fbpx

quarta, 20 de janeiro de 2021

Setores de alimentação e entretenimento negociam mais flexibilizações

A reunião, que aconteceu na sede do Centro Integrado de Comando e Controle (CICC) da Secretaria de Segurança Pública do Amazonas, discutiu pontos de flexibilização.

27 de dezembro de 2020

Compartilhe

Diálogo entre o governo do estado e as entidades de classe do Amazonas já representa um avanço (Foto: Divulgação)

O Comitê de Enfrentamento à Covid-19 do Governo do Amazonas e empresários realizaram, na manhã deste domingo (27), uma nova rodada de negociações para a flexibilização do decreto que restringe o funcionamento do comércio não essencial em todo o Amazonas.

A reunião, que aconteceu na sede do Centro Integrado de Comando e Controle (CICC) da Secretaria de Segurança Pública do Amazonas, discutiu pontos de flexibilização para os setores de alimentação fora do lar e entretenimento.

“Pleiteamos algumas flexibilizações porque nosso setor é diferente do comércio. Ainda estamos em negociações e, para o bem dessas negociações, não podemos divulgá-las, até porque não temos respostas. Ainda estamos aguardando essas respostas”, explicou o presidente da Associação Brasileira de Bares e Restaurantes do Amazonas (Abrasel AM).

Mas apesar das indefinições, Fábio Cunha acredita que a abertura de diálogo entre o governo do estado e as entidades de classe do Amazonas já representa um avanço.

Ele lembra que o setor de alimentação foi um dos mais prejudicados ao longo do ano de 2020, devido as determinações de distanciamento social em virtude da pandemia do novo coronavírus.

“Para quem não tinha nada, acreditamos que [a flexibilização] é um ganho. Mas ainda não estamos totalmente satisfeitos. Nosso setor foi muito sacrificado e aimda está passando por esse sacrifício, principalmente em uma época em que esperávamos grande movimento para amenizar nossos prejuízos. Continuamos trabalhando para que melhore um pouco mais”, acredita.

Reportagem: Lucas Raposo

Leia Mais:

Veja mais notícias

Farmacêuticos planejam estoques em unidades de Saúde

São 30 profissionais que já estão atuando em hospitais e SPAs e vão informar sobre cobertura diária de estoques para auxiliar na programação de abastecimento pela Cema.

20 de janeiro de 2021

MPE-AM escolherá lista sêxtupla para vaga de desembargador

O desembargador Djalma Martins da Costa terá aposentadoria compulsoriamente no dia 23 de fevereiro, quando atingirá idade limite para permanecer no serviço público.

20 de janeiro de 2021

Imprensa Oficial produz mil máscaras e 3 mil rótulos de álcool em gel

Itens serão distribuídos pelo Fundo de Promoção Social e Erradicação da Pobreza a acompanhantes e familiares de pacientes com Covid-19 em unidades de saúde da capital.

19 de janeiro de 2021

PRT11 viabiliza 1.200 macacões impermeáveis para os hospitais do AM

Os EPI’s serão distribuídos gratuitamente entre os profissionais de saúde, sobretudo a técnicos de enfermagem, maqueiros e enfermeiros, que atuam na linha de frente.

19 de janeiro de 2021

Secretarias de Educação suspendem serviço de matrículas

A medida acontece em razão do avanço da pandemia do novo coronavírus (Covid-19) no Amazonas. Assim as novas datas para o retorno dos serviços não foram divulgadas.

19 de janeiro de 2021

ANAC divulga a lista de empresas autorizadas a transportar oxigênio

A iniciativa traz agilidade e amplia a contratação de aeronaves para o transporte de insumos médicos com segurança, principalmente para o Amazonas.

18 de janeiro de 2021

Inscrições abertas para processo seletivo de metrologia básica

O objetivo do curso é qualificar pessoas na área de medidas e medições para que tenham acesso a vagas no Polo Industrial de Manaus (PIM) e a concurso público do Inmetro.

18 de janeiro de 2021

Feirantes oferecem vendas de produtos regionais por meio de delivery

Devido o decreto governamental, as feitas na capital e interior estão suspensas e o serviço de delivery veio para minimizar os impactos econômicos no setor primário.

18 de janeiro de 2021