domingo, 14 de julho de 2024

faça parte da Comunidade RT1

Aleam vai gastar R$ 248 mil com 100 telefones, 50 TV´s e bebedouros

As duas licitações de quase 250 mil reais vão servir para comprar uma série de aparelhos do parlamento. Diretoria da Aleam ainda não justificou a compra.
COMPARTILHE
assembleia

A Assembleia Legislativa do Amazonas (Aleam) vai gastar R$ 248,9 mil para comprar telefones, televisores e bebedouros de empresas vencedoras de duas licitações homologadas e publicadas no Diário Oficial da Casa disponibilizado nesta segunda feira (8)

A primeira licitação é referente à empresa Alexandre Auzier de Souza Me (Suprex Suprimentos, Importação e Comércio) e tem como objeto o fornecimento de 30 bebedouros alimentados por garrafões de 20 litros ao custo de R$ 930 cada; 100 telefones sem fio com identificador de chamadas DTMF e FSK1 ao custo unitário de R$ 249 e 50 televisores Samsung LED 42 polegadas Full HD, com duas entradas USB, conversor digital integrado e controle remoto que vão custar R$ 2.640 cada.

A empresa Ricardo Takashi Yamashita – Epp (Techline) foi a outra vencedora da licitação. Nesse caso, os produtos a serem adquiridos são: 50 garrafões de 20 litros de Polietileno (PET) para água mineral ao custo unitário de R$ 28 e 10 refrigeradores com expositor tipo vertical de 01 porta; com capacidade 414 litros e iluminação interna ao custo de R$ 6.270 cada.

Apesar das licitações terem como princípio básico o menor preço, em um rápida pesquisa em uma conhecida loja de departamentos da capital, é possível encontrar um bebedouro no mesmo estilo por R$ 879 e um telefone fixo por R$ 232. Já o garrafão de 20 litros de agua mineral é vendido por R$ 19,90 na distribuidora consultada pelo Realtime1.

O que também gera estranheza é a quantidade de produtos, já que a Casa conta com apenas 24 deputados estaduais que, presencialmente, só precisam estar às terças, quartas e quintas-feiras na Aleam.

Receba notícias do RT1 em primeira mão
quero receber no Whataspp
Quero receber no Facebook
Quero receber no Instagram

No mês passado, a Casa Legislativa prorrogou por mais 12 meses, dois contratos com empresas na área de tecnologia que, se somados, chegam a R$ 1.920.000 nesse período. Recentemente, a Aleam disponibilizou um tablet para cada parlamentar, aparelhos que não são usados por todos os deputados, conforme observa a equipe do RealTime1 durante as coberturas no plenário.

Sobre a justificativa para estas compras neste momento de crise financeira, a assessoria da Aleam se limitou a informar: “Essa licitação é para uma Ata de Registro de Preços com validade de 12 meses. Ou seja, a Assembleia vai pedindo os produtos de acordo com a necessidade e só paga o que efetivamente pedir”.

Texto: João Luiz Onety

Leia Mais:

COMPARTILHE