fbpx

terça, 21 de setembro de 2021

Vem mais aumento aí: conta de energia pode ficar 16,7% mais cara em 2022

Segundo a Aneel, reajuste seria necessário para cobrir os custos mais altos da geração de energia por termelétricas, que entraram em operação devido à crise hídrica no país.

17 de agosto de 2021

Compartilhe

Aneel diz que bandeira tarifária vermelha não cobre custos da geração de energia (Foto: Reprodução)

A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) estima um aumento de 16,68% nas contas de energia elétrica a partir de 2022. Os dados foram apresentados pelo superintendente de Gestão Tarifária da agência reguladora, Davi Antunes Lima, nesta segunda-feira (16), em audiência pública na Comissão de Legislação Participativa da Câmara dos Deputados.

De acordo com os cálculos preliminares da Aneel, o reajuste seria necessário para cobrir os custos mais altos da geração de energia por termelétricas, que entraram em operação devido à crise hídrica que atinge as principais hidrelétricas do país. Ainda segundo o diretor, os reajustes serão avaliados caso a caso e poderão ser diferentes para cada distribuidora de energia.

Lima ressaltou que a adoção da bandeira tarifária vermelha 2, em valor atualmente e que aumenta o preço da energia elétrica em R$ 9,49 a cada 100 quilowatts-hora, não cobre a totalidade desses gastos.

A alta do dólar também pesa no bolso dos consumidores de energia, já que todos os custos de operação de Itaipu, uma das maiores hidrelétricas do mundo em geração de energia, são cobrados em moeda americana.

Apesar dos aumentos nos custos da geração de energia, Lima afirmou que a meta da Agência é reduzir ao máximo os reajustes nas tarifas. “A meta que a Aneel tem este ano é buscar reajustes tarifários inferiores a dois dígitos”, disse.

Medidas para evitar o reajuste na energia

Para evitar uma disparada nos preços da conta de energia, a Aneel já avalia algumas medidas, entre elas a antecipação de recursos decorrentes da privatização da Eletrobras, consigam reunir R$ 8,5 bilhões. Mesmo assim, segundo o diretor, o reajuste ainda deve permanecer acima dos dois dígitos.

“Com essas medidas adicionais, em vez dos 16,68% previstos para 2022, a gente ainda tem uma previsão de reajuste de 10,73%, mas estamos ainda estudando alternativas”, disse Lima.

Além disso, ações adotadas pela Câmara de Regras Excepcionais para Gestão Hidroenergética (CREG), comitê de crise criado pelo governo, prevêem um impacto entre R$ 2,4 bilhões e R$ 4,3 bilhões, segundo a Aneel.

Texto: Lucas Raposo

Leia Mais:

Leia mais sobre Economia & Negócios

Segunda prévia do IGP-M aponta variação de -0,58% em setembro

O resultado mensal de setembro é o primeiro com variação negativa desde fevereiro de 2020. Dois dos três indicadores que compõem o IGP-M exibiram variação menor no mês.

20 de setembro de 2021

Manaus recebe 4ª edição da Feira Internacional da Gastronomia Amazônica

FIGA acontecerá em outubro, com objetivo de promover o intercâmbio entre chefs regionais, nacionais e internacionais e divulgar a Gastronomia Amazônica para diversos países.

20 de setembro de 2021

Estado arrecadou R$9,2 bi e cresceu 13,4% no ano, segundo Sefaz

Amazonas arrecadou mais de R$1,1 bi em agosto. Número representa crescimento de 1,75% em relação a agosto de 2020. Enquanto de janeiro a agosto o crescimento foi de 13,4%.

20 de setembro de 2021

A Importância da ZFM é tema do projeto Diálogos Amazônicos desta segunda

Participam do debate o reitor da Universidade do Estado do Amazonas, Cleinaldo Costa; e Juliano Assunção, professor da PUC-Rio e diretor do Climate Policy Initiative no país.

20 de setembro de 2021

EUA liberam a entrada de estrangeiros totalmente vacinados contra Covid-19

Medida entra em vigor a partir de novembro e vale para todos os países, incluindo o Brasil. Turistas terão que comprovar que estão completamente imunizados contra a doença.

20 de setembro de 2021

Governadores negam influência do ICMS na alta dos combustíveis

De acordo com nota assinada por 20 governadores, "nos últimos 12 meses, o preço da gasolina registrou um aumento superior a 40%, embora nenhum Estado tenha aumentado o ICMS".

20 de setembro de 2021

Vagas em home office: veja seleção de oportunidades para trabalhar de casa

Foram elencadas mais de 15 empresas que dispõem de vagas para quem quer garantir renda sem sair de casa. Na pandemia, home office ganhou destaque.

20 de setembro de 2021

Ministro do Desenvolvimento promete investir R$ 7 bi em mobilidade

Segundo Rogério Marinho, o transporte público é a alternativa mais importante para o deslocamento de pessoas. Afirmação foi dada durante abertura da Semana da Mobilidade.

20 de setembro de 2021