fbpx

sexta, 20 de maio de 2022

O presidente do Centro das Indústrias do Amazonas (Cieam), empresário Wilson Périco, teme o aumento do desemprego no Amazonas com a greve de auditores fiscais da Receita Federal. A declaração foi dada nesta terça-feira (18) em entrevista ao RealTime1 sobre um recente encontro do empresário com auditores fiscais.

Segundo Wilson, a liberação dos insumos e produtos de empresas do Polo Industrial de Manaus (PIM) está ocorrendo de forma lenta e impactando diretamente no armazenamento.

“A liberação vem ocorrendo em ritmo bem lento, pois eles [auditores fiscais] estão utilizando o que eles chamam de ‘operação padrão’ – com o mínimo de contingente obrigado pela legislação tralhando na atividade”, conta Wilson.

Segundo o presidente da Cieam, esse modelo de trabalho traz impacto ao PIM. “Há demora na liberação de insumos, mais custo para as indústrias por conta do período de armazenagem e o risco de as empresas terem a necessidade de reprogramarem os seus compromissos e afetarem o emprego no Amazonas”, avalia Wilson Périco.

‘É cedo para estimar prejuízo’

Questionado sobre os prejuízos para as indústrias e o setor de emprego e renda, ele enfatiza que é difícil dizer quantos empregos podem ser afetados, mas o risco de desemprego existe.

Já os prejuízos para as indústrias, Périco diz que ainda não há estimativa porque somente agora é que as empresas estão retornando às atividades no PIM.

“Semana passa e essa agora é que as empresas estão voltando às atividades. O que me preocupa é que isso já está surtindo impacto nessas empresas que estão retornando. Tenho recebido algumas reclamações das dificuldades por conta da Receita Federal e agora somam-se a isso a questão da agricultura que está com servidores afastados por conta da contaminação pela Covid-19”.

Reunião tratou sobre o impacto da greve em toda a ZFM

Wilson ressalta que a reunião, realizada esta semana com os auditores fiscais, não ocorreu para mostrar que o Cieam é contra ou a favor do movimento, mas sim falar sobre o impacto da greve na atividade produtora.

“Não estamos falando só da indústria, mas sim de tudo que há na Zona Franca de Manaus, principalmente com olho nos empregos porque essa situação veio em um momento muito ruim, em que as indústrias estão tentando se planejar depois do final de ano e agora enfrentando essa nova onda da pandemia de Covid-19.

Greve impacta o escoamento de diversos insumos pelo Brasil

O movimento dos auditores, que teve início no dia 23 de dezembro de 2021 e no dia 3 de janeiro deste ano paralisou carretas nas fronteiras brasileiras, como em Pacaraima no norte de Roraima e fronteira com Venezuela; pleiteia o pagamento de uma gratificação associada à produtividade, que não foi incluído no orçamento aprovado pelo Congresso, como prometido pelo Ministério da Economia.

Na primeira semana do ano de 2022, pelo menos 750 carretas aguardavam liberação na alfândega da Receita Federal em Pacaraima, para dar continuidade ao transporte de cargas.

A liberação dos veículos que escoam insumos diversos ao país ocorre lentamente por conta da greve dos auditores fiscais, em reivindicação ao reajuste salarial.

Veja mais vídeos

Sede do Atlético Rio Negro Clube será tombada como Patrimônio Histórico e Artístico do AM

O tombamento do clube como patrimônio material acontece por conta do significado que ele representa ao povo do estado e os elementos arquitetônicos do Palácio Dórico.

Há 8 horas 19 de maio de 2022

Petrobras lança edital que destina R$ 20 milhões para startups

Vencedores da etapa final recebem investimento financeiro, mentoria para projetos e modelo de negócios. Têm, também, a oportunidade de se tornarem fornecedores da Petrobras.

Há 9 horas 19 de maio de 2022

Trecho da Av. Constantino Nery será interditado para jogo entre Guarani x Vasco

O trecho no entorno da Arena da Amazônia, será interditado nesta quinta-feira (19), a partir das 18h, no sentido bairro/Centro.

Há 11 horas 19 de maio de 2022

‘Gestor público tem que ser jovem, ele tem que andar e estar perto do povo’, avalia Liliane Araújo

A jornalista é pré-candidata à deputada federal (Avante-AM), ela ainda afirma ter interesse em disputar o Senado, caso o diretório do partido mude de ideia.

Há 13 horas 19 de maio de 2022

‘O candidato a Senado do PT no Amazonas é Omar Aziz’, garante Sinésio

Sinésio afirmou que os partidos da federação [PT, PV e PCdoB] estão priorizando as candidaturas de federal e estadual. Ele disse também que Omar Aziz será o candidato do PT.

Há 13 horas 19 de maio de 2022

Governo e Prefeitura alinham estratégias para fortalecer turismo no AM

Para o presidente da Amazonastur, Gustavo Sampaio, a parceria tem o objetivo de aumentar o fluxo de turistas, criar oportunidades, empregos e renda para o Estado.

Há 14 horas 19 de maio de 2022

Governo do AM certifica primeira fábrica para atender mercado nacional de peixe

A fábrica é sediada no município de Manacapuru (a 68 quilômetros de Manaus), e tem capacidade produtiva diária de 12 toneladas de peixe.

Há 16 horas 19 de maio de 2022

Feira da FAS abre inscrições de expositores para edição de junho

A feira vai ser realizada no dia 12 de junho, as inscrições devem ser realizadas até o dia 23 de maio.

Há 17 horas 19 de maio de 2022

‘Floresta+ Amazônia’ seleciona instituições para apoiar a implementação de projetos locais

O Projeto Floresta+ Amazônia recompensa quem protege e recupera a floresta e contribui para a redução de emissões de gases de efeito estufa.

Há 18 horas 19 de maio de 2022

Espetáculo de marionetes ‘Onheama’ vai levar magia da ópera ao interior do Amazonas

A companhia vai percorrer mais de 1.500 quilômetros, por rios e estradas. O roteiro inclui os municípios de Novo Airão, Urucurituba e Caapiranga.

Há 1 dia 18 de maio de 2022

Jornalista lança livro-reportagem: ‘Manaus de frente para floresta’

Sérgio Adeodato lançou nesta terça-feira (17), um livro-reportagem com 60 entrevistas que narram a visão sobre a relação entre a metrópole da Amazônia e a floresta.

Há 1 dia 18 de maio de 2022

Em 3 anos, AM repassou R$ 9,2 bi em impostos arrecadados a municípios

Dados da Sefaz-AM apontam que o volume de repasses evoluiu 41,27% no período. Partilha do ICMS e do IPVA evoluiu de R$ 2,502 bilhões em 2018 para R$ 3,534 bilhões em 2021.

Há 1 dia 18 de maio de 2022