fbpx

sábado, 24 de julho de 2021

Cadê a água? Prefeitura cobra Águas de Manaus por falta de abastecimento

Conforme o relato de moradores da comunidade Santa Bárbara, no Jorge Teixeira, a água só começa a sair da torneira no final do dia.

12 de julho de 2021

Compartilhe

O problema foi registrado na rua Paricarana (Foto: Divulgação / Ageman)

A Prefeitura de Manaus, por meio da Agência Reguladora dos Serviços Públicos Delegados do Município de Manaus (Ageman), deu um prazo de dez dias para que a concessionária Águas de Manaus apresente um plano de trabalho, a fim de regularizar o fornecimento de água na comunidade Santa Bárbara, no bairro Jorge Teixeira, zona Leste da cidade. A medida atende a uma determinação do prefeito David Almeida de garantir a eficiência dos serviços públicos essenciais.

O diretor-presidente da Ageman, Fábio Alho, informou que a empresa foi notificada a encontrar uma solução para o desabastecimento, depois que uma equipe da Diretoria Técnica de Concessões, Obras e Saneamento da Agência esteve na localidade e confirmou a denúncia feita pelos moradores junto à imprensa. O problema foi registrado na rua Paricarana (antiga rua São Jerônimo), onde os usuários estão há pelo menos três meses enfrentando problemas com a falta d´água.

“Conforme informações da nossa engenharia, a comunidade Santa Bárbara é abastecida pela Estação de Tratamento de Água do Proama, no entanto, precisamos saber o que está acontecendo, e a empresa deverá nos apresentar esse plano de ação, porque, caso contrário, iremos aplicar uma penalidade, conforme prevê o contrato de concessão”, afirmou Fábio Alho.

Segundo a dona de casa Rita de Cássia Farias, que mora há cinco anos na comunidade, a água só começa a sair da torneira no final do dia e às vezes ela precisa contar com a colaboração dos vizinhos que têm poço. “Essa água é tudo para nós aqui. Com ela precisamos tomar banho, lavar a louça, limpar a casa, fazer comida e até beber, mas com essa situação, está ficando bem complicado. Até a reforma atrasou por causa desse desabastecimento”, afirmou a doméstica.

Além de contar com a rede da concessionária, alguns moradores também utilizavam um poço comunitário, e, como a bomba do poço queimou, os usuários passaram a depender somente do abastecimento da concessionária que tem apresentado falhas diariamente.

Na notificação encaminhada à empresa Águas de Manaus, a concessionária deverá informar as ações a serem implementadas para regularizar o abastecimento, bem como os respectivos prazos, além de fazer um monitoramento diário da rua Paricarana.

Águas de Manaus

A Águas de Manaus informou, por meio de nota enviada ao RealTime1, que vai responder a notificação da Agência Reguladora Municipal dentro do prazo estipulado.

Ainda conforme a nota, desde a semana passada, a empresa trabalha na rua Paricarana, na comunidade Santa Bárbara. A concessionária normalizou a situação de residências que estavam com o abastecimento impactado por conta de uma obstrução.

Na comunidade, a empresa diz que também identificou que algumas casas utilizavam ligações oriundas de um poço artesiano comunitário. “Por ter essa fonte alternativa de água, os moradores estavam com a ligação regular da concessionária cortada há anos e ficaram sem abastecimento quando o poço apresentou problemas recentemente. Estes moradores também tiveram a situação regularizada pela empresa nesta segunda-feira (12). A concessionária seguirá com equipes na região nos próximos dias, para monitorar o abastecimento”, diz o comunicado da empresa.

Da Redação, com informações da assessoria

Leia Mais:

Leia mais Dia a Dia

Hortaliças cultivadas no sistema prisional são doadas a instituições

Os produtos orgânicos são cultivados na horta do Centro de Detenção Provisória de Manaus 2 e foram doados a instituições de acolhimento.

23 de julho de 2021

Fiscalização do combustível de veículos da Semed em Humaitá é redobrada

A partir de agora, toda tentativa de abastecimento ilegal deve ser comunicada aos órgãos de controle, a fim de evitar fornecimento em desacordo com o solicitado.

23 de julho de 2021

Cadastro do Auxílio Estadual para trabalhadores da cultura é reaberto

O novo prazo foi determinado em decreto, que também simplifica as regras para o acesso. O valor do benefício é de R$ 600.

23 de julho de 2021

Negligenciada por Arthur, cratera na avenida Brasil será reparada

Segundo o vice-prefeito de Manaus, Marcos Rotta, o problema na via é antigo e foi negligenciado pela última administração, prejudicando uma faixa da pista.

23 de julho de 2021

Prefeitura e gestores tratam sobre a volta das aulas 100% presenciais

A meta da Prefeitura de Manaus é que os alunos do 5º ao 9º ano do ensino fundamental voltem a ter aulas 100% presenciais ainda este ano.

23 de julho de 2021

UBS Luiz Montenegro é entregue em novo endereço no bairro Planalto

Conforme a Prefeitura de Manaus, o endereço original da UBS é no bairro Lírio do Vale, mas o imóvel onde funcionava a unidade de saúde enfrenta problemas estruturais.

23 de julho de 2021

MPF-AM recomenda que 30% da merenda escolar saia da agricultura familiar

O MPF estabelece prazo de 15 dias, contados a partir do recebimento do documento, para prestação das informações sobre as medidas recomendadas.

23 de julho de 2021

UEA ganha prêmio internacional por balsa com recursos anti-Covid

Projeto 'Arapaima Gigas', desenvolvido pelo grupo de estudantes, teria capacidade para levar 300 pessoas de Manaus a Tefé, num percurso de 20 horas.

22 de julho de 2021