fbpx

sábado, 28 de maio de 2022

As fake news políticas serão combatidas de forma ferrenha pela Justiça Eleitoral no pleito de 2022. É o que garantiu o desembargador e ouvidor substituto do Tribunal Regional do Amazonas (TRE-AM), Luiz Felipe Avelino Medina. O magistrado abriu o Fórum Estadual das Casas Legislativas do Estado do Amazonas (Feclam), realizado pela Assembleia Legislativa do Amazonas (Aleam), nesta terça-feira (19) e quarta-feira (20).

Luiz Felipe Medina palestra sobre os ‘Limites da Campanha Eleitoral’. Com o auxílio de uma apresentação digital no telão, o desembargador apresentou o passo a passo do que é permitido e o que é proibido nas três fases da campanha: pré-campanha, campanha intrapartidária e campanha eleitoral.

Sobre as fake news, ele destacou a Resolução 23.610/2019, que veda a divulgação de informações sabiamente inverídicas que atinjam a integridade do processo eleitoral, inclusive os processos de votação, apuração e totalização dos votos.

“Fake News é a informação retirada de contexto. É uma informação pela metade, atrasada. É a informação mal interpretada”, explicou o desembargador.

Ele usou como exemplo o caso hipotético de um candidato que foi condenado em uma instância primária, mas que no decorrer do processo conseguiu ser absolvido. “Aí, o camarada [político adversário] vai lá e põe a notícia de que o sujeito foi condenado por desviar R$ 10 milhões, mas não diz que depois ele foi inocentado. E a gente sabe quem faz esse tipo de coisa no Amazonas. Só no TRE, tem gente com 92 processos por fake news, inclusive quem as pessoas só sabem o nome, nunca são encontradas em lugar nenhum, mas a Justiça sabe quem é”, enfatizou Luiz Felipe Medina.

O ouvidor também destacou que agora a responsabilidade não é só do veículo, blogueiro, jornalista que disseminar a fake news. “É de responsabilidade de todo o conjunto de pessoas envolvido na produção das notícias falsas, como o político que sabidamente deixou a notícia ser divulgada”, informou.

Fundo Eleitoral

O desembargador Luiz Felipe Medina defendeu o fundo eleitoral dos partidos como uma forma de dar isonomia aos candidatos no financiamento dos recursos. Assim, segundo o ouvidor do TRE-AM, o candidato com menor poder aquisitivo tem o mesmo limite de gastos de um político empresário.

Pré-Campanha

Luiz Felipe Medina também esclareceu o atual entendimento do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) de que na pré-campanha eleitoral não basta pedir voto explicitamente para ser alvo de uma investigação.

Segundo o desembargador, já há interpretações no TSE de que uma fala que pede voto implicitamente já é considerada irregularidade. “Não posso dizer que vou fechar o Senado, se não for eleito”, exemplificou.

Mulheres

Durante a palestra, o ouvidor do TRE-AM anunciou a inauguração da Ouvidoria da Mulher no órgão, para que candidatas façam denúncias de crimes eleitorais como esquemas de laranjas que usam da cota de representatividade para que as mulheres devolvam recurso a ser usado pelos candidatos masculinos, entre outras irregularidades.

Texto: Emerson Medina

Veja mais vídeos

Conheça 5 carros a diesel permitidos no Brasil

No Brasil, só é permitido o uso de diesel para veículos de carga, transporte coletivo ou modelos off-road com capacidade de carga superior a 1 tonelada.

Há 2 horas 28 de maio de 2022

Quanto receberá o campeão da Copa do Mundo?

De acordo com a Fifa, o valor das premiações ultrapassará os R$ 2 bilhões. O valor total gasto será 10% maior em relação à Copa do Mundo da Rússia.

Há 3 horas 28 de maio de 2022

Novas espécies de peixes da Amazônia já são descritas sob ameaça de extinção

As espécies foram encontradas por uma equipe de cientistas no rio Juma, um afluente do rio Madeira, no Amazonas, entre os municípios de Apuí e Novo Aripuanã

Há 4 horas 28 de maio de 2022

Flutuantes do Tarumã lembram um cenário da Manaus dos anos 20

Construções sobre rios fazem parte da paisagem de Manaus há muito tempo. Uma série de reportagens do Realtime1 mostra que essa tradição está viva no Rio Tarumã.

Há 14 horas 27 de maio de 2022

Quem é o Pedrinho tão cantado nas redes sociais no Brasil?

A ideia da música surgiu como piada interna da banda, ganhou uma base dançante e estourou no Instagram e no TikTok.

Há 19 horas 27 de maio de 2022

Audiovisual contrata 40% a menos com fim de editais e pandemia

Estudo Tela Amazônia identificou que a maioria das produtoras de audiovisual no Amazonas atua há dez anos no mercado e 98,4% estão formalizadas.

Há 20 horas 27 de maio de 2022

‘Marcha para Jesus’ vai alterar trânsito em Manaus neste sábado

Agentes do IMMU estarão posicionados para monitorar o fluxo nos principais cruzamentos das vias incluídas no trajeto.

Há 22 horas 27 de maio de 2022

‘Catastrófico’, cita Sefaz sobre projeto que unifica ICMS em 17%

Secretário da Sefaz afirma que caso projeto de unificação do ICMS em 17% seja sancionado, arrecadação estadual terá perda de R$ 1 bilhão ao ano, afetando serviços à população

Há 23 horas 27 de maio de 2022

Disputa ao Senado: ‘Arthur já passou da fase dele’, avalia Delegado Costa e Silva

Pré-candidato à deputado federal, Delegado Costa e Silva (PL-AM) avalia cenário político e diz se orgulhar de nunca ter estourado escândalo político envolvendo Bolsonaro.

Há 1 dia 27 de maio de 2022

Datafolha: cresce diferença entre Lula e Bolsonaro para o segundo turno

Pesquisa do Datafolha divulgado nesta quinta-feira aponta que Lula tem 58% das intenções de voto no segundo turno, enquanto Bolsonaro chega a 33%

Há 1 dia 27 de maio de 2022

Reserva Adolpho Ducke inaugura Casa de Borboletas no próximo domingo (29)

A inauguração será a partir das 10h da manhã. No local também há um jardim ornamentado com plantas nativas da Reserva Florestal Adolpho Ducke.

Há 1 dia 27 de maio de 2022

Pessoas com deficiência terão acesso gratuito ao Festival de Parintins

Para assistir o Festival é necessário solicitar um credenciamento, as inscrições podem ser feitas até dia 19 de junho, de forma on-line ou presencial.

Há 1 dia 27 de maio de 2022