fbpx

domingo, 24 de outubro de 2021

Sindarma: BR dos Rios trará fluidez e competitividade à navegação

Programa tem o objetivo de tornar a navegação mais eficiente e segura. No Amazonas, a iniciativa trará adequações às extensões dos rios Madeira e Tapajós.

21 de maio de 2021

Compartilhe

Sindarma é favorável ao BR dos Rios. (Foto: Reprodução)

Em fase de planejamento por parte do Ministério da Infraestrutura, o programa BR dos Rios, caso implementado, poderá viabilizar maior fluidez no transporte fluvial de cargas, impulsionando a competitividade do segmento no estado. A avaliação é do Sindicato das Empresas de Navegação Fluvial no Estado do Amazonas (Sindarma).

O diretor do Sindarma, Dodó Carvalho, explica que o programa deverá ser implementado posteriormente ao BR do Mar, programa de incentivo à cabotagem, em tramitação por meio do Projeto de Lei 4199/2020 e que aguarda a apreciação pelo Senado Federal.

Segundo Carvalho, o BR dos Rios tem o objetivo de tornar a navegação mais eficiente e segura. Ele explica que por meio do programa, o governo federal dará concessões a empresas que serão responsáveis por contratar dragas (equipamentos para remoção de solo, sedimentos dos fundos dos rios), e sinalizar a extensão dos rios.

“No Amazonas o programa vai atender aos rios Madeira e Tapajós. A proposta é torná-los mais eficientes e para isso é necessário ter remuneração e quem vai remunerar é que está em discussão”, informa o diretor.

“Não considero que seja uma privatização porque a empresa será incumbida de garantir segurança e a fluidez no transporte e para isso, precisa contratar serviços. O pagamento é necessário. Com certeza haverá redução no índice de assaltos às embarcações”, completou.

Sem ônus ao frete e ao ribeirinho

De acordo com o diretor, o ribeirinho não será afetado, em caso de implementação do programa. O morador do interior do estado poderá continuar navegando sem qualquer ônus.

“Para o ribeirinho não muda nada. Mas os transportadores de grandes volumes de cargas precisarão se adequar às normas”.

O valor do frete também não será impactado, segundo Carvalho, porque as embarcações navegarão com maior rapidez, em menor tempo de percurso.  

“A navegação terá mais eficiência e seremos mais competitivos”.

O Ministério da Infraestrutura se restringiu em informar que “o programa BR dos Rios está em fase de planejamento e que, no momento, não há qualquer tratativa definida sobre o assunto”.

Texto: Priscila Caldas

Leia Mais:

Leia mais sobre Economia & Negócios

Suframa prevê investimentos de R$ 7,9 bilhões e 1,4 mil novos empregos

A diversificação da produção de motocicletas elétricas, que deve gerar 218 novos postos de trabalho e investimentos de R$ 54 milhões, foi apresentada na reunião.

24 de outubro de 2021

Selos Brasileiros são criados para identidade única das Indicações Geográficas

Criação dos Selos é uma iniciativa liderada pelo Ministério da Economia/INPI, em parceria com o Sebrae e o Ministério da Agricultura, que irá agregar valor aos produtos.

23 de outubro de 2021

AM é líder em investimento em recursos humanos altamente qualificados

Com recursos de mais R$ 100 milhões, Programa de Apoio à Pós-Graduação Stricto Sensu, da Fapeam, investe na formação de recursos humanos altamente qualificados no estado.

23 de outubro de 2021

Amazonas teve a pior taxa de sobrevivência de empresas do país em 2019

Em 2019, só 16,3% das unidades locais de empresas do Amazonas seguiam ativas após dez anos de existência. Na Região Norte, a taxa de sobrevivência das unidades era de 19,0%.

23 de outubro de 2021

Supermercados cresceram 25% com retomada de projetos em 2021

Levantamento da Geofusion aponta para uma possível recuperação no ritmo de expansão dos supermercados. Projetos interrompidos por conta da pandemia foram retomados.

23 de outubro de 2021

Guedes minimiza exoneração de secretários e diz que saída é ‘natural’

Saída de quatro secretários da pasta aconteceu após manobra do governo federal para furar o teto de gastos e garantir o benefício de R$ 400 para o Auxílio Brasil.

22 de outubro de 2021

Contas externas têm déficit de US$ 1,7 bilhão em setembro, diz Banco Central

Em 12 meses, o déficit em transações correntes é de US$ 20,702 bilhões, 1,3% do Produto Interno Bruto, ante o saldo negativo de US$ 19,349 bilhões em setembro de 2021.

22 de outubro de 2021

Voltz Motors iniciará operações no PIM em dezembro

Fabricante de motos elétricas pretende reduzir o volume de importação a partir do adensamento da cadeia produtiva local. A expansão conta com investimentos de R$54 milhões.

22 de outubro de 2021