fbpx

sábado, 21 de maio de 2022

Passa a valer nesta quinta-feira (12) a alíquota zero do imposto de importação de sete categorias de produtos alimentícios. A redução do tributo foi decisão foi tomada pelo Comitê-executivo de Gestão da Câmara de Comércio Exterior (Gecex/Camex), do Ministério da Economia.

Em coletiva de imprensa para detalhar as medidas, o secretário-executivo da pasta, Marcelo Guaranys, disse que o objetivo da medida é conter o avanço da inflação no país.

“Sabemos que essas medidas não revertem a inflação, mas aumentam a contestabilidade dos mercados. Então, o produto que está começando a crescer muito de preço, diante da possibilidade maior de importação, os empresários pensam duas vezes antes de aumentar tanto o produto. Essa é a nossa lógica com esse instrumento”.

Em abril, o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), que mede a inflação oficial, fechou em 1,06%. Foi o índice mais alto para um mês de abril desde 1996 (1,26%). Segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), que calcula o IPCA, a inflação acumulada em 12 meses está em 12,13%.

Segundo secretária da Câmara de Comércio Exterior, Ana Paula Repezza, a redução de impostos vale até o dia 31 de dezembro deste ano.

Os produtos alimentícios que tiveram a alíquota de importação totalmente zeradas são:

– carnes desossadas de bovino, congeladas (imposto era de 10,8%);

– pedaços de miudezas, comestíveis de galos/galinhas, congelados (imposto era de 9%);

– farinha de trigo (imposto era de 10,8%);

– outros trigos e misturas de trigo com centeio, exceto para semeadura (imposto era de 9%);

– bolachas e biscoitos, adicionados de edulcorante (imposto era de 16,2%);

– outros produtos de padaria, pastelaria, indústria de biscoitos, etc. (imposto era de 16,2%) e

– milho em grão, exceto para semeadura (imposto era de 7,2%).

O Ministério da Economia informou que o impacto com a renúncia tributária pode chegar a R$ 700 milhões até o final do ano. Não há necessidade de compensação fiscal, por se tratar de um imposto regulatório, e não arrecadatório.

“O imposto de importação tem uma função que não é arrecadatória, a função dele é de regulação de mercado. O motivo por trás é a regulação do mercado, seja para um lado, seja para o outro”, explicou o secretário-executivo adjunto da Camex, Leonardo Diniz Lahud.

Mais reduções de impostos

Além de zerar a alíquota de importação de produtos alimentícios, a Camex também reduziu ou zerou o imposto sobre outros produtos importados. Dois deles são insumos usados na produção agrícola.

O ácido sulfúrico, utilizado na cadeia de fertilizantes, teve alíquota de 3,6% de imposto zerada. Já o mancozebe, um tipo de fungicida, teve o imposto de 12,6% para 4%.

Foram reduzidos ainda os impostos de dois tipos de vergalhão de aço, atendendo a um pleito do setor de construção civil, e que já estava sob análise no Ministério da Economia. Esses vergalhões, que tinham imposto de importação de 10,8%, agora vão pagar 4%.

“A característica mais importante desses pleitos e que os diferenciam dos pleitos relacionados a alimentos, é que este é um pleito que vinha sendo analisado tecnicamente no ministério há pelo menos oito meses”, justificou Ana Paula Repezza, sobre a redução na tarifa de importação dos vergalhões de aço.

Fonte: Agência Brasil

Veja mais vídeos

Brasil terá geração mais pobre com fechamento de escolas na pandemia, diz FMI

Aprendizado incompleto na pandemia pode diminuir o rendimento médio dessa geração de estudantes em 9,1%. Prognóstico coloca o país na 3ª pior posição entre os países do G20.

Há 9 horas 20 de maio de 2022

Elon Musk se encontra com Bolsonaro para tratar da conectividade na Amazônia

A empresa de Musk, a rede de satélites Starlink, já tem o aval da Anatel para operar satélites de órbita baixa no Brasil.

Há 11 horas 20 de maio de 2022

Queda no consumo preocupa empresários da indústria amazonense

Com mais de 90% da produção do PIM destinada ao mercado interno, empresários afirmam que a queda no consumo reflete em menor operação das fabricantes.

Há 12 horas 20 de maio de 2022

‘Vejo o governador asfaltando ramais que nunca foram asfaltados’, diz pré-candidato do Republicanos

Membro da Igreja Universal do Reino de Deus, pastor Glauber Moré é pré-candidato à deputado federal pelo Republicanos, partido comandado por Silas Câmara no AM.

Há 14 horas 20 de maio de 2022

Produtividade zero: sete vereadores não apresentaram PLs este ano

No último ano, a produção legislativa dos vereadores se resumiu a apresentação de moções, requerimentos e indicações à Prefeitura de Municipal de Manaus.

Há 14 horas 20 de maio de 2022

Brasil tem eleitorado cada vez mais velho, diz pesquisa

Segundo a pesquisa, esse envelhecimento do eleitorado brasileiro deve dificultar a aprovação de pautas consideradas ‘progressistas’.

Há 16 horas 20 de maio de 2022

Governo do AM investe R$ 60 milhões na modernização de aeroportos do interior

O programa ‘Aero Mais Amazonas’ engloba investimentos nos aeroportos de Maués, Lábrea, Fonte Boa, Novo Aripuanã, Humaitá, Pauini, Itacoatiara e Parintins.

Há 17 horas 20 de maio de 2022

Estudantes só poderão ter acesso a ensino domiciliar se matriculados em instituições de ensino

Para que o aluno tenha educação domiciliar, é necessário que um dos pais ou responsáveis tenha escolaridade de nível superior ou tecnológica reconhecida pelo MEC.

Há 18 horas 20 de maio de 2022

Sede do Atlético Rio Negro Clube será tombada como Patrimônio Histórico e Artístico do AM

O tombamento do clube como patrimônio material acontece por conta do significado que ele representa ao povo do estado e os elementos arquitetônicos do Palácio Dórico.

Há 1 dia 19 de maio de 2022

Petrobras lança edital que destina R$ 20 milhões para startups

Vencedores da etapa final recebem investimento financeiro, mentoria para projetos e modelo de negócios. Têm, também, a oportunidade de se tornarem fornecedores da Petrobras.

Há 1 dia 19 de maio de 2022

Trecho da Av. Constantino Nery será interditado para jogo entre Guarani x Vasco

O trecho no entorno da Arena da Amazônia, será interditado nesta quinta-feira (19), a partir das 18h, no sentido bairro/Centro.

Há 1 dia 19 de maio de 2022

‘Gestor público tem que ser jovem, ele tem que andar e estar perto do povo’, avalia Liliane Araújo

A jornalista é pré-candidata à deputada federal (Avante-AM), ela ainda afirma ter interesse em disputar o Senado, caso o diretório do partido mude de ideia.

Há 2 dias 19 de maio de 2022