fbpx

quinta, 30 de junho de 2022

STF valida Lei do AM que iguala salários de escrevente com o de analista

Para o STF, a lei amazonense não promoveu a transposição de servidores ou o provimento de cargos sem concurso público, apenas deu isonomia para categoria em extinção.

21 de maio de 2022

Compartilhe

Segundo o STF, a Lei reestruturou a remuneração em cargos em estinção (Foto: Divulgação/ABr)

O Plenário do Supremo Tribunal Federal (STF) manteve a validade de norma do Estado do Amazonas que garantiu aos ocupantes do cargo de escrevente juramentado, quadro em extinção do Poder Judiciário local, remuneração equivalente aos analistas judiciários II, desde que comprovem formação superior em Direito.

Na sessão virtual encerrada em 13 de maio, o colegiado, por maioria, julgou improcedente a Ação Direta de Inconstitucionalidade (ADI) 7089, seguindo o voto do relator, ministro Ricardo Lewandowski.

Na ação, o procurador-geral da República, Augusto Aras, questionava o artigo 49 da Lei estadual 3.226/2008, que dispõe sobre o Plano de Cargos, Carreira e Salários dos Servidores e Serventuários dos Órgãos do Poder Judiciário do Estado. Ele alegava que o dispositivo permitiria o provimento derivado de cargos de nível Superior, por meio da ascensão funcional de servidores admitidos por concurso público para cargo de nível médio. Em seu entendimento, essa situação ofenderia a regra constitucional do concurso público e o princípio da isonomia.

Em seu voto, o ministro Ricardo Lewandowski lembrou que a ascensão e a transposição não mais existem no ordenamento jurídico, por afrontar a regra do concurso público (artigo 37, inciso II, da Constituição Federal). Ressaltou que, nesse sentido, a Corte editou a Súmula Vinculante (SV) 43, segundo a qual “é inconstitucional toda modalidade de provimento que propicie ao servidor investir-se, sem prévia aprovação em concurso público destinado ao seu provimento, em cargo que não integra a carreira na qual anteriormente investido”.

Segundo o relator, no entanto, o artigo 49 da lei amazonense não promoveu a transposição de servidores ou o provimento de cargos sem concurso público, não se configurando a transformação do cargo de escrevente juramentado em analista judiciário.

Lewandowski citou a manifestação da Advocacia-Geral da União (AGU) no sentido de que a lei estadual, por exemplo, reclassificou os cargos de escrivão e oficial de justiça para nível superior, enquanto o de escrevente foi encaminhado para extinção. De acordo com a AGU, a lei simplesmente previu uma medida de isonomia em favor dos servidores ainda investidos no cargo em extinção, e ainda condicionou a paridade à obtenção de título superior.

Portanto, para o relator, o dispositivo questionado reestruturou a remuneração dos servidores, valendo-se do mesmo parâmetro utilizado para os que exercem atividades análogas, como oficial de justiça avaliador, leiloeiro e contador de foro.

O voto do relator foi seguido pelos ministros Gilmar Mendes, Alexandre de Moraes, Dias Toffoli, Edson Fachin, Nunes Marques e André Mendonça.

Com informações da Assessoria

Leia Mais:

Leia mais sobre Economia & Negócios

Concurso da Agência de Fomento do AM abre inscrições no dia 18 de julho

São ofertadas 30 vagas para nível superior neste certame, onde os salários chegam até R$ 6,5 mil. O edital já pode ser consultado hoje no site da comissão organizadora.

30 de junho de 2022

Conheça o Empresa Fácil, sistema que facilita abertura de empresas em Manaus

O Empresa Fácil coleta os dados necessários para o funcionamento da empresa pelo preenchimento de formulário eletrônico único, disponível na internet, pelo site da Jucea.

29 de junho de 2022

“Porta-voz da ZFM”, Daniella Consentino deverá presidir a Caixa

Braço direito de Paulo Guedes, Consetino deixa a Secretaria Especial de Produtividade, Emprego e Competitividade pouco mais de quatro meses após assumir a predidência.

29 de junho de 2022

PIM fecha primeiro quadrimestre com alta de 8,96% no faturamento

Entre janeiro e abril, o faturamento total do Polo Industrial de Manaus ficou em R$ 52,68 bilhões, o que representa alta de 8,96% em relação ao mesmo período de 2021.

29 de junho de 2022

Amazonas melhora índice e obtém nota A em transparência fiscal

O Amazonas está entre os Estados que tiraram nota A juntamente com Bahia, Espírito Santo, Goiás, Mato Grosso do Sul, Paraná, Pernambuco, Santa Catarina e Tocantins.

28 de junho de 2022

Programa de capacitação em tecnologia para mulheres tem inscrições abertas

Programa Santander Code Girls 2022, uma iniciativa do Santander Universidades, atende a mulheres que têm interesse na área de Tecnologia e desejam trabalhar com programação.

28 de junho de 2022

Postos já recebem gasolina com desconto de impostos federais

Desconto ainda é gradual, já que o repasse depende dos estoques das distribuidoras, mas o governo negocia com o setor uma alternativa para agilizar os cortes nos preços.

28 de junho de 2022

Estados fazem propostas no STF sobre o ICMS dos combustíveis

Governadores, secretários de fazenda e representantes da União participaram de audiência de conciliação marcada por Gilmar Mendes do STF para tratar dos combustíveis.

28 de junho de 2022