quarta-feira, 17 de julho de 2024

faça parte da Comunidade RT1

85% dos brasileiros avaliam que as fake news impactam no voto

Pesquisa Ipec mostrou que os jovens são os que mais acreditam que as notícias falsas podem ter algum impacto na eleição. Os idosos são os que menos verificam as informações.
COMPARTILHE
Imagem de uma urna eletrônica
Três meses antes das eleições os prefeitos-candidatos não pode fazer inaugurações, divulgar atos da gestão e contratar shows artísticos

Pesquisa do Instituto Ipec, divulgada na segunda-feira (5), revelou que 85% dos eleitores brasileiros acreditam que as fake news podem impactar na eleição deste ano.

Os que dizem que as fake news não devem influenciar no voto são 12%, enquanto os que não sabem ou não responderam são 3%.

Jovens, com idade entre 16 e 24 anos, são os que mais acreditam (91%) que as notícias falsas podem ter algum impacto na eleição. Os eleitores com 60 anos ou mais são os que menos enxergam o impacto das notícias falsas (75%).

Frequência e apuração

Além disso, 33% dos entrevistados afirmam que se deparam “sempre” com informações falsas. Outros 22% responderam “quase sempre” e 24%, “às vezes”. Os que disseram que veem “raramente” ou “nunca” são 9% e 8%, respectivamente.

Ao ser questionado sobre o que faz ao se deparar com uma notícia nova: 43% disseram que sempre verificam, enquanto 27% afirmam que às vezes verificam e 12%, raramente. Outros 15% nunca verificam. Não sabem ou não responderam 2% dos entrevistados. Os idosos são os que menos checam as veracidades das informações (26%), conforme a pesquisa.

Receba notícias do RT1 em primeira mão
quero receber no Whataspp
Quero receber no Facebook
Quero receber no Instagram

O Ipec entrevistou 2.512 pessoas em 158 municípios entre 2 e 4 de setembro. A margem de erro é de dois pontos percentuais para mais ou para menos, considerando um nível de confiança de 95%. A pesquisa foi registrada no Tribunal Superior Eleitoral sob o número BR-00922/2022.

Da redação

Leia Mais:

COMPARTILHE