fbpx

terça, 25 de janeiro de 2022

Empreendedores contam com apoio do FPS para driblar crise econômica no AM

A vice-presidente do FPS, Kathleen Santos, em entrevista ao RealTime1, destacou a atuação do Governo do Amazonas para que amazonenses

29 de julho de 2021

Compartilhe

(Foto: Reprodução)

A vice-presidente e secretária executiva do Fundo de Promoção Social e Erradicação da Pobreza (FPS), Kathleen Santos, em entrevista ao RealTime1 nesta quinta-feira (29), falou sobre o trabalho da atual gestão para garantir apoio a agricultores e pequenos empreendedores no Amazonas durante a cheia dos rios e a Pandemia de Covid-19. Além disso, Santos também destacou o Crédito Solidário e a distribuição a municípios do Estado e também avaliou os seis primeiros meses a frente do FPS.

Para Kathleen Santos, o FPS tem trabalhado para apoiar empreendedores informais que já tem a sua atividade iniciada, por exemplo, por meio da venda de alimentos e cosméticos, entre outros.

“As pessoas estavam sem expectativa de gerar renda para a família em meio à cheia dos rios e a Pandemia. O investimento de R$ 20 milhões do Governo do Amazonas, por meio do crédito solidário, veio para somar com essas pessoas e garantir apoio a eles no sustento da casa. Esse dinheiro garante o alimento na casa dessas famílias e também atende as necessidades básicas que essas famílias enfrentam no dia a dia”, destacou a secretária executiva.

As famílias são alvo de estudo e análise do FPS para terem garantia ao benefício. Diante disso, Santos tem cumprido agendas constantes no interior do Estado, tanto acompanhando a Operação Enchente quando garantindo apoio aos empreendedores informais.

“O Governo tem levado esse apoio, de maneira incansável, como sendo uma das alternativas para gerar economia local e fazer com que essas pessoas tenham uma alguma geração de renda e a oportunidade de tá levando alimentos para dentro de casa”, reforça.

Por meio de um edital aprovado em julho deste ano, o Fundo de Promoção Social buscar beneficia o setor primário. Kathleen explica que, em meio à cheia e à Pandemia, o setor primário foi um dos setores que não parou.

“O Governo manteve o compromisso de apoiar os pequenos agricultores. O edital é para ajudar esses agricultores em todas as regiões do Estado. Tivemos propostas aprovadas em 48 municípios e estamos na fase de pagamento e execução desses projetos”, reforça a secretária executiva.

Assista à entrevista completa abaixo:

Texto: Isac Sharlon

Leia Mais:

Leia mais sobre Economia & Negócios

600 vagas em cursos de qualificação são ofertadas gratuitamente, no AM

Os cursos são direcionados para a população que busca por qualificação profissional, para concorrer a uma vaga no mercado de trabalho e as incrições encerram nesta quarta.

25 de janeiro de 2022

Em 2021, arrecadação de impostos federais teve maior valor desde 1995

Em um ano marcado pela queda de mais de 4% no PIB brasileiro, a arrecadação total de impostos, contribuições e demais receitas federais atingiu a marca de R$ 1,87 trilhão.

25 de janeiro de 2022

Empreendimento residencial é lançado na região da Ponta Negra

Mirante de Flores é o novo empreendimento residencial da MRV lançado para a região da Ponta Negra, zona oeste de Manaus, com duas torres e total de 288 apartamentos.

25 de janeiro de 2022

Confiança do empresário do comércio sobre 1,4% em janeiro, diz CNC

Índice de Confiança do Empresário do Comércio (Icec), divulgado pela Confederação Nacional do Comércio subiu 1,4% e atingiu 121,1 pontos, em uma escala que vai de zero a 200.

25 de janeiro de 2022

Tesouro Direto atinge vendas de R$ 3,293 bilhões em dezembro

Os títulos do Tesouro mais procurados pelos investidores foram os corrigidos pela taxa básica de juros, a Selic (Tesouro Selic), que corresponderam a 57,6% do total.

25 de janeiro de 2022

Reuniões podem definir novos rumos dos auditores da RF, nesta terça-feira

Mobilização continua enquanto os auditores da Receita Federal avaliam o Orçamento da União sancionado pelo presidente Jair Bolsonaro e que manteve os cortes no órgão.

25 de janeiro de 2022

Venda de livros subiu 4,9% no Natal e faturamento do setor cresceu 14%

No período do Natal foram vendidos 5,4 milhões de livros no País, com alta de 4,94% sobre o mesmo período de 2020, que teve 5,1 milhões de unidades comercializadas.

25 de janeiro de 2022

Senado deve votar Projeto para conter alta dos combustíveis em fevereiro

Projeto de Lei 1.472/2021 cria programa de estabilização, com a finalidade de reduzir a volatilidade dos preços de derivados de petróleo e cria uma nova política de preços.

25 de janeiro de 2022