fbpx

quinta, 18 de agosto de 2022

O combate ao desmatamento da região amazônica recebeu nesta segunda-feira (16) um reforço do governo do Amazonas com a disponibilização de 5 mil itens para auxiliar o trabalho em campo das Forças de Segurança. A Operação ‘Tamoiotatá’ terá o seu efetivo ampliado e receberá novos dispositivos tecnológicos para o monitoramento de queimadas e invasões ilegais de terra via satélite.

A chegada do verão amazônico, de acordo com o presidente do Instituto de Proteção Ambiental (Ipaam), Juliano Valente, acendeu o alerta para o aumento do desmatamento ilegal na região do Sul do Amazonas, em especial nos munícipios de Apuí, Lábrea e Boca do Acre. Para coibir essas ações, o estado vai integrar o programa Brasil M.A.I.S, do Ministério da Justiça, e utilizará dispositivos de monitoramento via satélite para definir ações contra os crimes ambientais.

Satélites em alta resolução

O equipamento irá realizar o monitoramento e consciência situacional da florestas por sensoriamento remoto, com 130 satélites com alta resolução. Dessa forma será possível identificar o desmatamento ilegal, focos de queimadas, rompimento de barragens, áreas de mineração irregulares, pistas clandestinas, fraudes em manejos florestais e em obras.

“Essa ferramenta vem inaugurar a implementação de uma nova forma de combate aos ilícitos e trás o elemento chamado inteligência, agregando ferramenta tecnológica, infraestrutura que está sendo desenvolvida no Ipaam e que em breve o governador irá anunciar”, adiantou Valente.

O projeto seguirá com a parceria com o Centro Integrado de Controle e Comando (CICC) da Secretária de Segurança Pública (SSP), o Ministério da Justiça, Polícia Federal, o Ipaam e a Secretaria de Estado do Meio Ambiente (Sema), da a largada para a segunda fase da Operação ‘Tamoiotatá’ que atua previamente contra o desmatamento, para diminuir a quantidade de áreas prontas para a queima no período de estiagem.

Entre os estados da Amazônia Legal, o Amazonas passa a contar com a maior estrutura de monitoramento tecnológico e todos os dados serão compartilhados com o Ministério da Justiça. De acordo com o governador Wilson Lima (PSC), além do investimento em tecnologia o estado planeja ainda avançar na legislação ambiental para facilitar a regularização fundiária regulamentação de atividades sensíveis como a pecuária e a exploração madeireira.

“Hoje é um dia muito importante, porque damos uma resposta significativa para aqueles que insistem em descumprir a legislação, para os que insistem em destruir as nossas riquezas naturais e de maneira ilegal invadem as florestas do Amazonas para desmatar e empobrecer cada vez mais a nossa população”, enfatizou o governador.

Segundo o titular da Sema, Eduardo Taveira, os municípios devem receber ainda a formação para brigadistas e a ações de conscientização dos cidadãos com financiamento do Banco de Desenvolvimento Alemão. “O nosso objetivo aqui não é só a repressão, mas sobretudo fazer com que aquelas pessoas que trabalhando de forma correta estejam dentro da legalidade”, disse o secretário acrescentando que serão utilizados também drones para monitoramento de focos de incêndios em tempo real.

Texto: Giovanna Marinho

Veja mais vídeos

Comunidades indígenas vão ganhar Plano de Ordenamento Turístico da Amazonastur

As ações são divididas em quatro eixos com o intuito de divulgar as comunidades indígenas para diferentes destinos e promover o etnoturismo.

Há 7 horas 17 de agosto de 2022

De empresários a misses e policiais: 424 nomes disputam vaga na Aleam

Dos 23 partidos que lançaram nomes para Aleam, 10 apostaram em chapa completa, com 25 candidatos. O número de candidaturas deste pleito reduziu em relação às eleições 2018.

Há 9 horas 17 de agosto de 2022

Governo do AM anuncia reestruturação do Distrito de Microempresas

O espaço do Dimpe existe desde 2008 e possui 20 galpões gerando 300 empregos diretos.

Há 11 horas 17 de agosto de 2022

Primeira orquestra geek de Manaus estreia amanhã (18)

A primeira formação do gênero, em Manaus, que se dedica exclusivamente ao repertório dos jogos, animes e séries.

Há 13 horas 17 de agosto de 2022

Jingles de Amazonino, Braga e Wilson apostam em ritmos populares

Jingles de três candidatos têm elementos do axé, arrocha e música de beiradão, variam no tamanho dos versos e apresentam também coreografia para as redes sociais.

Há 15 horas 17 de agosto de 2022

Maior lago da Itália sofre com seca intensa no país

O leito de rochas, semelhante a uma praia, surgiu devido à falta de chuvas e ao constante uso de água para irrigar campos agrícolas durante o verão.

Há 17 horas 17 de agosto de 2022

TikTok é a principal rede social de crianças e adolescentes brasileiros, diz pesquisa

O TikTok é o mais usado apontado como a principal rede social por 34% dos usuários de internet entre 9 e 17 anos.

Há 18 horas 17 de agosto de 2022

Mesmo após corte, gasolina segue mais cara no Brasil que no exterior

Segundo cálculos da Abicom, o preço médio do produto nas refinarias do país estava R$ 0,27 por litro acima da paridade na abertura do mercado.

Há 19 horas 17 de agosto de 2022

Segundo Codam, AM atraiu R$ 41 bilhões em investimentos industriais em 3 anos

O Codam aprovou 716 projetos econômicos, entre implantação de novos negócios, diversificação produtiva.

Há 1 dia 16 de agosto de 2022

Maioria das mulheres nas chapas para governos é para o cargo de vice

O Amazonas bateu o recorde de mulheres indicadas ao cargo de vice entre as oito candidaturas ao Governo do Estado e no Brasil , o total é de 85 candidatas ao cargo.

Há 1 dia 16 de agosto de 2022

Comissão de Propaganda Eleitoral se reúne para planejamento de fiscalização

Uma força tarefa foi montada formando a Comissão de Propaganda Eleitoral. A intenção é combater possíveis crimes eleitorais nas Eleições 2022.

Há 1 dia 16 de agosto de 2022

Queimadas no AM: agosto já supera focos de incêndio registrados nos últimos sete meses

De acordo com o INPE mais de 2 mil focos de queimadas foram registrados no Amazonas nos quinze primeiros dias de agosto.

Há 2 dias 16 de agosto de 2022