fbpx

terça, 18 de janeiro de 2022

Combustível: Amase descarta aumento no preço dos alimentos

Associação afirma que estoque atende à demanda por até 60 dias e ressalta a possibilidade de preços dos alimentos serem mantidos, sem qualquer repasse ao consumidor.

7 de julho de 2021

Compartilhe

Associação afirma que preço dos alimentos serão mantidos pelos supermercados. (Foto: Reprodução)

Apesar da elevação dos valores da gasolina e do diesel, o preço dos alimentos deverá ser mantido, pelo menos pelos próximos 60 dias. É o que afirma a Associação Amazonense de Supermercados (Amase). O estoque, planejado para garantir o fornecimento pelo período de 45 a 60 dias, deverá ‘segurar’ os preços.

O superintendente da Amase, Alexandre Zuqui, afirma que os custos decorrentes do encarecimento dos preços dos combustíveis não serão repassados imediatamente ao consumidor e podem até mesmo não ocorrer.

“Às vezes, o impacto representa menos do que se espera. Os supermercados e atacarejos trabalham com mercadorias que garantem atendimento entre 45 e 60 dias. Somente após esse período será possível verificar se há possibilidades de acontecer algum repasse ao consumidor. Mas, acredito que não ocorrerá”, disse.

Segmento em expansão

De acordo com Zuqui, no primeiro semestre foram inauguradas seis lojas na cidade, entre supermercados e lojas de atacado. A previsão, segundo ele, é de novas inaugurações para o segundo semestre.

“Teremos aberturas de novas lojas, mas não deveremos alcançar o mesmo número do primeiro semestre. O consumidor ganha com os novos espaços porque tem variedade para a escolha do melhor preço”.

Texto: Priscila Caldas

Leia Mais:

Leia mais sobre Economia & Negócios

Auxílio Gás: R$ 52 começam a ser pagos a 5,47 milhões de famílias hoje

Segundo o Ministério da Cidadania, as famílias podem sacar o vale-gás por meio do cartão usado para receber o Auxílio Brasil ou movimentar os R$ 52 pelo aplicativo Caixa Tem.

18 de janeiro de 2022

IPTU em cota única e com descontos pode ser pago até 15 de março

As informações de lançamento, assim como as guias para pagamento do IPTU 2022 estarão disponíveis para consulta e impressão dentro dos próximos dias no site Manaus Atende.

18 de janeiro de 2022

Leilão de quadrinhos raros, nos Estados Unidos tem arrecadação milionária

Leilão tem arrecadação superior a US$ 12 milhões com itens raros das editoras americanas de histórias quadrinhos publicadas entre os anos 1930 e 1980 com personagens famosos.

18 de janeiro de 2022

Grupo de farmácias vê teste de Covid saltar de 200 para 2 mil por dia

Grupo Tapajós identificou explosão de busca por testes de Covid e antigripais somente em janeiro entre as drogarias que administra, com a alta dos casos de gripes na cidade.

18 de janeiro de 2022

Mais ricos dobram fortunas e milhões entram para pobreza na pandemia

Fortuna dos dez mais ricos do mundo saiu de US$ 700 bilhões para US$ 1,5 trilhão de acordo com relatório "Desigualdade Mata" da Oxfam, divulgado na semana do Fórum de Davos.

17 de janeiro de 2022

Pedidos de recuperação judicial caem 24% em 2021, aponta Serasa

Segundo a Serasa, os micro e pequenos negócios tiveram o maior número de requisições apesar de estarem em queda no comparativo com o mesmo período do ano anterior.

17 de janeiro de 2022

Governo alerta sobre mudanças na Nomenclatura Comum do Mercosul

Medida obriga que empresas incentivadas do Polo Industrial de Manaus façam solicitação de adequação no banco de dados da Secretaria de Estado de Desenvolvimento Econômico.

17 de janeiro de 2022

Manaus teve a maior arrecadação de IPTU da Região Norte, em 2020

Conforme a Frente Nacional de Prefeitos (FNP) divulgado nesta segunda-feira (17). A capital do Amazonas arrecadou naquele ano, R$ 289,1 milhões, seguida de Palmas.

17 de janeiro de 2022