de 2022

Maioria dos pré-candidatos ignora Dia do Orgulho LGBTQIA+ na Internet

Quase todos são pré-candidatos de partidos da esquerda, que devem disputar as eleições deste ano no Amazonas, lembraram da data e fizeram menções nas redes sociais.

30 de junho de 2022