fbpx

quarta, 16 de junho de 2021

No ano em que a pandemia de Covid-19 matou quase 200 mil brasileiros (março a dezembro de 2020), o Produto Interno Bruto (PIB) despencou 4,1%, a expectativa de vida reduziu dois anos e a renda das famílias voltou aos patamares de 2009, o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) divulgou dados da PNAD  Contínua mostrando que um ano antes a situação do Amazonas já era de calamidade social, com mais de dois milhões de amazonenses (47,4 da população) vivendo abaixo da linha de pobreza, o que equivale a viver com menos R$ 31,2 por mês.  Essa marca de miseráveis é a pior entre os Estados brasileiros pesquisados.

Conforme a PNAD, o número de amazonenses na miséria aumentou em relação ao ano anterior, quando 45.7% da população estava nessa condição. De acordo com o IBGE, o menor percentual de população amazonense nessa situação degradante foi registrado em 2014, quando esse índice foi de 41,7%.

Do total de amazonenses vivendo abaixo da linha da pobreza em 2019, aproximadamente 500 mil pessoas (14,4%) estavam na miséria extrema, vivendo com menos de R$ 10,8 por mês. Todos estes indicadores cresceram em relação a 2018.

De acordo com o coordenador de Divulgação do IBGE, Adjalma Nogueira, somente em Manaus, a PNDA indica que 780 mil pessoas estão abaixo da linha da pobreza, o equivalente a 220 mil famílias.  Esses números  são importante, na avaliação dele, para que os gestores possam desenvolver políticas públicas de redução das desigualdades.

Entre essas políticas podem estar os auxílios criados pelo Governo do Estado e pela prefeitura de Manaus para ajudar os trabalhadores afetados pelas medidas de restrição adotadas em função da pandemia de Covid-19.

Texto: Gerson Severo Dantas

Veja mais vídeos

Confira os destaques do Real Time 1 desta terça-feira.

Há 4 horas 15 de junho de 2021

Violência contra idoso cresceu 21% em Manaus em 2021

Em 2020 foram de janeiro a abril 2.292 crimes contra idosos. Em 2021, durante o mesmo período, foram 637 casos a mais.

Há 5 horas 15 de junho de 2021

Governo assina acordos que podem fechar lixões e despoluir rios

A despoluição de rios, a logística reversa de resíduos e a transformação de lixo em energia são os objetivos de três acordos de cooperação assinados.

Há 6 horas 15 de junho de 2021

Secretaria de Educação do AM reabre inscrições para supletivo

As inscrições são gratuitas e seguirão até o próximo dia 23 de junho. A atividade estava suspensa devido a pandemia.

Há 8 horas 15 de junho de 2021

Familiares de desaparecidos já podem doar material genético

O objetivo é possibilitar a identificação de pessoas desaparecidas por meio de exames e bancos de perfis genéticos.

Há 10 horas 15 de junho de 2021

Acompanhe o RT1 Notícias desta terça-feira (15)

Há 10 horas 15 de junho de 2021

China cria vacina contra a Covid por meio de inalação

Segundo a pesquisadora da vacina, o imunizante têm várias vantagens em relação à injetável como a inalação direta e o produto não requer armazenamento.

Há 13 horas 15 de junho de 2021

Pandemia afetou a relação dos fumantes com o cigarro

Segundo estudo, pessoas que afirmaram ter passado a fumar mais alegaram que a motivação foi o aumento nos níveis de estresse.

Há 14 horas 15 de junho de 2021

Confira os destaques do Real Time1 desta segunda

Há 1 dia 14 de junho de 2021

Ovos de crocodilo com 80 milhões de anos são encontrados no Brasil

Os ovos estavam no sítio paleontológico de Presidente Prudente. A estimativa é de que fósseis pertençam a ‘Era dos Dinossauros’.

Há 1 dia 14 de junho de 2021

Abate de frangos cresce 2,5% no Brasil

O abate de frangos no país chegou a 1,51 bilhão de animais no primeiro trimestre deste ano, segundo o IBGE.

Há 1 dia 14 de junho de 2021

Wilson Lima diz que Manaus terá novo mutirão de vacina

Em coletiva na manhã desta segunda-feira (14), o Governador do Amazonas afirmou que um novo mutirão deve ocorrer em 15 dias.

Há 1 dia 14 de junho de 2021