fbpx

terça, 20 de abril de 2021

Fecomércio AM propõe restrição parcial e gradual de comércio

Em nota divulgada na tarde deste sábado (26), Fecomércio AM aponta "inconsistências encontradas no decreto que restringe atividades comerciais não essenciais" no estado.

26 de dezembro de 2020

Compartilhe

Entidade defende a ideia de que o Comércio não é responsável pela disseminação do coronavírus (Foto: Reprodução)

A Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado do Amazonas (Fecomércio AM) divulgou nota, na tarde deste sábado (26), na qual aponta “inconsistências encontradas no decreto nº 43.234, de 23 de dezembro de 2020, que restringe atividades comerciais não essenciais”.

Na publicação, a entidade defende a ideia de que o Comércio não é responsável pela disseminação do coronavírus, já que o setor se adequou a todos os protocolos de segurança e não pode ser penalizado como sendo a raiz da pandemia.

Para os empresários, o que gera a proliferação da Covid-19 é o não respeito e adequação aos protocolos de segurança.

Ao afirmar que “compreende as dificuldades enfrentadas pelo sistema público de saúde em nosso estado”, a Fecomércio AM propõe a adoção de restrições parciais e graduais nas atividades não essenciais no estado.

Confira a nota na íntegra:

“A Fecomércio AM entende a necessidade de se reunir com o governador do Amazonas, Wilson Lima, com o intuito de pleitear ajustes em inconsistências encontradas no decreto nº 43.234, de 23 de dezembro de 2020, que restringe atividades comerciais não essenciais.

A entidade compreende as dificuldades enfrentadas pelo sistema público de saúde em nosso estado, mas destaca que o Comércio não é responsável pela disseminação do coronavírus, o que gera a sua proliferação é o não respeito e adequação aos protocolos de segurança.

A Fecomércio AM ratifica que entende a preocupação do governo estadual e se solidariza na busca em preservar a saúde da população, interrompendo o aumento no número de infectados e de mortos pelo coronavírus.

A entidade propõe a restrição de forma gradual e não em sua totalidade das atividades comerciais não essenciais, tendo em vista que o Comércio se adequou a todos os protocolos de segurança e não pode ser penalizado como sendo a raiz da pandemia.

A Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do AM conclama os empresários e trabalhadores do comércio a manterem os cuidados preventivos e assegura que irá manter o diálogo com o governo estadual, no intuito de mitigar os impactos das medidas restritivas sobre a atividade comercial”.

Leia mais:

Leia mais sobre Cidades

Adaf implanta internet via satélite em 51 unidades do Amazonas

A Adaf iniciou, na última semana, a implantação de internet via satélite em 51 Unidades de Sanidade Animal e Vegetal (Ulsavs) no interior do Amazonas.

19 de abril de 2021

Cultura abre nova chamada para adequação de propostas da Lei Aldir Blanc

A medida é voltada para os projetos que precisam de alterações devido aos decretos governamentais para enfrentamento da Covid-19 no Amazonas.

19 de abril de 2021

Tribunal de Contas do Amazonas avalia 22 processos nesta terça-feira

Entre os processos da pauta está a prestação de contas da então secretária de Assistência Social do Estado (Seas) em 2019, Maria Joseilda Pinheiro.

19 de abril de 2021

Instituto intensifica atendimento ao produtor em Itacoatiara

O Idam realizou atendimento a 150 pequenos produtores de oito comunidades de Itacoatiara, incluindo cadastramento para emissão do Cartão do Produtor Primário.

19 de abril de 2021

Fundação inicia ‘Semana dos Povos Indígenas’ nesta segunda-feira

Fundação Estadual do Índio lança a Semana dos Povos Indígenas, com programação que inicia nesta segunda-feira e vai até dia 23,

19 de abril de 2021

Sine retorna aos atendimentos presenciais no shopping Phelippe Daou

Os atendimentos ao público externo serão realizados mediante agendamento prévio no site do Sine, mas os serviços permancem em funcionamento pelo Whatsapp.

18 de abril de 2021

Mural de 34 metros recupera memória indígena no Centro Histórico

A Praça Dom Pedro II foi escolhida para receber a exposição por ser um antigo cemitério indígena de Manaus. O mural será inaugurado amanhã para comemorar o Dia do Índio.

18 de abril de 2021

Governo lança edital para criação da identidade visual de 125 anos do Teatro Amazonas

Podem participar pessoas físicas e jurídicas, maiores de 18 anos, artistas locais, profissionais e estudantes de artes, designer e publicidade. Inscrições vão até 31 de maio.

17 de abril de 2021