quinta-feira, 25 de julho de 2024

faça parte da Comunidade RT1

Governo investe quase R$70 mi em CT&I no primeiro trimestre de 2023

Cinco programas lançados são inéditos; três exclusivos para pesquisadores do interior do estado; e os demais atendem à formação de recursos humanos em alto nível.
COMPARTILHE
Governo

No primeiro trimestre, o Governo do Amazonas investiu aproximadamente R$ 68,9 milhões em Ciência e Tecnologia. Os recursos foram destinados a 11 editais e resoluções ofertados pela Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Amazonas (Fapeam). 

Cinco programas lançados são inéditos; três exclusivos para pesquisadores do interior do estado; e os demais atendem à formação de recursos humanos em alto nível, popularização e difusão da ciência, e para estimular uma maior participação de cientistas mulheres na coordenação de projetos de pesquisa.  

No ano em que a Fapeam comemora 20 anos, o primeiro bloco de editais foi lançado no fim de janeiro, um investimento inicial de R$ 63.845.000,00.

Na área de formação de recursos humanos foram anunciados o Programa Ciência na Escola (PCE), Programa de Apoio à Iniciação Científica (Paic) e o Programa Institucional de Apoio à Pós-Graduação Stricto Sensu (Posgrad), com 5.157 bolsas ofertadas para professores e estudantes da educação básica, alunos de graduação, de mestrado e doutorado.  

Outra linha de ação contemplada foi a de popularização da ciência, foram disponibilizados recursos para o Programa de Apoio à Realização de Eventos Científicos e Tecnológicos no Estado do Amazonas (Parev), e para o Programa de Apoio à Popularização da Ciência, Tecnologia e Inovação (POP CT&I). 

Receba notícias do RT1 em primeira mão
quero receber no Whataspp
Quero receber no Facebook
Quero receber no Instagram

Além disso, seguindo a orientação do governador Wilson Lima, a Fapeam tem colaborado com a fixação de pesquisadores no interior do estado, por meio da oferta de editais exclusivos para os municípios.

Dentre os primeiros editais disponibilizados foram anunciados o Programa de Apoio à Interiorização em Pesquisa e Inovação Tecnológica no Amazonas (Painter-Infra-CT&I), para apoiar infraestrutura de laboratórios no interior e, editais inéditos para cientistas mulheres dessas localidades, além do Programa Universal Fapeam 20 anos para todo o estado.  

Recorde de inscrições  

Os editais do PCE, Painter-Infra-CT&I, Universal Fapeam 20 anos, Parev e POP CT&I tiveram um crescimento expressivo no número de submissões de projetos, que varia de 22% a 83%, em relação ao ano passado.

No último quadriênio, o ranking de inscrições ao PCE aumentou sucessivamente, em 2019 foram submetidas 767; 2020 com 912 propostas; 2021 o Programa contabilizou 1.088 inscrições, e 2022 com 1.811 projetos inscritos.  

A edição 2023 do PCE obteve 2.213 projetos submetidos por professores da educação básica da capital e de mais 43 municípios do Amazonas. 

Investimentos e Resultados 

Ainda em janeiro, o governador Wilson Lima lançou o primeiro volume do Portfólio de Investimentos e Resultados de Pesquisas do Amazonas.

O documento inédito reúne indicadores e impactos alcançados por 50 projetos de pesquisas amparados pela Fapeam e finalizadas entre 2020 e 2022.  

O Portfólio visa popularizar e difundir conclusões de pesquisas científicas – básicas e aplicadas, tecnológicas e inovadoras, fomentadas com recursos públicos do tesouro estadual.

A Fapeam já prepara a segunda edição do material previsto para ser lançado em julho. 

A primeira edição está disponível no site da Fapeam em www.fapeam.am.gov.br 

Movimento Mulheres e Meninas na Ciência 

Estimular o protagonismo de cientistas mulheres é um dos compromissos da Fapeam, assim como uma ação definida no Plano Plurianual do Amazonas (PPA 2020-2023).

Neste sentido, a Fapeam lançou no dia 10 de fevereiro as atividades do Movimento Mulheres e Meninas na Ciência 2023 com a apresentação “Café com Elas”, que contou com a participação de pesquisadoras e gestoras de instituições de ensino e pesquisa e de instituições públicas do Amazonas. 

Na ocasião, a Fundação anunciou editais inéditos destinados a estimular a liderança de mulheres na ciência, tecnologia e inovação.

Esses novos editais totalizam R$ 5.144.000,00, distribuídos entre os seguintes editais: Programa de Empreendedorismo Feminino em CT&I; Programa Mulheres +Stem, para todo o Amazonas; Programa de Desenvolvimento e de Inovação para Educação Básica (Prodeb/Inter Mulheres e Meninas na Ciência/Fapeam), e Programa de Apoio a Pesquisas Desenvolvidas por Mulheres no Setor Primário (Agromulher/Inter), os dois últimos exclusivos para pesquisadoras que atuam no interior do Estado.  

Conquistas 

Os seguidos investimentos do Governo Wilson Lima em formação de recursos humanos altamente qualificados têm refletido positivamente no cenário nacional, colocando o Amazonas consecutivamente como o estado que mais aplica com recursos do tesouro estadual em bolsas de estudo para mestrado e doutorado. 

Além disso, o estado é a segunda unidade federativa que mais investe em auxílio pesquisa. Os dados foram apresentados durante o Fórum do Conselho Nacional das Fundações Estaduais de Amparo à Pesquisa (Confap), em março, em São Paulo. 

Leia Mais:

COMPARTILHE