fbpx

domingo, 14 de agosto de 2022

Balança Comercial do Amazonas cresce 3,33% em novembro

Crescimento na Balança Comercial do Amazonas foi impulsionado pelo aumento das importações que apresentou o incremento de 35,18% na comparação com novembro de 2020.

23 de dezembro de 2021

Compartilhe

Nas exportações, as variações foram negativas (Foto: Reprodução)

A Balança Comercial do Amazonas alcançou o total de US$ 1,264 bilhão em novembro de 2021, um crescimento de 30,22% na comparação com novembro de 2020. Frente a Balança Comercial do Brasil, a do Amazonas apresentou participação de 3,02% em novembro de 2021 e crescimento de 3,33% no comparativo com outubro de 2021. O crescimento na Balança Comercial do Amazonas foi impulsionado pelo aumento das importações que apresentou o incremento de 35,18% na comparação com novembro de 2020 e variação positiva de 1,95% em relação a outubro de 2021.

Nas exportações, as variações foram negativas em relação ao período anterior e em relação ao mesmo período do ano passado na ordem -21,12% e de -25,44%, respectivamente.

Os números foram divulgados nesta quinta-feira (23) pela Secretaria de Estado de Desenvolvimento Econômico, Ciência, Tecnologia e Inovação (Sedecti).

No ranking de maior relação comercial (importação e exportação) com o Amazonas destacam-se os países: China, Vietnã e Estados Unidos. Juntos, os três países representaram participação de 60,36% na Balança Comercial do Amazonas em novembro de 2021.

Exportações

Dos 59 países parceiros das exportações do Amazonas, a Venezuela foi o principal destino em novembro e ficou responsável por US$ 12,52 milhões, com participação de 21,14%. O Amazonas exportou para o país vizinho o item “misturas e pastas para preparação de produtos de padaria”, que foi o principal produto exportado para a Venezuela e teve participação de 42,26%.

Entre os setores de classificação internacional padrão por atividade econômica, 96,12% das exportações do Amazonas foram da indústria de transformação, 2,97% foram de outros produtos, 0,91% da agropecuária e 0,0004% da indústria extrativa.

Considerado isoladamente, o produto mais exportado em novembro de 2021 foi o item “outras preparações alimentícias” que corresponde ao total de US$14,75 milhões, o equivalente a 24,91% do total exportado. Esse produto teve como destino seis países, sendo a Colômbia o principal com participação de 37,98%. O produto apresentou retração de -13,69% em relação a outubro de 2021 é de -20,22% em comparação a novembro de 2020.

O segundo produto mais exportado foi “Motocicletas (50 e 250 cilindradas)” representando pouco mais de US$ 8,10 milhões, o equivalente a 13,68% do total exportado. Esse produto foi exportado para um total de 12 países, sendo a Argentina o país responsável por 35,23% das aquisições do item, seguido dos Estados Unidos da América (EUA) com participação de 22,48%. As exportações desse produto em comparação a outubro de 2021 recuaram em -34,85%.

Em terceiro lugar, dos mais exportados, ficou o item “Misturas e pastas, para preparação de produtos de padaria, pastelaria” registrando o valor de US$ 5,29 milhões, correspondente a 8,93% do total exportado. A Venezuela foi responsável por 100% do volume de exportações desse produto referente ao mês de novembro.

Importações

As importações do Amazonas em novembro de 2021 registraram cifras de US$ 1,20 bilhão, um aumento de 35,18% na comparação com novembro de 2020. A China se manteve como a principal origem das importações do Amazonas, registrando o montante de US$ 557,53 milhões, o que representou a participação de 46,24% das importações totais do Estado.

O principal produto importado foi “Outras partes destinadas aos aparelhos transmissores”, que registrou o total de US$ 208,96 milhões, o equivalente a 17,33% das importações, sendo 71,53% originários da China. Em segundo lugar veio o item “processadores e controladores”, alcançando cifras de US$ 143,02 milhões, com participação de 11,86% do total, tendo a China como origem de 36,84% das compras desse produto para o Amazonas.

O item “Partes de aparelhos telefônicos” foi o terceiro produto mais importado e alcançou cifras de US$ 78,25 milhões, com participação de 6,49% no total das importações, sendo o Vietnã o principal país de origem com percentual de 49,26% na participação das importações do produto.

Leia mais:

Leia mais sobre Economia & Negócios

Amazonas tem terceira maior taxa de Informalidade do país, aponta PNAD Contínua

No estado, 57,7% da população ocupada (1.008 mil trabalhadores) estavam na informalidade no 2º trimestre, número superado apenas pelo Pará (61,8%) e Maranhão (59,4%).

12 de agosto de 2022

IBGE: taxa de desemprego do AM cai 2,6 pontos no segundo trimestre

Taxa de desemprego do estado ficou em 10,4% no segundo trimestre de 2022. Essa é a menor taxa observada no Estado desde o 4º trimestre de 2015 (9,3%).

12 de agosto de 2022

Suhab prevê entrega de mais de 190 unidades habitacionais até junho 2023

Segundo o titular da Superintendência de Habitação, Jivago Castro, obras no local, que estavam paradas há 8 anos, foram retomadas por determinação do governador Wilson Lima.

12 de agosto de 2022

Suframa abre inscrições para Fórum que vai discutir 5G e Indústria 4.0

Evento híbrido vai reunir empresas, universidades, entidades, institutos de pesquisa, prefeituras e especialistas que atuam em atividades nas áreas de 5G e indústria 4.0.

12 de agosto de 2022

Amazonas confirma reajuste de 56% no piso salarial para agentes de saúde

Com o reajuste do Piso Salarial, serão contemplados os servidores que atuam em todo o Amazonas, que passarão a receber o equivalente a dois salários mínimos.

12 de agosto de 2022

Manaus ganha voo direto da Azul para a Flórida, nos Estados Unidos 

A Azul começa a operar os voos a partir do dia 15 de dezembro deste ano. Segundo o Governo, o turismo de pesca será muito beneficiado com a ponte aérea Amazonas-Flórida.

11 de agosto de 2022

Setor de serviços do AM apresenta queda de 5,1% em junho, aponta IBGE

A variação percentual acumulada no ano (de janeiro a junho) apresentou alta de 9,7%, e no acumulado dos últimos 12 meses, o setor teve queda para 9,5%, no Estado.

11 de agosto de 2022

Casas Bahia inaugura 5 lojas e Centro de Distribuição nesta sexta em Manaus

Chegadas das lojas já proporcionam impacto na economia local, com a geração de 380 empregos diretos e 1.140 indiretos, totalizando mais de 1.500 novos empregos na cidade.

11 de agosto de 2022