fbpx

sexta, 20 de maio de 2022

‘Faturamento está congelado’ afirma Sindicato das Drogarias do Amazonas

Apesar do cenário de pandemia registrado no último ano e a necessidade de acesso aos medicamentos, Sindidrogas afirma que o setor está estagnado em lojas e faturamento.

27 de abril de 2021

Compartilhe

Drogarias têm maior demanda por vitaminas. (Foto: Reprodução)

Apesar da pandemia, no último ano, as drogarias localizadas na região norte foram responsáveis pela venda de apenas 5,36% de todos os medicamentos comercializados no país. Os números são da Associação Brasileira do Comércio Farmacêutico (ABCFarma). 

Os números no Amazonas, segundo o Sindicato do Comercio Varejista de Drogas do Amazonas (Sindidrogas-AM), também registram a baixa demanda por medicamentos e por outro lado, mantêm ampla procura por complexos vitamínicos. 

De acordo com o presidente do Sindidrogas, Alarico Rodrigues de Araujo, o segmento não apresenta crescimento em número de lojas e o faturamento está em baixa por conta do alto índice de desemprego e o menor poder de compra do consumidor. 

“Os produtos que mantêm demanda crescente são as vitaminas. Mas, os medicamentos não. Boa parte da população está desempregada, sem condições financeiras para comprar remédios. O faturamento está congelado”, disse. 

Segundo Araujo, as novas instalações de drogarias existentes em Manaus são mudanças de ramo de atuação de empreendedores que operavam em outros segmentos, ou ainda, investimentos de empresas de grande porte que chegam ao Amazonas. 

Atualmente o estado conta com 486 drogarias associadas ao Sindidrogas. 

“Há casos de empreendedores que mudaram de segmento e optaram por drogarias. Em outros casos, existem redes de drogarias que operam nacionalmente e que têm projetos para instalação de mais de uma loja na cidade. Somente uma empresa tem pretensão de abrir 20 lojas na capital”, informou. 

Reportagem: Priscila Caldas

Leia Mais:

Leia mais sobre Economia & Negócios

Preços de carros elétricos podem cair 20% com redução de imposto

O projeto de Lei 403/2022, que tramita no Senado Federal, propõe zerar o Imposto de Importação dos veículos elétricos e híbridos até 31 de dezembro de 2025.

19 de maio de 2022

Privatização da Eletrobras prejudica mais o Norte e Nordeste, diz deputado

Segundo parlamentar da Frente Mista em Defesa da Eletrobrás, empresas que vendem energia no Norte e Nordeste com subsídio, vão embora para outros países com a privatização.

19 de maio de 2022

Por 7 a 1, Tribunal de Contas da União aprova privatização da Eletrobras

Resultado é uma vitória do ministro Paulo Guedes, que agora tem caminho aberto para executar a privatização de uma empresa inteira antes do fim do mandato de Jair Bolsonaro.

19 de maio de 2022

Bolsonaro sanciona MP que torna Auxílio Brasil de R$ 400 permanente

A proposta inicial do governo era de que esse valor valesse até dezembro. Benefício extraordinário passa a fazer parte do conjunto de benefícios do Programa Auxílio Brasil.

19 de maio de 2022

Faturamento de bares e restaurantes do AM tem alta de até 10% em abril

Em março, os números começaram a 'encostar' no resultado de 2019 e em abril chegou a superar entre 5% e 10% os números do ano anterior ao início da pandemia.

19 de maio de 2022

Gucci lança guarda-chuva que não protege da chuva por mais de R$ 6.000

O item, uma colaboração da marca italiana com a Adidas, não é a prova d'água e serve para proteger do sol ou para uso decorativo, segundo a descrição no site da grife.

19 de maio de 2022

Retomada: turismo nacional apresenta crescimento de 43,5% em março

Segundo avaliação da FecomércioSP, setor se aproxima dos patamares anteriores à pandemia, ainda que os números sejam 7,1% inferiores quando comparados a março de 2019.

19 de maio de 2022

Oito cidades do AM recebem R$ 60 milhões para modernizar aeroportos

Os projetos incluem serviços de recapeamento de pista de pouso e decolagem, pista de taxiamento e pátio de estacionamento de aeronaves; limpeza de faixa de pista; etc.

19 de maio de 2022