segunda-feira, 15 de julho de 2024

faça parte da Comunidade RT1

Iranduba e Careiro da Várzea lideram viagens a partir de Manaus

Juntos Iranduba e Careiro da Várzea, são responsáveis por 29,36% do fluxo total de passageiros dos primeiros três meses de 2023 e os destinos mais procurados.
COMPARTILHE
Viagens

Nos primeiros três meses deste ano, a Agência Reguladora de Serviços Públicos Delegados e Contratados do Amazonas (Arsepam) constatou que os destinos mais procurados por passageiros dos serviços de transportes intermunicipais, tendo como ponto de partida a capital, são Iranduba e Careiro da Várzea (distantes, respectivamente, 27 e 25 quilômetros da capital).

A Arsepam registrou um fluxo de 500.303 pessoas em três meses. Juntos, Iranduba e Careiro da Várzea são responsáveis por 29,36% (146.902) do total de usuários contabilizados nos sistemas de transportes.

Do total, 266.685 são do modal rodoviário, sendo que 55.975 (20,98%) foram para Iranduba. As passagens custam R$ 6,26 (saindo da cabeceira da Ponte Jornalista Phelippe Daou, zona oeste) ou R$ 16 (com saída do Terminal Rodoviário Engenheiro Huascar Angelim, Rodoviária de Manaus, zona centro-sul), com tempo de duração que variam de 30 a 50 minutos.

No hidroviário, 233.618 passageiros foram registrados no período. Do total, 90.927 foram para Careiro da Várzea (38,98%).

O preço da passagem custa R$ 13 (saindo do Porto da Ceasa, zona sul), tendo duração de 60 minutos de viagem.

Receba notícias do RT1 em primeira mão
quero receber no Whataspp
Quero receber no Facebook
Quero receber no Instagram

O diretor-presidente da Agência Reguladora do Amazonas, João Rufino Júnior, explicou que Iranduba e Careiro da Várzea são mais próximos da capital e que muitas pessoas vêm diariamente para a localidade trabalhar, estudar e realizar exames e tratamentos médicos, retornando ao fim do dia para as suas cidades.

Além disso, o gestor esclareceu que Iranduba e Careiro da Várzea são cidades de acesso a outras localidades.

Por exemplo, a partir de Iranduba é possível ir para Manacapuru e Novo Airão. Por Careiro da Várzea pode-se ir para Careiro Castanho, Autazes, Manaquiri, Apuí, Lábrea, entre outros.   

Outras cidades

Além de Iranduba, os municípios mais procurados no modal rodoviário intermunicipal foram Manacapuru (2º colocado), com 36.049 passageiros, passagem por R$ 28,48 e tempo de viagem 2 horas; Itacoatiara (3º), com 29.756 passageiros, passagem por R$ 66,90 e tempo de viagem 5 horas; Presidente Figueiredo (4º), com 21.978 passageiros, passagem por R$ 38,65 e tempo de viagem 2 horas; e Rio Preto da Eva (5º), com 8.801 passageiros, passagem por R$ 19,40 e tempo de viagem 1h30. Os veículos utilizados são ônibus e micro-ônibus.

No modal hidroviário intermunicipal, depois de Careiro da Várzea, as cidades mais procuradas foram Parintins (2ª), com 9.125 passageiros, passagem por R$ 120 e tempo de viagem 20 horas; Tefé (3ª), com 9.059 passageiros, passagem por R$ 180 e tempo de viagem 36 horas; Coari (4ª), com 2.918 passageiros, passagem por R$ 150 e tempo de viagem 12 horas; Cacau Pirêra (5ª), com 2.790 passageiros, passagem por R$ 10 e tempo de viagem 35 minutos. Nesta última, a embarcação utilizada é lancha rápida e para os demais utilizam barco motor, navio motor e ferryboat. 

Leia mais:

COMPARTILHE