fbpx

quarta, 17 de agosto de 2022

Novo salário mínimo gera mudanças em valores de benefícios socioassistenciais

Com o reajuste de 10,18%, benefícios como o Cadastro Único (CadÚnico) e o Benefício de Prestação Continuada (BPC) também passam a atender com novos valores.

5 de janeiro de 2022

Compartilhe

Em Manaus, são 281.615 famílias inscritas no CadÚnico (Foto: Reprodução)

Começou a valer desde o dia 1º de janeiro de 2022 o novo valor do salário mínimo, reajustado de R$ 1.100 para R$ 1.212, representando um aumento de 10,18%. Com o reajuste, benefícios socioassistenciais que usam o piso nacional como referência, como o Cadastro Único (CadÚnico) e o Benefício de Prestação Continuada (BPC) também passam a atender com novos valores.

O Cadastro Único para Programas Sociais reúne informações socioeconômicas das famílias brasileiras de baixa renda e essas informações permitem ao governo conhecer as reais condições de vida da população e, com isso, selecionar as famílias para diversos programas sociais como Auxílio Brasil, tarifa social de água e energia elétrica, BPC e vale-gás.

Com o reajuste do salário mínimo, a inscrição no CadÚnico passa a ser permitida para as famílias que tenham renda mensal de até meio salário mínimo por pessoa, ou seja R$ 606; renda mensal familiar total de até três salários mínimos, ou seja R$ 3.636; ou renda maior que três salários mínimos, desde que o cadastramento esteja vinculado à inclusão em programas sociais nas três esferas do governo.

Em Manaus, o cadastro e programas sociais são operados pela Secretaria Municipal da Mulher, Assistência Social e Cidadania (Semasc) e, segundo a base de dados do Governo Federal, na capital amazonense são 281.615 famílias inscritas no CadÚnico.

O BPC, destinado a idosos e Pessoas com Deficiência (PcDs) de baixa renda, paga mensalmente um salário mínimo para idosos a partir de 65 anos e PcDs de qualquer idade que comprovem não ter meios próprios de prover o seu sustento nem auxílio da família. Assim, o valor do benefício passará para R$ 1.212 já neste mês.

Para ter direito ao BPC é preciso que a renda per capita seja entre ¼ e meio salário mínimo. Com o reajuste, os valores passam a ser entre R$ 303 e R$ 606.

Com informações da assessoria

Leia Mais:

Leia mais sobre Economia & Negócios

Instituto de Desenvolvimento Tecnológico abre Curso de Programação Python

Além dessa capacitação, o ITT também irá disponibilizar dois novos cursos: o de Inteligência Artificial e o de Especialização em 5G, inéditos em Manaus.

16 de agosto de 2022

Novo decreto do IPI poderá tirar R$ 8 bilhões/ano do Amazonas

Informações de bastidores dão conta de que novo decreto será publicado nesta semana, preservando 95% de itens da ZFM. Mas os 5% restantes podem representar R$ 8 bi em perdas.

16 de agosto de 2022

Prefeitura de Manaus publica resultado final do concurso da Semsa

Prefeitura divulgou resultado final do concurso que ainda precisa ser homologado, mas já pode ser consultado nos sites da Semsa e FGV.

15 de agosto de 2022

Lei prevê ressarcir clientes por queda no sinal de TV paga e internet

Segundo a Lei sancionada pelo Governo do Amazonas, cliente com interrupção do sinal de TV e internet tem direito à compensação por abatimento ou ressarcimento.

15 de agosto de 2022

Afeam encerra nesta terça inscrição para concurso com salário de até R$ 6 mil

Concurso público da Afeam recebe inscrições até às 22h desta terça, para candidatos de nível Superior em diversas áreas e com salários que chegam a R$ 6,5 mil.

15 de agosto de 2022

Mulheres acima dos 45 anos vão ser capacitadas para empreenderem

As inscrições vão até o dia 30 de setembro e mulheres de todos os estados do país podem se candidatar. O curso tem duração de seis meses.

15 de agosto de 2022

INDT: ‘Cada emprego gerado em tecnologia cria outros 6 indiretos’

Em entrevista à TV RealTime1, o diretor-presidente do INDT, Geraldo Feitoza, desmistificou a ideia de que o avanço da tecnologia contribuirá com o aumento do desemprego.

15 de agosto de 2022

Projeção de inflação para 2022 cai pela sétima semana consecutiva

Boletim Focus divulgado hoje projeta alta de 7,02% no Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) em 2022. Há uma semana, o IPCA estava projetado em 7,11%.

15 de agosto de 2022