quinta-feira, 25 de julho de 2024

faça parte da Comunidade RT1

Auxílio Emergencial: valores devem ser incluídos no Imposto de Renda

Contribuinte deverá declarar valores do benefício, caso tenha recebido, junto com o Auxílio Emergencial, outros rendimentos tributáveis em valor anual superior a R$ 22,8 mil.
COMPARTILHE
auxílio emergencial imposto de renda

Beneficiários do Auxílio Emergencial deverão incluir os valores recebidos na Declaração do Imposto de Renda da Pessoa Física (DIRPF 2021), caso tenham recebido, junto com o benefício, outros rendimentos tributáveis em valor anual superior a R$ 22.847,76.

O anúncio foi feito pela Receita Federal nesta quarta-feira (24).

De acordo com a Receita, o contribuinte que tiver rendimento maior que esse valor deverá devolver o auxílio emergencial. Estima-se que cerca de 3 milhões de declarações em nível nacional possua algum tipo de devolução a ser feita.

Prazos

O prazo de envio terá início às 8h do dia 1º de março e terminará às 23h59min59s, horário de Brasília, do dia 30 de abril de 2021. Após essa data, o contribuinte que apresentar a declaração estará sujeito à multa pelo atraso. A expectativa é de que 32 milhões de declarações sejam enviadas até o final do prazo.

No Amazonas a expectativa gira em torno de 360.400 declarações.

Receba notícias do RT1 em primeira mão
quero receber no Whataspp
Quero receber no Facebook
Quero receber no Instagram

O Programa Gerador da DIRPF2021 já está disponível para download, assim como o aplicativo “Meu Imposto de Renda”.

Informações sobre como realizar a declaração e a devolução podem ser encontradas no site do Ministério da Cidadania.

Leia mais:

COMPARTILHE