fbpx

sábado, 23 de outubro de 2021

Justiça determina que prefeitura retire flutuantes dos rios Negro e Tarumã-Açu

A Prefeitura de Manaus, por meio da Procuradoria Geral do Município (PGM), limitou-se a informar ao RealTime1 "que não foi notificada".

1 de setembro de 2021

Compartilhe

Afluta já pediu ao Ipaam que embargue novos flutuantes no Tarumã-Açu (Foto: Reprodução)

O juiz Diógenes Vidal Pessoa Neto, respondendo pela Vara Especializada do Meio Ambiente da Comarca de Manaus, determinou que os flutuantes instalados em toda margem esquerda do rio Negro, bem como às margens do rio Tarumã-Açu, sejam retirados pela Prefeitura com o objetivo de submetê-los ao efetivo licenciamento. A decisão de cumprimento de sentença ocorre após ação tramitar na segunda instância do Tribunal de Justiça do Amazonas (TJAM) e no Superior Tribunal de Justiça (STJ), e que transitou em julgado.

A decisão data do dia 16 de agosto deste ano e foi tomada em cumprimento da sentença já prolatada anteriormente nos autos da Ação Civil Pública com o nº. 0056323-55.2010.8.04.0012 ingressada pelo Ministério Público do Estado do Amazonas (MP-AM).

Ainda na decisão, o magistrado determina que, caso os flutuantes não sejam licenciados, “deverá haver o desmantelamento de toda estrutura no prazo de 90 dias.

Ao RealTime1, o TJAM informou que a retirada dos flutuantes, conforme a última decisão, deverá ser feita pela Prefeitura de Manaus. No entanto, a Justiça amazonense encaminhou um ofício a outros órgãos para que tomassem conhecimento acerca da decisão.

Segundo o TJAM, o documento foi enviado à Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Sustentabilidade (Semmas), Ministério Público do Estado do Amazonas (MPE-AM), Ministério Público Federal (MPF), Instituto de Proteção Ambiental do Amazonas (Ipaam); Capitania dos Portos de Manaus (Marinha do Brasil) e Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recurso Naturais Renováveis (Ibama).

Procurada pela reportagem para comentar a decisão da Justiça e saber se já foram iniciadas as retiradas dos flutuantes dos rios citados pelo magistrado, a Prefeitura de Manaus, por meio da Procuradoria Geral do Município (PGM), limitou-se a informar ao RealTime1 “que não foi notificada e que irá se pronunciar aos órgãos competentes quando for solicitada”.

Texto: Rosianne Couto

Leia Mais:

Leia mais Dia a Dia

Estacionamento irregular debaixo de viaduto em Manaus é desativado

Obstruções de calçadas e logradouros públicos correspondem a 50% de todas as notificações da Prefeitura de Manaus feitas de janeiro a setembro de 2021.

22 de outubro de 2021

Veículo, equipamentos e brinquedos são doados a instituição Amar

A Associação oferece oficinas de corte e costura e para a realização dessas atividades foram entregues máquinas de costura reta.

22 de outubro de 2021

Estudo de cores é desenvolvido pela prefeitura para dar viva ao Centro

A exemplo do que foi feito na rua Bernardo Ramos, a Prefeitura de Manaus está montando um skyline, uma proposta de intervenção para a Frei José dos Inocentes.

21 de outubro de 2021

No Amazonas, 58 municípios estão com internações por Covid-19 zeradas

A taxa de ocupação de leitos no interior está entre as mais baixas desde o início da pandemia. Apenas Fonte Boa, Coari e Itacoatiara possuem leitos de Covid-19 ocupados.

20 de outubro de 2021

Centro de Atendimento ao Turista (CAT) é reativado no aeroporto de Manaus

O retorno acontece em três turnos, com estagiários supervisionados e treinados para atender da melhor forma todos os turistas, de domingo a domingo.

20 de outubro de 2021

Cetam vai atender 9 mil alunos por ano em nova unidade da Zona Norte

Como parte do pacote de entregas do governador Wilson Lima para celebrar o aniversário de Manaus, foi inaugurada hoje (20) a primeira unidade do Cetam da Zona Norte.

20 de outubro de 2021

Você sabe o que é canabidiol? RT1 explica e mostra leitores favoráveis ao uso

O CBD é uma substância que atua no sistema nervoso central e que apresenta potencial terapêutico para o tratamento de algumas doenças.

19 de outubro de 2021

Após 4 anos, vítima de sequestro internacional retorna ao Amazonas

Criança foi levada de Tabatinga, no Oeste do Amazonas, pelo pai até o Peru. O retorno para os braços da mãe do ocorreu após incansáveis quatro anos de buscas.

19 de outubro de 2021