fbpx

sábado, 28 de maio de 2022

Jovens buscam independência financeira no empreendedorismo

Seja no segmento comercial, tecnológico, ou nas áreas diversas, eles investem no negócio próprio para alcançar a sonhada independência financeira e autonomia no trabalho

13 de abril de 2022

Compartilhe

Davi Portelinha, iniciou o negócio próprio aos 19 anos (Foto: Divulgação/Curumim Store)

Em um período de elevadas taxas de desemprego e de fragilização no mercado de trabalho, é cada vez mais comum o ingresso do público jovem no ramo do empreendedorismo. Seja no segmento comercial, tecnológico, ou nas áreas diversas, os mais novos investem no negócio próprio para alcançar a sonhada independência financeira, a autonomia no trabalho e a fuga do desemprego.

Um levantamento da Globo mostra que 24% dos jovens das classes A, B e C com até 30 anos são empreendedores e 60% querem ter um negócio próprio no futuro. Ao mesmo tempo, dados da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílio (Pnad), divulgados em fevereiro deste ano e com base na RAIS 2020, apontam que, em função da pandemia, a taxa de desemprego ficou em torno de 40% para jovens com idade entre 14 a 17 anos e em 25,7% para aqueles de 18 a 24 anos.

A média da taxa de desemprego para a população ativa em geral é de 12,6%.

Aos 19 anos de idade o empreendedor, Davi Portelinha, iniciou o negócio próprio chamado Curumim Store com vendas de capas para celular. Ele relata que anunciava os produtos por meio das redes e, inicialmente, ele mesmo fazia as entregas ao cliente. O negócio deu certo e após oito meses ele decidiu criar uma loja física dando continuidade à venda de capas e também de acessórios para os telefones.

Em março deste ano a loja física completou o primeiro ano de operação e já conta com maior estrutura de colaboradores, composta por: vendedor, entregador, gestor de tráfego e estrategista digital, e fotógrafo. Além de Portelinha que administra o empreendimento.

“A maior barreira enfrentada foi vencer a discordância das pessoas em relação ao empreendedorismo, que defendem que empreender é arriscado e que o caminho ‘ideal’ para o jovem traçar é o da conclusão da faculdade e logo após, o negócio próprio. Convenci as pessoas e hoje entendo que os riscos, as crises e momentos de baixa são mais importantes do que os acertos porque nos fazem evoluir e aprender”, relatou o jovem, que hoje tem 21 anos de idade.

“As redes sociais permitem que consigamos vender muito mais rápido e isso é importante para o negócio”, completou.

Marcelo Cursino investiu na criação da Startup Pelas Águas (Foto: Divulgação)

Jovem investiu em startup

O empreendedor Marcelo Cursino tem 22 anos e é filho de dois economistas. Ele conta que desde a infância os pais o ensinaram sobre gestão financeira, o incentivando a adotar práticas rentáveis no seu dia a dia.

O jovem afirma que cresceu vivenciando o empreendedorismo e no último ano, junto a três amigos universitários investiram na criação da startup Pelas Águas. A startup mapeia preços de passagens para o transporte fluvial ofertados por agências de viagens e mostra ao cliente o valor mais acessível ao destino buscado.

Os jovens residem no município de Parintins e precisam vir a Manaus constantemente para frequentar a faculdade. Os universitários perceberam que as agências de viagens cobravam diferentes valores para um mesmo destino solicitado, foi quando surgiu a ideia de criar um mecanismo para descobrir o menor valor cobrado para uma cidade de destino.

O negócio deu certo e até o final de junho Cursino afirma que a equipe lançará a plataforma Pelas Águas.

“Estamos trabalhando uma plataforma que deverá ser lançada até junho, antes do festival de Parintins, junto com a Samsung Ocean. Temos muito trabalho pela frente para convencer as empresas do transporte fluvial a disponibilizarem a venda das passagens por meio eletrônico, deixando o processo manual adotado hoje”, disse.

“O empreendedorismo é válido para adquirir experiencia. Adoto como filosofia de vida que devemos aproveitar as oportunidades”, completou.

Texto: Priscila Caldas

Leia Mais:

Leia mais sobre Economia & Negócios

Saiba avaliar os custos envolvidos na compra da casa própria

Os gastos com a casa própria vão além do financiamento e precisam constar do planejamento, incluindo os gastos fixos mensais com água, luz, gás e internet.

28 de maio de 2022

Em Manaus, empresa oferta vagas de emprego na área da Segurança

A empresa não recebe currículos por e-mail ou contato telefônico e a candidatura é feita somente online, por meio de um perfil na rede social LinkedIn.

28 de maio de 2022

Fapeam inscreve propostas de CT&I em editais de R$ 25 milhões

Sete editais da Fapeam buscam o desenvolvimento de diversas cadeias produtivas do Estado com incremento da Ciência, Tecnologia e Inovação e recursos que somam R$ 25 milhões.

27 de maio de 2022

Programa Manaus + Agro contempla 70 produtores no ramal do Brasileirinho

Produtores rurais da região receberam alevinos, sementes e kits de agricultura familiar. Além disso, foram entregues 10 toneladas de ração para avicultores e piscicultores.

27 de maio de 2022

Ipea: Uma a cada quatro pessoas poderia trabalhar remotamente

Maioria dos trabalhadores que poderiam exercer atividades remotas é mulher (58,3%); branca (60%); com nível superior completo (62,6%); e tem idade entre 20 e 49 anos (71,8%).

27 de maio de 2022

Fundador do Grupo Digitron, Sung Un Song é o Industrial do Ano 2022

Título será concedido nesta sexta pela Fieam. Também serão homenageados os industriais Irani Bertolini e Gilberto Novaes e a empresa maior exportadora de 2021, a Recofarma.

27 de maio de 2022

Havan inaugura primeira megaloja em Manaus no dia 25 de junho

Nova Havan estará em anexo ao Shopping Manaus Via Norte. De acordo com a rede varejista, serão geradas 150 novas vagas de emprego diretos e cerca de 650 indiretos na capital.

27 de maio de 2022

5G poderá ser o ‘divisor de águas’ para a indústria do PIM, avalia Cieam

Segundo avaliação de representantes do setor, a nova tecnologia, caso implantada de forma satisfatória, poderá proporcionar agilidade ao processo produtivo, ao operacional.

27 de maio de 2022