fbpx

sábado, 29 de janeiro de 2022

O governador Wilson Lima (PSC) lançou, na manhã desta sexta-feira (23), o programa ‘Educa+Amazonas’. Abrangendo 13 projetos, o Educa+ busca transformar o segmento em todos os 62 municípios com o intuito de formar estudantes com pensamentos mais críticos, com um preparo mais efetivo para os desafios futuros.

Segundo o Governo, os 13 projetos têm o intuito surgem para “transformar a educação amazonense” e vão apresentar novas propostas curriculares com foco em valorizar e priorizar jovens talentos do Amazonas, sem esquecer de qualificar e valorizar os profissionais desta área.

Com investimento da ordem de R$ 400 milhões, o programa Educa+Amazonas foca principalmente em quatro eixos prioritários: recuperação da aprendizagem, qualificação e reconhecimento dos profissionais da educação, preparação do estudante para o futuro e meio ambiente e sustentabilidade.

“Hoje, nosso governo cumpre 80% daqueles compromissos que foram assumidos em 2018. Me envaidece, mas me faz ver a responsabilidade do que temos pela frente. O que estamos fazendo é a pavimentação de um caminho seguro para quem está na sala de aula. Estamos trabalhando para tornar nossa educação de excelência”, disse o governador.

Os 13 projetos do Educa+Amazonas são:

Mestre qualificado – vai ofertar cursos de pós-graduação em parceria com a Universidade do Estado do Amazonas (UEA) aos mais de 15 mil professores dos 62 municípios. A ação vai colocar o estado como o local com mais professores pós-graduados do país;

Educação premiada – vai garantir 14º e 15º salários aos professores que garantirem a meta de aprendizagem de seus estudantes no ano letivo;

Trilhas do saber – vai oferecer oficinas e workshops por meio das caravanas de formação. O projeto será voltado para os servidores do interior e terá a parceria do Centro de Educação Tecnológica do Amazonas (Cetam);

Sepam Digital – refere-se à criação de uma escola de formação à distância, com cursos disponibilizados aos servidores da educação;

Pronto para a aula – além da volta da entrega, pelo Estado, do fardamento e kit escolar aos alunos, a partir de agora serão disponibilizados livros voltados à preparação para o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) e Sistema de Avaliação da Educação Básica (Saeb);

Contraturno digital – oferta de aulas de reforço gratuitas em TV aberta e/ou internet para alunos do Ensino Fundamental e Médio;

Fazer para aprender – 100 escolas serão contempladas em 2021 com laboratórios que permitirão a autonomia dos estudantes à aprendizagem de robótica e outras novas medidas pedagógicas para incentivá-los ao protagonismo educacional;

Edutec – promoverá o ensino de linguagens de programação e a cultura digital para alunos do 9º ano do Ensino Fundamental para o desenvolvimento das habilidades de lógica e pensamento crítico;

Na ponta da língua – já a partir de agosto, serão ofertadas aulas de inglês e espanhol para alunos dos ensinos Fundamental e Médio aos sábados. E, mais ainda, o projeto prevê a oferta de intercâmbio internacional aos alunos que se destacarem;

Da escola para o trabalho – usará a dinâmica das escolas do tempo integral, também em parceria com o Cetam, oferecendo cursos profissionalizantes para que os alunos sejam encaminhados a estágios remunerados no último ano, saindo da escola com dupla certificação;

Educação empreendedora – criado para que os estudantes desenvolvam competência para pensar em negócios, incentivando leituras de mercado e criação de plano de negócios que serão apresentados na Feira de Negócios dos Estudantes do Amazonas;

Escola da floresta – serão construídas escolas sustentáveis em Presidente Figueiredo, Itapiranga e Beruri, apresentando propostas pedagógicas que alimentem um novo ecossistema de negócios;

Fazenda-escola – atividades do setor primário servirão de carro-chefe para alunos dos anos iniciais. Eles vão vivenciar a realidade do campo e experimentar atividades como extrativismo, visando desenvolver valores que estimulem a criatividade para aproveitar as potencialidades do nosso estado.

Ainda na solenidade, todos os decretos de criação dos projetos foram assinados pelo governador Wilson Lima e partes envolvidas.

O titular da Secretaria de Estado de Educação e Desporto (Seduc), Luis Fabian, aproveitou o momento do discurso para elencar as ações da pasta que, mesmo na pandemia, teve reconhecimento nacional como quando apresentou o programa Aula em Casa, para que os estudantes continuassem recebendo os conteúdos programáticos mesmo fora das salas de aula. Segundo ele, a Seduc sempre teve um projeto “robusto” para o Amazonas, mas que por causa da Covid ficou impedida de realizá-las.

“O futuro começou ontem e já estamos bem atrasados em relação a avançar com a Educação no Amazonas. Mas o momento de hoje coroa o trabalho de todos os nossos servidores. Não podíamos entregar menos que o melhor, porque sabíamos que o melhor ainda estava por vir. E veio. O melhor para os servidores e para os estudantes É uma nova era para o Amazonas”, disse o secretário de educação, garantindo que diante do Educa+ não permitirá retrocessos para o segmento.

Texto: Rosianne Couto

Veja mais vídeos

Quadras de escolas de samba terão pontos de vacinação contra Covid

Os postos serão nas quadras de oito escolas de samba do Grupo Especial da capital, no dia 5 de fevereiro.

Há 9 horas 28 de janeiro de 2022

Cetam abre 950 vagas para cursos EAD no Amazonas

As vagas são destinadas aos cursos técnicos em Administração e Guia de Turismo Regional. Os interessados podem se inscrever a partir do dia 5 de fevereiro.

Há 10 horas 28 de janeiro de 2022

Centro de Testagem para Covid do Studio 5 encerra as atividades hoje

O atendimento seguirá ao longo do dia e após às 17h, o serviço deixará de ser oferecido naquele local.

Há 13 horas 28 de janeiro de 2022

Pré-candidato a deputado Federal, Saullo Vianna caminha com Wilson e David

Em entrevista à TV RealTime1, o deputado estadual revelou os planos dele para disputar vaga na Câmara Federal e os bastidores da política local.

Há 14 horas 28 de janeiro de 2022

Após vacinação, mortalidade de internados com Covid no SUS cai 37%

Segundo dados do Sistema de Informações Hospitalares do SUS, a taxa de mortalidade de pacientes internados com Covid em novembro foi de 16,3%, a menor da série histórica.

Há 14 horas 28 de janeiro de 2022

Desemprego recua, mas ainda atinge 12,4 milhões de brasileiros

Apesar do recuo, o rendimento real dos trabalhadores caiu. A queda é de 4,5% frente ao trimestre anterior, para R$ 2.444. É o menor rendimento da série histórica do IBGE.

Há 15 horas 28 de janeiro de 2022

Manaus ainda não está pronta para o 5G, diz Ministério das Comunicações

A capital não consta na lista divulgada pelo Ministério das Comunicações. Para implantar o sistema, são necessárias atualizações tecnológicas e jurídicas locais.

Há 16 horas 28 de janeiro de 2022

Carreta Vacina Amazonas passa a atender o bairro Nova Vitória

De acordo com a Secretaria de Estado de Saúde, desde que a ação foi lançada, mais de 23 mil doses foram aplicadas.

Há 18 horas 28 de janeiro de 2022

Amazonas investe R$ 61 milhões em pesquisas e quer popularizar Ciência

O anúncio do investimento foi feito pelo Wilson Lima na tarde desta quinta (27). Na ocasião, Márcia Perales destacou que o Governo tem honrado compromissos com a Ciência.

Há 1 dia 27 de janeiro de 2022

Ministério da Saúde e Anvisa atualizam regras para doação de sangue

De acordo com nota técnica divulgada, quem foi infectado por Covid fica inapto para doação por dez dias após se recuperar da doença.

Há 1 dia 27 de janeiro de 2022

Governo do Amazonas zera fila de cirurgias e consultas em cinco áreas

Antes das ações de intensificação dos procedimentos cirúrgicos na rede estadual de saúde, o tempo de espera era entre oito meses a um ano.

Há 1 dia 27 de janeiro de 2022

5 milhões de m³/dia: consumo de gás natural atinge volume inédito no AM

Volume demandado em 2021 alcançou média de 5,2 milhões de m³/dia, alta de 5,5 % em comparação com o ano de 2020, segundo cálculos da Cigás.

Há 1 dia 27 de janeiro de 2022