terça-feira, 16 de julho de 2024

faça parte da Comunidade RT1

Joana e Alessandra querem fim da sessão remota na Aleam

As parlamentares reivindicam a abertura das sessões presenciais na Assembleia, que devido a pandemia do Covid-19, foram substituídas pelas sessões virtuais remotas
COMPARTILHE
Fim das sessões remotas
Com essa iniciativa, Alessandra Campelo busca oferecer uma solução concreta para esse problema, garantindo um ambiente seguro e digno para as mulheres que necessitam de proteção. (Foto: Divulgação)

As parlamentares Joana Darc (PL) e Alessandra Campêlo (MDB) querem a volta das sessões presenciais na Assembleia Legislativa do Estado do Amazonas (Aleam). Devido à pandemia do Covid-19, as sessões vêm acontecendo de modo remoto desde o fim de março.

Isso porque as deputadas temem que as sessões remotas na Aleam acabem na justiça devido aos contantes desentendimentos entre os parlamentadores. Em alguns casos, a sessão teve que ser retirada do ar.

Na semana passada, o clima esquentou após desentendimentos entre as deputada Joana Darc, Alessandra Campêlo e o presidente da casa, deputado Josué Neto.

Na sessão remota de quinta-feira passada (18), a deputada Alessandra Campêlo rebateu o presidente Josué Neto. Ela quis saber porque a CPI da saúde vem sendo realizada na forma presencial. E porquê as sessões na Aleam não são da mesma forma. “Só pode ser presencial quando é do interesse de vocês, Vossa Excelência? ”, indagou ao presidente da casa.

Joana Darc e Alessandra Campêlo defendem o retorno imediato das sessões presenciais e a reabertura do legislativo à população. O presidente reforça que, por enquanto, não há segurança para os parlamentares e servidores da casa.

Receba notícias do RT1 em primeira mão
quero receber no Whataspp
Quero receber no Facebook
Quero receber no Instagram

Josué disse que voltaria a analisar a proposta, mas a medida não agradou as deputadas e elas ameaçaram entrar na Justiça, se a Assembleia não acatar a proposta.

No final de maio, a Aleam tentou implantar um sistema hibrido, que misturou sessões presenciais e virtuais, porém por causa de problemas técnicos a ideia não seguiu a frente.

COMPARTILHE