fbpx

terça, 07 de dezembro de 2021

Manaus é sede do primeiro encontro do Fórum Global da Nova Economia

Entre os temas debatidos no evento estão: acordos comerciais entre Mercosul e União Europeia, novo sistema financeiro, potencial agroambiental dos países, entre outros.

22 de novembro de 2021

Compartilhe

Fórum acontece nos moldes do Fórum Econômico Mundial (Foto: Divulgação)

Foi aberto na manhã desta segunda-feira (22), em Manaus, a primeira edição do Global New Economy Forum (Fórum Global da Nova Economia), que acontece entre os dias 22 e 24 de novembro de 2021, tendo a capital do Amazonas como a sede.

O Fórum acontece nos moldes do Fórum Econômico Mundial (WEF – sigla em Inglês), de Davos, na Suíça, mas voltado aos temas da nova economia pós-pandemia.

O objetivo do Fórum é debater as bases da Nova Economia Mundial Pós-Covid-19, em áreas como: Governança Ambiental, Social e Corporativa, Sustentabilidade, Economia Verde, Energias Renováveis, Segurança Alimentar, Produção de Alimentos, Produção de Vacinas, além da agenda do Mercado Financeiro.

A abertura do evento contou com a participação do governador do Amazonas, Wilson Lima, via vídeo, que deu as boas-vindas aos representantes dos 32 países participantes.

“Para nós, a realização do Fórum no Amazonas é simbólica. Somos o estado que concentra a maior parcela preservada da Amazônia. E por esta razão, temos potencial incomparável para sermos referência no desenvolvimento econômico sustentável, com políticas ambientais e sociais complementares e bem definidas”, destacou Lima.     

O governador do Amazonas reforçou ainda o cenário que foi imposto para a economia em função da pandemia provocada pelo novo coronavírus.

“Entendemos que estas políticas são pilares indissociáveis da nova economia, sobretudo para o cenário mundial pós-Covid, que é um dos temas centrais deste Fórum. A pandemia impôs desafios ainda maiores para o desenvolvimento sustentável.

São desafios que exigem de todos nós, Governo e sociedade como um todo, um compromisso efetivo com modelos de desenvolvimento que promovam a retomada da economia em bases sustentáveis e, principalmente, que estejam pautados no combate à pobreza, garantindo a segurança alimentar e o bem-estar social’, pontuou o governador.

Sustentabilidade e clima

O secretário da Sedecti Jório Veiga, destacou a relevância do evento para o Amazonas com o debate de pautas de grande relevância baseadas na sustentabilidade e no clima.

“O Fórum trata sobre a retomada do desenvolvimento econômico de forma sustentável nesse período pós-pandemia e, para isso, acontece este encontro aqui em Manaus, onde o evento deverá acontecer anualmente. São pessoas de vários países, reunidas tentando colaborar para a construção de oportunidades de crescimento de forma sustentável, levando em consideração a questão tanto da sustentabilidade, quanto da proteção ao clima”, frisou Veiga.

Fórum Global da Nova Economia

Dentre os temas que são debatidos no Fórum, estão: acordos comerciais entre Mercosul e União Europeia, o novo sistema financeiro, o potencial agroambiental dos países, cidades inteligentes, financiamento da economia verde, liderança feminina e novos parques de produção de medicamentos/vacinas.

O Fórum da Nova Economia é organizado pelo chairman e jornalista Victor Borges e conta com a participação do vice-presidente da Fundação Centro de Estudos do Exterior (Funcex), Miguel Antônio Von Rechberg Lins.

“O Brasil tem um papel fundamental nessa agenda pós-pandemia e de sustentabilidade. Junto com os países convidados, trataremos as bases da Nova Economia Mundial que surge após a Covid-19″, disse Victor Borges.

O Fórum também tem como metas mostrar o que os países e as empresas estão fazendo para tornar o mundo mais sustentável e o comprometimento com a diversidade cultural, com os refugiados e com a garantia de acesso à geração de riquezas e oportunidades de crescimento para todos.

As informações sobre o Global New Economy Forum, programação e palestrantes podem ser acessadas no site www.gneforum.org.

Leia mais:

Leia mais sobre Economia & Negócios

Construtora inscreve pessoas negras para programa nacional de trainee

O objetivo é promover maior equidade de oportunidades no ambiente corporativo - especialmente no que se refere à ocupação de cargos de liderança.

6 de dezembro de 2021

Fluxo no transporte hidroviário intermunicipal aumenta 21% em novembro

Em novembro, 87.657 pessoas utilizaram embarcações, com saída dos postos de fiscalização da Arsepam em Manaus, para outros municípios do estado. Em outubro, foram 72.288.

6 de dezembro de 2021

Saques em poupança superam depósitos em R$ 12,37 bilhões

De janeiro a novembro, foi registada retirada líquida de R$ 43,157 bilhões. Em 2020, a poupança captou R$ 166,31 bilhões em recursos, o maior valor anual da série histórica.

6 de dezembro de 2021

Brasil lança oficialmente os selos nacionais de Indicações Geográficas

Selos nacionais de Indicação de Procedência ou Denominação de Origem serão lançados oficialmente no IV Evento Internacional de Indicações Geográficas e Marcas Coletivas.

6 de dezembro de 2021

Banco do Brasil realiza mutirão para renegociação de dívidas

Mutirão de negociação de dívidas começa nesta segunda-feira (6) vai até o dia 17 de dezembro, com descontos de até 95% para pagamento à vista das dívidas vencidas.

6 de dezembro de 2021

INSS divulga calendário de pagamentos para 2022; confira

Os depósitos para 36 milhões de beneficiários seguirão a sequência de anos anteriores, com um calendário para quem recebe um salário mínimo e outro para quem ganha mais.

6 de dezembro de 2021

Mais de 2 mil bolsas de pós-graduação são disponibilizadas em Manaus

As inscrições para as bolsas de estudo de 100%, 70% e 50% seguem até o dia 28 de janeiro. A primeira chamada dos selecionados acontece no dia 1º de fevereiro de 2022.

6 de dezembro de 2021

Cartões chegam ao Juruá: auxílio injetará R$ 4,8 milhões/ano em Eirunepé

Com o benefício mensal no valor de R$ 150, a estimativa é de que aproximadamente R$ 400.950 sejam injetados na economia da cidade, mensalmente.

6 de dezembro de 2021