fbpx

terça, 24 de maio de 2022

Alta dos combustíveis irá gerar aumentos generalizados de preços

Amazonas ainda sofre forte dependência dos combustíveis para o transporte de mercadorias. Eventuais aumentos de custos nas cadeias produtivas serão repassados ao consumidor.

11 de março de 2022

Compartilhe

Ainda que não é possível avaliar os impactos dos reajustes nos preços nas bombas (Foto: Reprodução)

Os reajustes dos combustíveis anunciados pela Petrobras nesta quinta-feira (10) que elevaram em cerca de 25% os preços do diesel, e em quase 19% o preço da gasolina nas refinarias, terão reflexos diretos no custo de vida dos brasileiros, em especial dos que vivem no Amazonas.

A avaliação é do presidente do Conselho Regional de Economia do Amazonas (Corecon-AM), Marcus Evangelista. De acordo com o economista, os aumentos dos preços de combustíveis nas refinaria, não representam, necessariamente, que os preços nas bombas vão subir na mesma proporção. No entanto, serve de alerta, uma vez que o estado ainda sofre forte dependência do transporte rodoviário de mercadorias.

Os eventuais aumentos de custos nas cadeias produtivas, consequência da elevação dos preços do frete, serão, inevitavelmente, repassados aos consumidores finais.

“Praticamente tudo o que é consumido aqui no estado vem de fora. No momento em que temos reajustes de grandes proporções, obviamente, caso ocorra, os fretes vão subir. Com o frete subindo, os preços dos produtos também serão aumentados”, avalia Evangelista.

Ele completa ainda que não é possível avaliar os impactos desses reajustes nos preços que serão pagos nas bombas, pois cada posto tem o seu próprio cálculo.

Para efeito de comparação, caso os reajustes anunciados nesta quinta-feira (10) pela Petrobras fossem totalmente repassados ao consumidor final, o valor da gasolina poderia chegar a R$ 7,82 nos postos de Manaus. A estimativa considera o atual preço da gasolina vendida nas bombas de Manaus, que pode ser encontrado praticamente em todos os estabelecimentos a R$ 6,599.

Texto: Lucas Raposo

Leia mais:

Leia mais sobre Economia & Negócios

Procon volta a multar Claro/Net em R$ 3,6 mi por apagão de internet no AM

O apagão de internet ocorreu no dia 12 de fevereiro deste ano, em Manaus. O Procon-AM já havia multado a empresa, com o mesmo valor, por outro apagão também em fevereiro.

24 de maio de 2022

Governo do AM beneficia colônia de pescadores de Maués

Governo assinou dois termos de doação onerosa com a Colônia de Pescadores Z-16. Por meio da ação, pescadores foram contemplados com um kit feira e uma fábrica de gelo.

24 de maio de 2022

Lira determina instalação de comissão para analisar reforma tributária

A proposta prevê que estados e municípios criem seus impostos sobre renda e patrimônio na forma de um adicional do imposto federal, delegando sua cobrança ao fisco federal.

24 de maio de 2022

Em reunião emergencial, governadores discutem ICMS dos combustíveis

Fórum dos Governadores vai discutir nesta terça-feira como enfrentar a votação, marcada para esta tarde na Câmara dos Deputados, doprojeto de lei que limita em 17% o ICMS.

24 de maio de 2022

Câmara deve votar hoje PL que limita impostos sobre energia e combustíveis

Projeto considera essenciais bens e serviços relativos a combustíveis, energia elétrica, impedindo a aplicação de alíquotas de tributos iguais às de produtos supérfluos.

24 de maio de 2022

Sebrae acelera pequenos negócios da bioeconomia da Amazônia

Iniciativa faz parte do programa Inova Amazônia. Entre as soluções apoiadas estão a produção de fármaco para tratamento de dependência química e produção de cosméticos.

24 de maio de 2022

Intenção de Consumo das Famílias cresce pelo quinto mês seguido

Índice atingiu 79,5 pontos em uma escala de zero a 200 pontos, maior patamar desde maio de 2020 (81,7 pontos). Na comparação com maio de 2021, crescimento chega a 17,7%.

24 de maio de 2022

BNDES lança edital de seleção de startups de impacto socioambiental

No estágio de criação, programa irá selecionar até 20 empreendedores ou startups de impacto e, no tração, até 25 startups de impacto com faturamento inferior a R$ 16 milhões.

24 de maio de 2022