fbpx

domingo, 19 de setembro de 2021

Congestionamentos portuários na China põem PIM e comércio em risco

'Efeito dominó’, obstrução em portos no sul da China podem agravar a falta de componentes eletrônicos à indústria e gerar falta de navios e de contêineres para o comércio.

29 de junho de 2021

Compartilhe

Congestionamentos em portos na China podem afetar indústria e comércio. (Foto: Reprodução)

Congestionamentos em portos localizados no sul da China por conta de novo surto de Covid-19 podem agravar o desabastecimento de insumos às fabricantes do Polo Industrial de Manaus (PIM) e ainda, comprometer o transporte para o comércio, pondo em risco o abastecimento para o final de ano.

Conforme informações publicadas pelo Estadão, os congestionamentos nos portos de transportes de contêineres pioram à medida que as autoridades intensificam as medidas de restrição, desde o mês de maio.

O presidente da Federação das Indústrias do Estado do Amazonas (Fieam), Antonio Silva, afirma que caso a situação se prolongue, os impactos deverão ser sentidos a partir da segunda quinzena de julho.

“Os produtos têm um transit time (intervalo para ser entregue) de 45 a 60 dias da China até o PIM. O atraso nos preocupa sobejamente, uma vez que a China representa quase metade da origem de nossas importações”, disse Silva.

O presidente do Centro da Indústria do Estado do Amazonas (Cieam), Wilson Périco, também concorda que o desabastecimento poderá ser agravado e cita que trajetos são interrompidos em portos em todo o mundo em caso de contaminação pelo vírus.

“Estruturas portuárias em todo o mundo interrompem o trajeto de navios em caso de ocorrências de infecção pelo vírus e só liberam as cargas após a resolução do problema. É uma situação que enfrentamos há mais de um ano”, comentou.

Sem contêineres comércio está em risco

De acordo com o presidente da Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado do Amazonas (Fecomércio-AM), Aderson Frota, a retenção de navios e contêineres na China consequentemente gera escassez de estruturas para o transporte das mercadorias que chegam por via fluvial ao Amazonas.

Sem navios e contêineres, o comércio local poderá sofrer novo desabastecimento, com reflexos para o final de ano.

“Poderemos enfrentar novo desabastecimento caso o problema na China se prolongue. Dependemos em grande escala de navios e contêineres para o transporte das cargas, que acontecem por meio da modalidade rodofluvial. Com a estrutura (navio/contêiner) retida por muito tempo ficamos impossibilitados de receber mercadorias no Amazonas”, analisou.

Texto: Priscila Caldas

Leia Mais:

Leia mais sobre Economia & Negócios

Governo anuncia leilão para compra simplificada de energia em outubro

Leilão, a ser realizado em outubro, contratará energia de reserva, na modalidade por quantidade para usinas termelétricas a biomassa, eólica e solar fotovoltaica.

18 de setembro de 2021

Temporada de manejo do pirarucu na RDS Uacari está aberta

Em toda a RDS Uacari, a despesca será de 646 pirarucus, envolvendo 16 outras comunidades e 134 famílias. A estimativa de renda total na reserva é de R$ 290 mil.

18 de setembro de 2021

Produção de splits impulsiona setor de condicionador de ar no PIM

Produção do modelo split saltou de 1,8 milhão, nos primeiros meses de 2020, para mais de 3,1 milhões, de janeiro a junho deste ano. Fabricação do modelo janela também cresce.

18 de setembro de 2021

FGV divulga resultados das provas objetivas do concurso do TCE-AM

O concurso teve a confirmação de mais de 15 mil candidatos, com 40 vagas para provimento imediato na Corte de Contas, com vencimentos de até R$ 8,3 mil, além de benefícios.

17 de setembro de 2021

Inaugura em Manaus a primeira unidade franqueada da rede Flexfarma

Com um diversificado mix de fármacos, dermocosméticos e conveniências, primeira unidade da rede de drogarias Flexfarma em Manaus inaugura na próxima segunda-feira (20).

17 de setembro de 2021

Renda das mulheres cresce no 2º trimestre, apesar da desocupação maior

Redimento da força de trabalho feminina teve aumento 1,4% no segundo trimestre deste ano, na comparação com o mesmo período de 2020. Enquanto a renda masculina subiu 0,4%.

17 de setembro de 2021

Endividamento familiar sobe 2,1% e tem o maior nível da história

Percentual das famílias endividadas apresentou sua nona alta na passagem mensal, chegando em 72,9% em agosto, segundo pesquisa da Confederação Nacional do Comércio

17 de setembro de 2021

Secretário do Tesouro garante Auxílio Brasil no valor de R$ 300

De acordo com o secretário especial do Tesouro Nacional, Bruno Funchal, a expectativa é de que os beneficiário recebam o novo auxílio já a partir do mês de novembro.

17 de setembro de 2021