fbpx

domingo, 05 de dezembro de 2021

Governo fortalece cadeia produtiva de Castanha-do-Brasil no interior

Secretário de Produção Rural, Petrucio Magalhães, reuniu com o presidente da agroindústria Abufari, de Tapauá, e com a presidente da Associação dos Agropecuários de Beruri.

19 de março de 2021

Compartilhe

Reunião aconteceu nesta quinta-feira (18) (Foto: Divulgação/Sepror)

O secretário de Estado de Produção Rural do Amazonas (Sepror), Petrucio Magalhães Júnior, se reuniu nesta quinta-feira (19) com o presidente da agroindústria Abufari, de Tapauá, Leonardo Baudissera, e com a presidente da Associação dos Agropecuários de Beruri (Assoab), Sandra Amud, para alinhar tratativas referentes à Safra da Castanha em 2021.

Não ocasião, o representante da Abufari mencionou a importância de buscar junto ao governo, melhores condições de escoamento do produto.

“Essa reunião foi importante no sentido de formatar ainda mais a cooperação da iniciativa privada e das agroindústrias com o Governo do Estado, para fortalecer a cadeia da castanha no estado do Amazonas e criar uma condição que possa possibilitar e beneficiar não só os usineiros ou as agroindústrias, mas também o Governo do Estado, os ribeirinhos e as pessoas que trabalham com a castanha”, afirmou o empresário.

A presidente da Assoab mencionou que a reunião serviu para fazer o fortalecimento da cadeia produtiva da castanha, com as agroindústrias comunitárias e iniciativas privadas, junto com o Governo do Estado.

“Construirmos esse fortalecimento entre usina, estado e comunidades é muito importante para os produtores de castanha”, disse Sandra.
 
O secretário Petrucio Magalhães Júnior, destacou  que uma nova reunião virtual foi agendada com as lideranças de Tapauá e Beruri, além de outros municípios que tem potencial produtivo para dar início a essa jornada de fortalecimento da cadeia.

“A pandemia acabou atrapalhando nosso plano de buscar reunir as lideranças das agroindústrias, associações e cooperativas dos castanheiros, para um debate amplo visando a organização da cadeia produtiva que vai do fomento a novos mercados”, afirmou o secretário.

Leia mais:

Leia mais sobre Economia & Negócios

Tecnologia usa robôs para cumprir funções administrativas nas empresas

Automação Robótica de Processos é uma ferramenta que usa robôs na execução de tarefas simples, como fazer pedidos ou emitir notas fiscais, hoje realizadas por humanos.

4 de dezembro de 2021

Inteligência Artificial e Vídeo Analytics otimizam atendimento e serviços

Ferramenta on-line transforma imagens em informações, consegue mapear trajeto de consumidores em empresas e identificar quais produtos mais chamaram a atenção do cliente.

4 de dezembro de 2021

Confira a programação para a 3ª Feira do Polo Digital de Manaus

A feira, que tem entrada gratuita, acontecerá entre os dias 9 e 11/12, de forma híbrida – on-line e presencial, no Centro de Convenções do Amazonas - Vasco Vasques.

4 de dezembro de 2021

Luiza Trajano é uma das 25 mulheres mais influentes de 2021

Empresária e presidente do conselho do Magazine Luiza, ela é a única brasileira na lista das 25 mulheres mais influentes de 2021 do jornal britânico Financial Times.

3 de dezembro de 2021

Super Nova Era completa 10 anos e já planeja abertura de novas lojas

Novas unidades previstas para o próximo ano fazem parte do plano de expansão da rede e seguem dentro do mesmo conceito que tornou o Super Nova Era uma referência na região.

3 de dezembro de 2021

Indicador de produtividade da indústria cai 1,3%, no 3º trimestre

Indicador que mede a relação entre o volume produzido e as horas trabalhadas na produção caiu 1,3% em relação ao segundo trimestre do ano, na série livre de efeitos sazonais.

3 de dezembro de 2021

Publicado decreto que regulamenta o benefício Auxílio Gás

Famílias beneficiadas terão direito, a cada dois meses, a um valor equivalente a 50% da média do preço nacional de referência do botijão de 13 quilos dos últimos seis meses.

3 de dezembro de 2021

Valor do imóvel residencial ficou 13,69% mais caro em 12 meses

Segundo a Ademi-AM, a alta dos custos dos materiais de construção pressionam segmentos da construção e imobiliário. Setores tentam equilibrar custos e preços dos imóveis.

3 de dezembro de 2021