fbpx

domingo, 14 de agosto de 2022

Surto de gripe: saiba quais remédios combatem os sintomas da doença

Para reduzir sintomas da enfermidade, há alguns antigripais no mercado como Antigrippine, Benegrip e Sinutab. Além destes, há outros que tratam sintomas específicos, confira:

4 de janeiro de 2022

Compartilhe

(Foto: Reprodução/Getty Images)

O surto de gripe já atinge pelo menos 19 estados do Brasil e tem provocado apreensão entre os brasileiros, especialmente, porque está coincidindo com a epidemia de Covid-19. Os locais onde há maior avanço do influenza H3N2 são Rio de Janeiro, Salvador e São Paulo, cidades que já emitiram alertas epidemiológicos.

A gripe é uma doença relativamente comum que apresenta como principais sintomas dor de garganta, tosse, febre ou nariz escorrendo. A enfermidade representa um perigo maior para idosos, crianças e pessoas com problemas no sistema imunológico.

A doença vem provocando uma corrida às farmácias em busca de remédios que possam prevenir ou amenizar os sintomas da doença. No entanto, especialistas alertam que não há remédios indicados para prevenir a gripe e reforçam que a automedicação envolve riscos.

Remédios para tratar a gripe

A vacinação é a forma mais eficaz de prevenir a gripe. Para reduzir os sintomas da enfermidade, há alguns antigripais no mercado como Antigrippine, Benegrip e Sinutab. Além destes, há outros que tratam sintomas específicos como:

Remédios anti-inflamatórios: para diminuir a inflamação da garganta. Exemplo: Ibuprofeno ou Diclofenaco;
Remédios analgésicos e antipiréticos: para diminuir dor no corpo, dor de garganta, cabeça e/ou ouvido. Exemplo: Paracetamol ou Novalgina;
Remédios antialérgicos: para diminuir tosse, espirros e coriza. Exemplo: Loratadina, Desloratadina ou Fexofenadina;
Remédios antitussígeno: para aliviar a tosse seca. Exemplo: Atossion, Levodropropizina ou Hytós Plus;
​Remédios expectorantes: para ajudar a expelir secreções. Exemplo: Bisolvon, Mucosolvan ou Vick.
Além disso, o médico pode prescrever Tamiflu, o medicamento, entretanto, é indicado apenas para grupos vulneráveis.

Geralmente, o médico indica o uso de vários remédios em conjunto, como um antipirético e um expectorante, por exemplo. O uso dos medicamentos normalmente é feito durante pelo menos 5 dias, que é quando os sintomas diminuem. O tratamento deve ser seguido em repouso, com o consumo de 2 litros de água por dia e o uso de soro fisiológico no nariz para hidratar as vias aéreas.

Remédios para gripe na gravidez

Durante a gestação, é importante evitar o uso de remédios comprados na farmácia, pois podem provocar atraso no crescimento e desenvolvimento do bebê. Se a grávida estiver com sintomas de gripe, deve procurar seu médico de confiança para receber o tratamento mais adequado.

Geralmente, os analgésicos à base de paracetamol e a vitamina C são os únicos remédios que a gestante pode tomar contra a gripe, além de descansar, manter uma boa alimentação e beber muitos líquidos. Quando a mulher está amamentando, também deve evitar o uso de remédios, pois seus ativos podem passar para o bebê através do leite.

Da Redação, com informações do Metrópoles

Leia Mais:

Leia mais Dia a Dia

Daniel Meirelles Pereira toma posse como novo diretor da Anvisa

Até a última quinta-feira (11), Fernandes Pereira ocupava o cargo de secretário-executivo do Ministério da Saúde. Por lei, os mandatos na Anvisa têm duração de cinco anos.

12 de agosto de 2022

Pavimentação da BR-319 tem risco de mais grilagem, apontam documentos

É grande o risco da pavimentação da BR-319 atrair mais grileiros para a região, segundo documentos do Ibama e do material para relatório do EIA/Rima.

11 de agosto de 2022

WhatsApp passa a permitir apagar mensagens após dois dias

A mudança antecipou um pacote de novidades divulgado nesta terça-feira (9) na rede social. Ainda este mês será possível esconder o status online.

10 de agosto de 2022

Obras do Complexo Viário dos anéis Sul e Leste seguem em ritmo acelerado

Para quem mora no entorno das obras dos Aneis Viários Sul e Leste, o projeto representa mais dignidade e progresso para a população e para a cidade de Manaus.

9 de agosto de 2022

Pacote de obras na área da segurança pública no AM chega a R$ 150 milhões

De 2019 a 2022, os recursos para reformas e reparos nas unidades policiais somam cerca de R$ 10 milhões. As obras incluem pintura, troca de fechaduras, parte elétrica, etc.

9 de agosto de 2022

Lei estadual garante visita gratuita a museus e prédios históricos do AM

A gratuidade, segundo a lei, não precisará ser concedida em dias que recaiam sobre feriados nacionais, estaduais ou municipais, ou ainda em ponto facultativo.

9 de agosto de 2022

Festejo de Santo Antônio de Borba agora é Patrimônio Cultural do AM

Festejo de Borba, realizado em junho, movimenta a economia da cidade e teve início em 1756 com eventos organizados por padres jesuítas no interior do Amazonas.

9 de agosto de 2022

Lei Aldir Blanc pode salvar Cultura com a Rouanet desmontada

Lei Aldir Blanc 2 pode recuperar vácuo da Lei Rouanet que foi paralisada no Governo Bolsonaro e democratizar mais o acesso aos recursos pelos trabalhadores da Cultura.

8 de agosto de 2022