fbpx

quarta, 22 de setembro de 2021

Reforma do IR é “barulho sem mudar nada”, diz ex-chefe da Febraban

O presidente da Câmara, Arthur Lira, disse que o texto será votado depois do recesso parlamentar. Para Troster, o projeto em discussão no Congresso prejudica os mais pobres.

17 de julho de 2021

Compartilhe

Congresso analisa proposta para mudar regras na cobrança do Imposto de Renda (Foto: Reprodução)

O economista Roberto Luis Troster diz acreditar que o Brasil está perdendo uma grande oportunidade de realizar mudanças significativas com a reforma do Imposto de Renda. O ex-economista-chefe da Federação Brasileira de Bancos (Febraban) afirma que há muito “barulho sem mudar nada”.

Troster concedeu entrevista ao jornal O Estado de S. Paulopublicada neste sábado (17), para falar do lançamento do livro “O Direito Como Instrumento de Política Econômica”, escrito em conjuntos com seus alunos do Cedes (Centro de Estudos de Direito Econômico e Social).

“Uma grande falha do quadro institucional do Brasil é que ele é obsoleto, você não atualiza regras”, disse. “A legislação cambial do Brasil é da década de 1930, e a única coisa que querem mudar são algumas regras, em vez de reformar o sistema como um todo.”

Ele diz não haver muitas mudanças na reforma do Imposto de Renda. “Os mais ricos continuam pagando proporcionalmente menos impostos que os pobres”, afirma.

“Em vez de o empresariado pensar no melhor para o Brasil, eles querem que o setor deles não seja tributado e querem manter privilégios. Todo mundo diz que pode mudar tudo, ‘menos o meu’”, continua.

“Estamos desperdiçando tempo. A guerra fiscal também continua, os múltiplos impostos continuam. Estamos patinando na questão tributária, não estamos fazendo a reforma que poderíamos fazer. Uma das propostas no livro [lançado por ele] é indexar o Imposto de Renda ao salário mínimo, já que a tabela não é reajustada (sempre), e depois fazer as alíquotas conforme o salário mínimo.”

O Congresso analisa proposta enviada pelo Ministério da Economia para mudar regras na cobrança do Imposto de Renda. Na terça-feira (13), o relator do texto, deputado Celso Sabino (PSDB-PA), apresentou um substitutivo –proposta baseada no projeto original que vai efetivamente a votação.

O presidente da Câmara, Arthur Lira (PP-AL), disse o texto será votado em agosto, depois do recesso parlamentar. Para Troster, o projeto em discussão no Congresso prejudica os mais pobres.

“Quem vive de juros não pagava imposto em algumas aplicações. Agora, o máximo que ele vai pagar de alíquota é 20%. Agora, se você é assalariado, paga 27,5%. Faz sentido quem vive de juros pagar menos?”, questiona.

Do Poder 360

Leia Mais:

Leia mais sobre Economia & Negócios

Produção agrícola em 2020 bate novo recorde e atinge R$ 470,5 bilhões

Produção agrícola nacional de cereais, leguminosas e oleaginosas chegou, no ano passado, a 255,4 milhões de toneladas, 5% maior que a de 2019, segundo dados do IBGE.

22 de setembro de 2021

Proposta do autoatendimento em postos tramitará em urgência no dia 26

A MP recebeu proposta de 73 emendas ao texto-base, dentre elas, a que propõe a implantação de bombas de autoatendimento nos postos de combustíveis.

22 de setembro de 2021

Argentina vai permitir a entrada de brasileiros vacinados

Para ingressar no país será necessário comprovar o esquema de vacinação contra Covid-19 completo há ao menos 14 dias, e ter testado negativo para a doença antes do ingresso.

21 de setembro de 2021

Produção nacional de aço tem aumento de 2,92% em agosto, diz Instituto

Com este aumento, os níveis de produção do aço no país seguem elevados, acima de 8 milhões de toneladas por mês durante todo o ano de 2021, com exceção do mês de março.

21 de setembro de 2021

Manaus Previdência lança edital para concurso; salários chegam a R$ 12,4 mil

A vigência do concurso será de dois anos, a partir da data de homologação do resultado final, sendo prorrogável por mais dois anos.

21 de setembro de 2021

Bioeconomia é oportunidade para aperfeiçoar atividades públicas e privadas

Com ajuda do Centro de Biotecnologia da Amazônia (CBA), representantes dos setores público e privado veem na bioeconomia amazônica, potencial para avançar em suas atividades.

21 de setembro de 2021

Fab Lab cria projetos de fomento à inserção feminina na tecnologia

Nos cursos, ofertados pela instituição, as mulheres têm acesso a conteúdos como: robótica, realidade virtual, modelagem 2D e 3D, eletrônica, marcenaria, IOT, entre outros.

21 de setembro de 2021

Confederação do Comércio: confiança do diminui 0,4% em setembro

Para o presidente da CNC, José Roberto Tadros, os dados reforçam a ideia de recuperação, mas ainda há muitos desafios para serem enfrentados para a retomada da economia.

21 de setembro de 2021