fbpx

sexta, 28 de janeiro de 2022

segmento imobiliário do estado deverá encerrar o ano com faturamento de R$1,1 bilhão e crescimento de 15% em relação a 2020. A previsão foi divulgada pela Associação das Empresas do Mercado Imobiliário do Amazonas (Ademi-AM), nesta quarta-feira (22). O desempenho positivo foi puxado pela maior demanda por imóveis dos segmentos convencionais.

O diretor da Ademi-AM, Henrique Medina, disse que o setor imobiliário mostrou resiliência ao ‘driblar’ as dificuldades impostas pelo cenário econômico e fechar o ano com saldo positivo em vendas e faturamento.

Medina destacou que o primeiro trimestre de 2021 foi o período com os menores registros de vendas desde o início da série histórica (2015), fato que não impediu o crescimento anual, que foi impulsionado pela inflação..

“Foi um ano extremamente difícil, mas conseguimos concluir o ano com projeções de crescimento. A alta da inflação gerou aumento no preço dos insumos de uma forma que nunca esperamos. Mas o mercado imobiliário é resiliente e se adapta às mudanças”, comentou.

De acordo com o diretor, ao longo do ano o setor registrou um novo perfil consumidor, o de maior renda, público menos afetado pelos elevados índices inflacionários. O maior volume de empreendimentos comercializados, neste ano, foi o de imóveis dos segmentos convencionais, que são os imóveis fora da categoria popular (Casa Verde Amarela).

“Neste ano verificamos uma mudança no perfil do consumidor em relação a 2020. No ano anterior o maior número de empreendimentos lançados eram de unidades econômicas, ou o Casa Verde Amarela. A partir de 2021, devido a alta da inflação as famílias com renda mais baixa foram afetadas, enquanto as de maior renda foram menos impactadas e conseguiram comprar o imóvel”, disse.  

Expectativas para 2022

Para 2022, a associação mantém expectativas positivas para o mercado. Medina acredita que a inflação deverá perdurar em 2022 pressionando os preços dos materiais de construção. Mesmo assim, ele afirma que o setor deverá adotar estratégias para manter o volume positivo de vendas, que segundo ele, deverá superar os números de 2021.

Números por trimestre

No terceiro trimestre o setor registrou R$ 274 milhões em vendas, número 9,8% menor que o contabilizado no segundo trimestre quando o mercado imobiliário alcançou R$304 milhões. No mês de outubro a margem de vendas foi de R$122 milhões.  A soma dos meses de janeiro a outubro acumula um montante de R$862 milhões.

Na comparação do terceiro trimestre com igual período do ano anterior o resultado aponta queda de 6% nas unidades vendidas. Do total de vendas de julho a setembro 746 foram do padrão econômico, 360 nos demais padrões verticais, 199 em unidades horizontais e 16 unidades comerciais.

Os bairros que representaram juntos 72,8% das unidades vendidas neste período, foram: Parque Mosaico (400), Lago Azul (195), Ponta Negra (185), Tarumã (150), Colônia Terra Nova (95) e Tarumã Açu (70).

Texto: Priscila Caldas

Veja mais vídeos

Amazonas investe R$ 61 milhões em pesquisas e quer popularizar Ciência

O anúncio do investimento foi feito pelo Wilson Lima na tarde desta quinta (27). Na ocasião, Márcia Perales destacou que o Governo tem honrado compromissos com a Ciência.

Há 4 horas 27 de janeiro de 2022

Ministério da Saúde e Anvisa atualizam regras para doação de sangue

De acordo com nota técnica divulgada, quem foi infectado por Covid fica inapto para doação por dez dias após se recuperar da doença.

Há 6 horas 27 de janeiro de 2022

Governo do Amazonas zera fila de cirurgias e consultas em cinco áreas

Antes das ações de intensificação dos procedimentos cirúrgicos na rede estadual de saúde, o tempo de espera era entre oito meses a um ano.

Há 7 horas 27 de janeiro de 2022

5 milhões de m³/dia: consumo de gás natural atinge volume inédito no AM

Volume demandado em 2021 alcançou média de 5,2 milhões de m³/dia, alta de 5,5 % em comparação com o ano de 2020, segundo cálculos da Cigás.

Há 8 horas 27 de janeiro de 2022

TCE autoriza republicação de edital da Secretaria Estadual de Saúde

Algumas das imposições do edital estavam em desacordo com leis estaduais, configurando risco de contratações irregulares.

Há 10 horas 27 de janeiro de 2022

Aadesam lança edital para atuação no Projeto Prosamin+

As inscrições iniciam na próxima sexta-feira, dia 28 e vão até 10 de fevereiro e podem ser feitas pela Internet.

Há 11 horas 27 de janeiro de 2022

AM: casos diários de Covid se mantêm acima de 6 mil pela 6ª vez este ano

A primeira vez que o Estado registrou mais de 6 mil casos diários em um único dia deste ano foi no último dia 19, porém o pico foi no dia 20, com 8.319 novos casos de covid.

Há 12 horas 27 de janeiro de 2022

Onze partidos terão tempo máximo de rádio e TV no 1º semestre de 2022

As legendas que terão acesso ao tempo de rádio e TV poderão exibir peças de propaganda que difundam os ideais partidários, com duração de 20 minutos e 40 inserções para cada.

Há 13 horas 27 de janeiro de 2022

‘Trabalhando a Liberdade’ capacitou mais de 700 reenducandos em 2021

As capacitações alcançaram as unidades da capital e dos municípios de Maués, Itacoatiara, Parintins, Tabatinga e Humaitá.

Há 14 horas 27 de janeiro de 2022

AM terá Encontro sobre “Visibilidade Trans Direito e Respeito: Uma questão de saúde”

O evento será online na sexta-feira (28), às 9h pelo YouTube. Três palestras estão programadas.

Há 16 horas 27 de janeiro de 2022

Governo do AM cria plano contra violência de pessoa idosa

O plano terá atendimentos com psicólogos e assistentes sociais, bem como orientação e escuta qualificada a fim de identificar possíveis violações de direitos.

Há 17 horas 27 de janeiro de 2022

Trabalhador formal está há 3 anos sem ganho salarial real, diz pesquisa

Salariômetro da Fipe confirma que o salário dos trabalhadores formais encerrou pelo terceiro ano (2021) consecutivo com reajustes abaixo da inflação medida pelo INPC.

Há 1 dia 26 de janeiro de 2022