fbpx

segunda, 08 de agosto de 2022

Primeiro lote de vacina 100% nacional será entregue em fevereiro

Com a liberação da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), Fiocruz poderá utilizar produto local na fabricação do imunizante da AstraZeneca no país.

7 de janeiro de 2022

Compartilhe

Vacina (Foto: Myke Sena/MS)

Com a autorização dada nesta sexta-feira (7) pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) para que a Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) utilize o Insumo Farmacêutico Ativo (IFA feito pela própria fundação na fabricação da vacina contra covid-19, as primeiras doses do imunizante 100% nacionais devem ser entregues ao Ministério da Saúde em fevereiro.

De acordo com a Fiocruz, o Instituto de Tecnologia em Imunobiológicos (Bio-Manguinhos/Fiocruz) dispõe, no momento, de insumo o suficiente para a fabricação de 21 milhões de doses com o IFA nacional, que se encontram em diferentes etapas de produção e controle de qualidade.

“A previsão é que as primeiras doses do imunizante sejam envasadas ainda em janeiro e entregues ao Ministério da Saúde em fevereiro, assim que forem concluídos os testes de controle de qualidade que ocorrem após o processamento final da vacina”, informou a Fiocruz.

A presidente da instituição, Nísia Trindade Lima, destacou que é uma grande conquista para a sociedade ter uma vacina 100% nacional, sendo essa a primeira do país.

“A pandemia de covid-19 deixou claro o problema da dependência dos insumos farmacêuticos ativos para a produção de vacinas. Com a aprovação, hoje, pela Anvisa, conquistamos uma vacina 100% produzida no país e, dessa forma, garantimos a autossuficiência do nosso Sistema Único de Saúde para a vacina, que vem salvando vidas e contribuindo para a superação dessa difícil fase histórica do Brasil e do mundo”.

A produção nacional do IFA começou em julho de 2021, após a assinatura do contrato de Transferência de Tecnologia com a parceira AstraZeneca. A absorção da tecnologia ocorreu em tempo recorde, cerca de um ano, quando esses processos costumam levar cerca de 10 anos.

Segundo a Fiocruz, a Anvisa comprovou a equivalência do processo produtivo, ou seja, que as vacinas produzidas com o IFA de Bio-Manguinhos/Fiocruz “possuem a mesma eficácia, segurança e qualidade daquelas processadas com o ingrediente importado”.

No ano passado, a fundação chegou a ficar sem IFA para fabricar as vacinas, devido à dificuldade de importação do produto . Com isso, cidades precisaram atrasar o cronograma de vacinação devido à falta do imunizante.

Com informações da Agência Brasil

Leia Mais:

Leia mais Dia a Dia

‘Prêmio Thiago de Mello’ movimenta R$ 1,6 milhão na economia de Manaus

Os projetos aprovados terão um prazo de seis meses para realizar suas atividades, a contar da data do recebimento dos recursos financeiros, de forma gratuita em Manaus.

7 de agosto de 2022

2ª Corrida da Guarda Municipal reúne mais de mil participantes, em Manaus

A Corrida da Guarda Municipal, na Ponta Negra, serviu como um esquenta para a Maratona Internacional de Manaus, que será realizada nos dias 22 e 23 de outubro.

7 de agosto de 2022

Anvisa recebe pedido de registro para teste de varíola dos macacos

Pedido técnico para a Anvisa de registro de kit de testagem para o diagnóstico da varíola do macaco já está em análise pela equipe técnica da Agência.

6 de agosto de 2022

Prefeitura recompõe calçadão de pedras portuguesas da Ponta Negra

Trabalho manual dos servidores da Prefeitura de Manaus recupera aspecto original do calçadão da Ponta Negra, na zona Oeste de Manaus.

6 de agosto de 2022

PF prende três suspeitos de ocultar corpos de Dom e Bruno no Amazonas

Sete mandados de prisão preventiva e dez de busca e apreensão foram cumpridos neste sábado (6) em uma ação decorrente da investigação dos homicídios no Vale do Javari.

6 de agosto de 2022

Documentário mostra manifestações que sacudiram o Brasil em 2013

O doc explora os protestos que marcaram o Brasil em junho de 2013. Da intensa disputa de 2014 à eleição de 2018, o país ainda sente os ecos de um mês que não terminou.

5 de agosto de 2022

Morre Jô Soares, artista e humorista que marcou a cultura do país

Jô interpretou dezenas de personagens, criou bordões e apresentou o mais conhecido programa de entrevistas da TV brasileira. O velório não será aberto ao público.

5 de agosto de 2022

AM reforça aparato de segurança com viaturas e material de informática

Viaturas, caminhão de combustível e computadores serão entregues pela Secretaria de Estado da Segurança, para a PM, PC e a Polícia Científica.

4 de agosto de 2022