domingo, 14 de julho de 2024

faça parte da Comunidade RT1

Hapvida vende dez unidades hospitalares por R$ 1,25 bilhão

A empresa optou por um tipo de acordo muito comum no mercado que permite venda e, posteriormente, aluguel dos imóveis para usufruto.
COMPARTILHE
Hapvida

A empresa Hapvida comunicou diversas iniciativas para obter recursos e consolidar sua posição no mercado.

Uma das medidas adotadas pela companhia foi a celebração de um acordo de venda e posterior locação (conhecido como “sale & leaseback”) de 10 imóveis, no montante de R$ 1,25 bilhão, com um fundo de investimento ligado à Família Pinheiro, que é a controladora da Hapvida.

Este tipo de acordo é muito comum no mercado, e permite que uma empresa venda seus imóveis e, posteriormente, os alugue de volta, o que a torna mais “enxuta” em termos de ativos, e, consequentemente, mais atrativa para investidores.

Além disso, a Hapvida está avaliando a opção de realizar uma oferta pública de ações (follow-on), com o objetivo de obter mais recursos, tendo em vista que a Família Pinheiro já se comprometeu a investir R$ 360 milhões nessa oferta.

Porém a realização dessa oferta de ações ainda depende de condições favoráveis de mercado e aprovações pelos órgãos da companhia.

Receba notícias do RT1 em primeira mão
quero receber no Whataspp
Quero receber no Facebook
Quero receber no Instagram

Essas iniciativas, que envolvem a participação significativa da Família Pinheiro, refletem o compromisso da Hapvida e a confiança que seus gestores e controladores têm no modelo de negócios da empresa, bem como uma abordagem cautelosa em relação à sua liquidez e endividamento.

Os hospitais da Hapvida envolvidos no negócio são: Hospital Paulo Sacramento de Jundiaí (SP), Hospital Bosque da Saúde em São Paulo, Hospital Family de Taboão da Serra (SP), Hospital Nova Vida de Itapevi (SP), Hospital Cruzeiro do Sul em Osasco (SP), Hospital Salvalus em São Paulo, Hospital São Bernardo (SP), Hospital Poços de Caldas (MG), Hospital Araraquara (SP) e Hospital Brasiliense em Brasília (DF).

Leia o comunicado

Da Redação com informações da Hapvida

Leia Mais:

COMPARTILHE