segunda-feira, 15 de julho de 2024

faça parte da Comunidade RT1

CONTRIBUINTES

IRPF 2023: Amazonas têm 16 mil na malha fina

No estado do Amazonas, o valor total de R$ 22.934.544,06 será distribuído entre 15.081 contribuintes.
COMPARTILHE
(Foto: Joédson Alves/Agência Brasil)

O Amazonas possui 16.146 contribuintes com as declarações do Imposto de Renda Pessoa Física (IRPF) 2023 retidas em Malha Fiscal.

De acordo com a Receita Federal, o principal motivo para a retenção das declarações foi a identificação de problemas em deduções, omissão de rendimentos sujeitos ao ajuste anual, divergências nos valores de IRRF, e problemas relacionados a deduções do Imposto devido e rendimentos acumulados.

A Receita Federal anunciou a abertura da consulta ao quinto lote de restituição do Imposto de Renda Pessoa Física (IRPF) de 2023, na semana passada.

Esse lote contempla mais de 15 mil contribuintes no estado do Amazonas, totalizando um valor de R$ 22.934.544,06 destinados a esses contribuintes.

A Receita Federal recomenda que os contribuintes verifiquem suas declarações com atenção e mantenham os dados atualizados para facilitar o processo de restituição do Imposto de Renda.

Receba notícias do RT1 em primeira mão
quero receber no Whataspp
Quero receber no Facebook
Quero receber no Instagram

Crédito total e processo de verificação

O crédito bancário para um total de 1.261.100 contribuintes em todo o país será realizado no dia 29 de setembro, somando R$ 1.965.610.737,14.

O montante R$ 507.782.232,72 são destinados aos contribuintes que têm prioridade, incluindo idosos acima de 80 anos, indivíduos entre 60 e 79 anos, pessoas com deficiência física ou mental, aqueles cuja maior fonte de renda seja o magistério, e contribuintes que optaram por receber a restituição via PIX.

Além disso, 1.027.838 contribuintes não prioritários que entregaram a declaração até o dia 15 de setembro de 2023 também serão contemplados.

Para verificar se a restituição está disponível, os contribuintes devem acessar a página da Receita na internet (www.gov.br/receitafederal) e clicar em “Meu Imposto de Renda” e, em seguida, em “Consultar a Restituição”.

A Receita também disponibiliza um aplicativo para tablets e smartphones que permite consultar diretamente nas bases da Receita Federal informações sobre liberação das restituições do IRPF e a situação cadastral de uma inscrição no CPF.

O pagamento da restituição será realizado na conta bancária informada na Declaração de Imposto de Renda, podendo ser direto ou por meio de chave PIX.

Em caso de problemas no crédito, os valores ficarão disponíveis para resgate por até 1 (um) ano no Banco do Brasil.

Os contribuintes podem reagendar o crédito dos valores pelo Portal BB ou entrar em contato com a Central de Relacionamento BB.

Leia Mais:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

COMPARTILHE