fbpx

quinta, 22 de abril de 2021

Caminhoneiros sugerem corte de benefícios que ameaça 14 mil empregos na ZFM

Retirada de benefícios do setor de bebidas da ZFM seria uma forma de compensar as perdas na arrecadação decorrentes da promessa do governo federal de zerar imposto do diesel.

5 de março de 2021

Compartilhe

Segmento de bebidas em risco com a proposta dos caminhoneiros (Foto: Reprodução)

Enquanto o ministro da economia Paulo Guedes se cala diante da possibilidade de extinção do segmento de bicicletas do Polo Industrial de Manaus (PIM), um novo ataque ao modelo vem sendo orquestrado nos bastidores da política em Brasília e ameaça mais de 15 mil empregos, inclusive em cadeias produtivas nos municípios de Presidente Figueiredo, na Região Metropolitana de Manaus, e Maués, na região do Baixo Amazonas.

Desta vez, caminhoneiros sugerem que o governo retire benefícios do setor de bebidas da Zona Franca de Manaus, como forma de compensar as perdas na arrecadação decorrentes da promessa do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) de zerar impostos federais do Diesel. O polo de concentrados de bebidas da Zona Franca envolve plantas em Manaus, em Presidente Figueiredo, onde há uma planta agroindustrial da Coca-Cola, e em Maués, onde a planta industrial é da Ambev.

“O Governo Federal tem a solução para subsidiar os aumentos dos combustíveis para a população. Basta apenas retirar o incentivo dado ao IPI às empresas fabricantes de concentrados de refrigerantes na Zona Franca de Manaus (ZFM). Simples, aí o Governo não irá ferir a Lei de Responsabilidade Fiscal e estará de fato tomando medida em prol da população brasileira”, diz a ABRAVA (Associação Brasileira dos Condutores de Veículos Automotores), em nota divulgada na segunda-feira (1).

Setor competitivo

Segundo o presidente da Federação das Indústrias e do Estado do Amazonas (Fieam), Antonio Silva, o modelo de desenvolvimento da ZFM é pautado na política de concessão de incentivos fiscais e novas reduções ameaçam a manutenção da cadeia consolidada.

Ele cita que o governo federal garantiu a competitividade do setor ao fixar a alíquota do IPI em 8%, o que segundo o empresário, dentro das possibilidades, manteve o produto manufaturado na ZFM competitivo ante o mercado nacional.

“Necessitamos que o direito constitucional da ZFM seja resguardado. O nosso modelo de desenvolvimento, em razão da falha na infraestrutura logística da região, é pautado na política de concessão de incentivos fiscais. Hoje, com uma eventual redução desse estímulo ao desenvolvimento concedido pelo governo federal, o modelo pouco oferece para a manutenção da cadeia consolidada”, disse Silva.

A Fieam explica que o segmento de bebidas é considerado um subsetor econômico de primeira necessidade e de consumo recorrente, assim, o seu faturamento sofre uma variação pouco menor que a dos demais segmentos de bens de consumo duráveis.

Ainda de acordo a Fieam, o resultado total de 2020 foi negativamente muito impactado pelo segundo trimestre do ano, que apresentou uma retração absoluta da economia, do contrário, o segmento manteria seu crescimento paulatino.

Apesar da inevitável queda no cômputo global de 2020, o mês de novembro, por exemplo, em valores nominais, foi o melhor dos últimos cinco anos, com faturamento 43% superior ao de novembro de 2019.

Reportagem: Priscila Caldas

Leia mais:

Leia mais sobre Negócios

Economistas são contra Bolsonaro receber título de Cidadão Amazonense

Classe se posicionou por meio de nota emitada pela Associação Brasileira de Economistas pela Democracia. Eles classificam posição política do presidente como 'nefasta'.

21 de abril de 2021

Confira as vagas de emprego oferecidas pelo Sine Manaus nesta quinta-feira

Ao todo, são 76 vagas. No currículo devem constar os seguintes dados atualizados: números pessoal e secundário, para contato e informações sobre o tempo de experiência.

21 de abril de 2021

Procon-AM notifica postos de combustíveis e revendedores de gás

Os estabelecimentos devem apresentar em até dez dias as notas fiscais com informações sobre os preços de compra e venda para análise de uma possível cobrança abusiva.

21 de abril de 2021

Vacina em ritmo lento compromete a recuperação econômica, alerta estudo

Conclusão é do Relatório de Atividade Fiscal, publicado pela Instituição Fiscal Independente (IFI) do Senado. Documento classifica o atraso como “risco a ser monitorado".

21 de abril de 2021

TVLAR inaugura nova unidade em Eirunepé e soma 57 lojas em todo o estado

TVLAR Eirunepé traz um layout renovado, desenvolvido para atender a operação de forma eficiente num planejamento estratégico que prevê a ampliação da rede de lojas na região.

20 de abril de 2021

Em meio à pandemia, demanda por locação e compra de imóveis tem alta

Para o Creci AM/RR, no último ano, o estado manteve procura elevada por aluguel e financiamentos de imóveis novos. Demanda é justificada por comodidade e empreendedorismo.

20 de abril de 2021

Operadoras de turismo perdem dois terços do faturamento em 2020

Segundo dados da Associação Brasileira das Operadoras de Turismo (Braztoa), o faturamento das empresas caiu de R$ 15,1 bilhões em 2019 para R$ 4 bilhões no ano passado.

20 de abril de 2021

Exportações cedem 1,9% e importações retraem 37,6% até a terceira semana de abril

Com isto, o saldo da balança comercial no período é de US$6.310,28 milhões, salto de 453,0% em relação às três primeiras semanas do mês de março (US$1.141,16 milhões).

20 de abril de 2021