fbpx

quinta, 30 de junho de 2022

Mais ativos na web, LGBTQIA+ também são mais cuidadosos e consumistas

Mais ligadas às redes sociais, pessoas que se declararam homossexuais, bissexuais, assexuais ou outros, apresentam maior propensão a interagir com marcas no ambiente virtual.

22 de junho de 2022

Compartilhe

Pesquisa foi elaborada pelo Target Group Index, do grupo Kantar Ibope Media (Foto: Reprodução)

Uma pesquisa elaborada pelo Target Group Index, do grupo Kantar Ibope Media, levantou dados sobre os hábitos de membros da comunidade LGBTQIA+ nas redes sociais.

Uma das conclusões do estudo aponta que, mais ligadas às redes sociais que a média da população, as pessoas que se declararam homossexuais, bissexuais, assexuais ou outros, apresentam maior propensão a interagir com as marcas no ambiente digital e a gerar conversas sobre conteúdo de vídeo.

Um exemplo disso é o percentual de pessoas declaradamente LGBTQIA+ que sentem necessidade de acessar às redes sociais diariamente. Segundo a pesquisa, 64% das pessoas da comunidade entram nas redes sociais todos os dia. Já na média da população adulta, os que não vivem sem as redes são 54%.

Mas, apesar da intensa interação, os LGBTQIA+ são mais cuidadosos na hora de compartilhar informações na rede. De acordo com o levantamento, enquanto 69% da população brasileira maior de 18 anos, em média, têm o hábito de sempre verificar as fontes das notícias que recebem por whatsapp ou telegram, entre os membros da comunidade este índice chega a 78%.

Outros 36% costumam comentar online sobre o que estão assistindo nas redes sociais. Já no restante da população esse número não passa dos 31%.

Quando se trata de consumo, os membros da comunidade também são mais ativos na rede, já que 47% constumam seguir marcas nas redes sociais, enquanto a média dos adultos brasileiros fica em 31%.

Sobre o Target Group Index

Presente há 22 anos no Brasil, o Target Group Index é a solução mais completa do mercado para entender características, opiniões, atitudes e interesses do consumidor.

Em constante evolução para comportar as mudanças na sociedade, nossas soluções de Consumer Intelligence permitem a compreensão dos comportamentos, históricos e intenções de compra nas principais regiões metropolitanas do Brasil.

Texto: Lucas Raposo

Leia mais:

Leia mais Dia a Dia

Dados da Covid ficarão disponíveis no site da FVS-AM no período eleitoral

Em atenção à Lei Eleitoral nº 9.504/1997, está suspenso o envio de dados e textos, via Secretaria de Comunicação do Estado, a partir de 2 de julho até o final das eleições.

30 de junho de 2022

4ª dose da vacina contra Covid é liberada para público a partir dos 18 anos

A campanha de vacinação contra a Covid-19 ganha o reforço de mais 28 pontos e agora totaliza 81 locais para atender o público infantil e adulto.

30 de junho de 2022

Proibição de demarcação de terras agrava insegurança de indígenas

Casos de violência contra indígenas e ativistas, com relatos de assassinatos na Amazônia, foram relatados pelo CIMI em evento do Conselho de Direitos Humanos da ONU.

30 de junho de 2022

Amazonas alerta sobre aumento de casos de Covid-19 no Amazonas

Em Manaus, o número de casos passou de 18 para 103 casos novos por dia. No interior, o aumento na média diária foi de 8 para 20 casos diários.

30 de junho de 2022

MP reúne com Sinetram e cobra solução para problemas da bilhetagem

Além do Sinetram e da Decon, foram ouvidos representantes do IMMU e da empresa Meson Amazônia, responsável pelo gerenciamento do software do sistema de bilhetagem eletrônica.

29 de junho de 2022

Defensoria lança cartilha contra violência LGBTIfóbica, neste sábado

Com a cartilha será possível aprender a diferenciar as mais variadas formas de violência a que o público é submetido diariamente, bem como aprender sobre onde buscar ajuda.

28 de junho de 2022

Governo inaugura maior PAC de Manaus para 7 mil atendimentos por Mês

Nova Unidade inaugurada por Wilson Lima no Studio 5 tem capacidade para atender mais de 7 mil pessoas por mês com serviços diversos do Estado, Prefeitura e outros órgãos.

28 de junho de 2022

Com dados escassos, estupros de LGBTQIA+ aumentam 88% em um ano

A ausência de dados também afeta a qualidade das informações na forma de distorções percentuais, pois muitos estados não têm uma rotina de monitoramento eficiente.

28 de junho de 2022