quinta-feira, 25 de julho de 2024

faça parte da Comunidade RT1

Lula garante apoio para Manaus superar calamidade com as chuvas

Encontro entre Lula e o prefeito David Almeida (Avante) não constou na agenda oficial do presidente e ocorreu durante Frente Nacional de Prefeitos.
COMPARTILHE
Lula Manaus

Desassoreamento de igarapés, obras para contenção de erosões e construção de cerca de cinco mil novas unidades habitacionais do programa Minha Casa, Minha Vida. Foram essas as propostas apresentadas pela Prefeitura de Manaus no pacote de socorro de R$ 208 milhões para enfrentar a situação de calamidade por conta das chuvas.

O encontro entre o presidente Lula e o prefeito David Almeida (Avante) não constou na agenda oficial do presidente e ocorreu durante o evento da Frente Nacional de Prefeitos, no Hotel Royal Tulip.

Mesmo sem anúncio oficial de recursos, o que era esperado, a comitiva que reuniu com Lula disse ter saído confiante. O grupo encabeçado pelo senador Omar Aziz (PSD) era composto também pelo deputado estadual Sinésio Campos (PT), pelo vereador Sassá da Construção (PT), o vice-governador Tadeu de Souza e o ex-deputado federal Marcelo Ramos.

Ontem, Lula ordenou que David se reunisse com os Ministros da Integração e do Desenvolvimento, Waldez Góes, e com o Ministro das Cidades, Jader Filho, e apresentasse os projetos que a prefeitura tem para resolver problemas de infraestrutura relacionados às áreas de risco. Os ministros das duas pastas federais prometeram análise ‘de forma célere’, mas não deixaram claro quando devem bater o martelo sobre o que vai ser apoiado efetivamente.

“Ontem mesmo o prefeito preparou o decreto de estado de calamidade, e nós homologamos sumariamente aqui e, já com equipes lá em Manaus, nós do Governo Federal e prefeitura estamos trabalhando nos planos de ajuda humanitária, no restabelecimento (da área), e também na reconstrução. Aquilo que for necessário reconstruir, o Governo Lula vai apoiar a Prefeitura de Manaus”, afirmou o ministro da Integração e do Desenvolvimento Regional.

Receba notícias do RT1 em primeira mão
quero receber no Whataspp
Quero receber no Facebook
Quero receber no Instagram

Nesta quarta-feira (15), o prefeito David Almeida continua com a agenda em Brasília (DF), começando com reunião, pela manhã, com o ministro das Relações Institucionais, Alexandre Padilha (PT).

Segundo a Defesa Civil de Manaus, o número de ocorrências por causa das chuvas saltou em mais de 40% entre janeiro e março deste ano, na comparação com o ano passado. Foram mais de 800 pedidos de socorro, no período. A morte de oito pessoas no Jorge Teixeira, no último domingo (12), foi o episódio mais trágico da temporada de chuvas na capital amazonense. Mas as cenas de alagação e famílias desabrigadas se repetem.

Na noite de ontem, por exemplo, outro deslizamento foi registrado no conjunto Boas Novas, na zona norte, dessa vez sem vítimas fatais. Dez famílias foram retiradas às pressas do local e levadas para um abrigo provisório.

Manaus tem mais de mil áreas de risco espalhadas por diversas zonas da cidade. Dados da prefeitura mostram que dessas mil áreas, 62 são de alto risco, como a que onde ocorreu o desmoronamento, no último domingo.

Segundo a prefeitura, obras de contenção de erosão foram realizadas em 17 áreas no ano passado, e há mais 20 prioritárias para receber grandes intervenções do poder público.

Da Redação

Leia Mais:

COMPARTILHE