fbpx

quinta, 25 de fevereiro de 2021

Amazonas fecha 2020 com saldo positivo na geração de empregos

De acordo com dados do Caged, estado registrou saldo positivo de 10.205 novos postos de empregos formais no ano passado. Em contraste, números de dezembro registraram queda.

28 de janeiro de 2021

Compartilhe

A indústria foi o setor responsável por puxar a alta em 2020 (Foto: Reprodução)

Mesmo com a pandemia do coronavírus, o estado do Amazonas fechou o ano de 2020 com saldo positivo de 10.205 novos postos de empregos formais.

De acordo com dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), divulgado pelo Ministério do Trabalho, de janeiro a dezembro do ano passado, 156.990 trabalhadores foram admitidos em vagas com carteira assinada no estado.

Em contrapartida, houve 146.785 desligamentos no mesmo período.

O Polo Industrial de Manaus (PIM) foi o setor responsável por puxar a alta, com quase metade das novas admissões em 2020.

Pelos números com Caged, a indústria fechou o ano com saldo positivo de 4.748 postos formais de trabalho abertos (33.876 admissões e 29.128 demissões).

Da mesma forma, também registraram saldos positivos na geração de empregos os setores do comércio (+3.106), serviços (+1.866) e construção civil (+674).

O setor agropécuario foi o único a registrar saldo negativo de empregos formais em 2020, com -189 vagas.

Dezembro registrou quedas

Em contraste com os saldos positivos acumulados durante todo o ano passado, os números de dezembro registraram queda na geração de postos de trabalho no Amazonas.

Segundo o Caged, no último mês de 2020 o Amazonas apresentou saldo negativo de -1.250 empregos. Ainda segundo o Caged, foram 11.341 admissões formais contra 12.591 desligamentos.

A queda interrompe uma sequência de altas na geração de empregos no estado, que vinha sendo registrada desde julho.

Entre os setores, apenas o setor comercial, impulsionado pelas compras de fim de ano, teve saldo positivo de empregos, com 214 novos postos formais de trabalho abertos.

Em contrapartida, o setor de serviços foi o responsável pela maior parte das demissões registradas no mês, com saldo negativo de -624 empregos.

A agropecuária (-294), indústria (-277) e construção civil (-269) também registraram quedas.

Reportagem: Lucas Raposo

Leia mais:

Leia mais sobre Economia

Infraero vai viabilizar retomada de voos em aeroportos do Amazonas

A empresa foi contratada para fazer os estudos, projetos, obtenção de licenças, contratação e fiscalização de obras de melhorias nos aeroportos do Amazonas.

24 de fevereiro de 2021

Em três anos, Bolsonaro e Guedes acumulam ataques à Zona Franca

Desde 2019, além do polo de bicicletas, segmentos de concentrados e eletroeletrônicos do PIM também já foram ameaçados por decisões tomadas por Bolsonaro e Paulo Guedes.

24 de fevereiro de 2021

‘Desconhecimento’ de Guedes sobre Zona Franca surpreende indústria

Para Federação das Indústrias, o ministro Paulo Guedes não pode afirmar que desconhece a economia local, pois a Suframa é ligada à sua pasta.

24 de fevereiro de 2021

Receita libera programa da declaração do Imposto de Renda 2021

Programa de preenchimento e de entrega da declaração do Imposto de Renda Pessoa Física 2021 estará disponível a partir das 8h desta quinta-feira. Prazo vai até 30 de abril.

24 de fevereiro de 2021

Indústria de Manaus está otimista quanto a investimentos

Empresários valorizam o incremento no número de projetos e apostam na vacinação para reiterar o combate à pandemia e retomada da economia.

24 de fevereiro de 2021

Índice de Confiança do Consumidor registra alta em fevereiro

Melhoria da confiança pode estar vinculada ao início da campanha de vacinação contra a Covid-19 e à possibilidade de pagamento de novas parcelas do auxílio emergencial.

24 de fevereiro de 2021

Preocupação é manter empregos, diz Abraciclo sobre polo de bicicleta

Decisão do governo federal de reduzir, de 35% para 20% a alíquota do Imposto de Importação para bicicletas, inviabiliza a produção nacional.

23 de fevereiro de 2021

Reestruturação pode fechar agências do Banco do Brasil no Amazonas

Reestruturação foi barrada por liminar concedida pela Justiça do Maranhão. Decisão suspende o fechamento de agências em todo o país durante o período da pandemia da Covid-19.

23 de fevereiro de 2021